Envie informações,denúncias para: vauney-10@hotmail.com ,(99) 9 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976, sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.

sábado, 25 de fevereiro de 2017

O Blog deseja um ótimo carnaval pra todos

Quero desejar a todos os foliões um carnaval de muita alegria, diversão, responsabilidades, paz, tranquilidade, de encontros e reencontros… Aproveitem este momento que faz parte da nossa cultura e que é festejado por muitos.

Walney Batista

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Contas bloqueadas pela Suíça são de filhos de Lobão




Do Época

Sentenças dos tribunais suíços confirmam que o senador Edison Lobão (PMDB-MA) estão entre os políticos brasileiros que "fazem parte de uma investigação" por corrupção. Os documentos também apontam que contas secretas na Suíça em nome dos dois filhos do senador foram bloqueadas. O Ministério Público da Suíça confirmou que as contas estão em nome de Edison Lobão Filho e Márcio Lobão, alvo já da Polícia Federal no Brasil.

De acordo com sentenças dos tribunais suíços de 15 de julho de 2015, delações premiadas no âmbito da Lava Jato "revelou um vasto sistema de corrupção, de financiamento de partidos e de lavagem de dinheiro". "Partidos políticos e empresas fazem parte da investigação. Entre as pessoas está Edison Lobão. Seus dois filhos, Edison Lobão Filho e Márcio Lobão também são alvos da investigação brasileira", indicou a sentença.
As suspeitas são de que essas contas receberam depósitos de origem criminosa. De forma preventiva, os recursos estão bloqueados em mais de uma conta desde 2015 e um processo criminal foi lançado contra ambos.
"Podemos informar que o Escritório do Procurador-Geral da Suíça abriu processo criminal em fevereiro de 2015", indicou o MP em um comunicado. "Nesse contexto, o Procuradoria Geral congelou contas bancárias", declarou. Uma delas estaria em nome de Edison Lobão Filho. A outra estaria "em nome de seu irmão", indicou o MP suíço e numa referência Márcio Lobão."A investigação suíça está em andamento", completou a procuradoria, sem informar os valores congelados.
Ao jornal O Estado de S. Paulo, o Ministério Público Federal já indicou que vai pedir cooperação dos suíços para obter os dados. Lobão atua como presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Mas foi citado nas delações da Lava Jato. A reportagem apurou que as contas não estão em nome do senador, mas a pessoas e empresas ligadas a ele.
O que chamou a atenção dos investigadores é que parte das transferências ocorreu com a movimentação de somas de dinheiro sem qualquer tipo de justificativa, o que acendeu os sinais de alerta entre os serviços de monitoramento.
Segundo a apuração do jornal, foi o próprio banco usado que, diante do surgimento do nome de Lobão entre os citados nas delações da Lava Jato, optou por comunicar às autoridades suíças a existências das contas. Agora, elas estão sendo investigadas diante da suspeita de que tenham sido usadas para receber dinheiro de propina no setor elétrico, em especial no que se refere à usina de Belo Monte.
Nos últimos meses, os dois filhos de Lobão usaram todos os mecanismos legais para impedir que os dados relacionados com as contas fossem enviados ao Brasil e, assim, usados em um eventual processo no País. A reportagem apurou que, por duas vezes, os tribunais suíços rejeitaram os recursos apresentados pelos donos das contas.
Numa das decisões, os advogados alegaram que não existem provas de que o dinheiro tenha origem suspeita e que a medida é desproporcional. Os juízes, porém, rejeitaram o argumento. Outro argumento era de que o banco que tomou a decisão do congelamento não havia informado de forma adequada os filhos do senador. A tese também foi derrubada.
Ainda assim, o processo está em andamento na Suíça e, portanto, os documentos e extratos não foram repassados aos procuradores brasileiros. O Ministério Público da Suíça optou por manter bloqueadas as contas até que seja esclarecida a origem.
Futuro
Esgotados todos os procedimentos legais, a esperança de procuradores brasileiros é de que o caso seja enviado ao Brasil, assim como ocorreu no processo do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Não tendo residência na Suíça e nem vínculos com o país, os suspeitos teriam maiores chances de serem punidos.
Para que haja uma repatriação do dinheiro, porém, os envolvidos precisam ser condenados em última instância ou fechar um acordo de delação premiada em que estejam de acordo a devolver os recursos.

Vianey e Juscelino Filho em busca de melhoras para Santa Inês



Nesta semana, o deputado federal Juscelino Filho (DEM), e a prefeita de Santa Inês, Vianey Bringel (PSDB), cumpriram extensa agenda em Brasília. Estiveram em ministérios e órgãos governamentais, a fim de conseguir mais investimentos e a retomada de obras paralisadas no município.

No Ministério da Saúde, em reunião com o ministro Ricardo Barros (foto), abordaram sobre a aplicação das emendas parlamentares e da liberação das mesmas, e sobre a situação das obras estagnadas de diversas Unidades Básicas de Saúde (UBS). No Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), trataram com o diretor de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais (DIGAP), Leandro Damy (foto), a respeito de novas obras e a retomada das construções das creches e quadras esportivas comunitárias e escolares, que foram paralisadas pela gestão anterior. Ainda na área da educação, no Ministério da Educação, Vianey discutiu a instalação do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), uma política educacional interativa, utilizada como apoio à gestão escolar e disponibilizada para escolas públicas cadastradas no Censo Escolar.

Além das visitas pontuais, fomos à outras organizações para conferir a situação de diversos convênios que o município tem com órgãos aqui em Brasília. Essa conferência é de extrema importância para a gestão, para saber o que realmente está funcionando. As reuniões foram positivas e continuaremos atentos às demandas de Santa Inês para poder viabilizá-las o mais rápido possível”, destacou Juscelino Filho.

Governo amplia ensino integral com entrega de Iema e CAIC em São José de Ribamar




Educação de qualidade e novas oportunidades serão ofertadas pelo Governo do Maranhão aos estudantes de São José de Ribamar, a partir da entrega da primeira Unidade Plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia (Iema) e do Centro de Educação Integral Cidade de São José de Ribamar (Caic), inaugurados nesta quinta-feira (23), pelo governador Flávio Dino. As inaugurações fazem parte do projeto de reestruturação da Rede Estadual de Ensino executado pela atual gestão.

A entrega das unidades marca um grande avanço na implantação do ensino em tempo integral no Maranhão, destacou o governador Flávio Dino. “Estamos mostrando que a gestão parceira surte resultados e que o Brasil tem jeito. Aqui no Maranhão caminhamos para grandes conquistas, a partir de um esforço coletivo e pelo bem da população. Essas inaugurações são muito especiais”, pontuou. Com o Iema Ribamar, somam cinco as unidades plenas entregues pelo Governo aos municípios de Bacabeira, AxixáCoroatá e São Luís.

Além do modelo de educação integral, com oferta de Ensino Médio, aliada à capacitação técnica, o Governo tem investido na recuperação física das unidades escolares de modo a otimizar o processo ensino/aprendizado nas escolas maranhenses. Por isso, também nesta quinta-feira (23), o governador Flávio Dino entregou, totalmente reformado e equipado, o novo prédio do Caic, que já tem 20 anos de funcionamento. “É um grande orgulho entregar mais uma escola que estava em uma situação degradante e, que, agora, se torna uma escola digna para a comunidade. Com esse trabalho, o governador reforça o compromisso em levar educação de qualidade a todo o Maranhão”, enfatizou o secretário de Estado de Educação (Seduc), Felipe Camarão.

Para o prefeito do município, Luís Fernando Silva, as inaugurações consolidam os esforços para melhorar a qualidade do ensino na região. “É mais uma escola em tempo integral que nasce na cidade, agora com ensino médio e soma ao pioneirismo que tivemos em implantar esta modalidade no município. Parabenizo o governador pelo compromisso e pela parceria com a nossa cidade”, ressaltou.


O gestor do Caic, Fábio Orlan, parabenizou a iniciativa do Governo e disse esperar “que os jovens aproveitem ainda mais para aprender, agora que terão educação em tempo integral”. Aluno da instituição, o estudante Paulo Ricardo de Lima, 17 anos, já pensa nas opções que terá com a ampliação das atividades. “Vai ser muito melhor porque vamos ter a oportunidade de aprender mais, de ter uma formação mais qualitativa”, disse o jovem. Para a mãe do jovem, Gracinete Pereira de Lima, 43, que representa os pais no colegiado da escola, é uma “alegria ver o filho poder se profissionalizar e aprender mais em um prédio com estrutura e ensino de referência”.

Com as obras, o prédio foi todo climatizado, recebeu melhorais estruturais na parte hidráulica e elétrica, recebeu reparos na fachada, foi construído um muro de concreto, substituindo o gradeado e o alambrado que estavam danificados e a segurança foi reforçada. O prédio ganhou ainda novos equipamentos.

Ensino técnico-profissionalizante


O município foi agraciado com uma Unidade Plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), com sede na Estrada de Panaquatira, Lote 01, bairro Mutirão. A estrutura conta com 10 salas de aula, dois laboratórios, cozinha, refeitório, quadra poliesportiva com área urbanizada, auditório com instalação acústica, ginásio e laboratórios adequados. O prédio foi todo refrigerado e adaptado para receber pessoas com deficiência.

A inauguração de mais essa unidade do Iema só reforça o compromisso do governador Flávio Dino com a implantação do ensino em tempo integral e profissionalizante e assumido a cada nova inauguração realizada. Estamos felizes em poder consolidar esse importante projeto e oportunizar mais educação para os maranhenses”, destacou o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Jonathan Almada.

A jovem Nívea Ribeiro não conteve a satisfação com as melhorias no prédio. Para ela, um ganho imensurável na educação dos ribamarenses. “Levei um susto quando vi a nova estrutura. Nunca pensei que pudesse estudar em uma escola tão boa e equipada. Quando vi, pensei, ‘aqui começa o meu futuro’. Estou muito feliz por essa oportunidade”, disse a estudante.


As salas de aula são amplas e refrigeradas e o auditório tem capacidade para 200 pessoas e banheiros adaptados, além de sistema de água e iluminação nas bancadas dos laboratórios. Na grade curricular serão ofertados cursos técnicos de Agricultura Orgânica, Guia de Turismo, Eletromecânica e Informática (Manutenção de Redes). O prédio tem capacidade para até 450 alunos em tempo integral.

Tentativa de homicídio em Lago da Pedra




                           A violência em Lago da Pedra faz mais uma vítima.

Um jovem foi vítima de tentativa de homicídio na noite desta quinta-feira (23), por volta das 19h30, no Centro de Lago da Pedra. O crime aconteceu na rua Senador Vitorino Freire, a poucos metros da Delegacia.

Segundo informações, o jovem, identificado como Tiago, de 19 anos, estava com a esposa ( menor de idade), em uma motocicleta quando foram surpreendidos por dois homens (um encapuzado), que também estavam de moto. Um dos elementos efetuou os disparos, dois tiros atingiram Tiago. 

Mesmo baleada, a vítima tentou fugir dos criminosos mas foi perseguido. Já na rua Antônio Coelho, Tiago e a esposa caíram da motocicleta, porém foram salvos por uma pessoa que interveio na ação dos suspeitos, que fugiram. Ainda segundo informações, um dos criminosos ainda tentou, a queima roupa, matar a mulher, mas a arma não disparou.

Tiago foi socorrido para o Hospital Serra de Castro, de lá foi transferido para o Hospital Regional Lauro Vasconcelos, em Bacabal. De acordo com as informações, a vítima não corre risco de morte.


quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Anistia Internacional denuncia violência e perda de direitos na era Temer




Da Rádio França internacional, via Brasil 247 - O novo relatório da Anistia Internacional, "Os Estados dos Direitos Humanos no Mundo", publicado nesta quarta-feira (22), alerta para as altas taxas de homicídio no Brasil e faz duras críticas à postura do presidente Donald Trump em relação aos refugiados e imigrantes.
O Brasil ganhou um capítulo à parte no relatório. A organização internacional cita as taxas de homicídio, principalmente cometidos por violência policial, ressaltando casos ocorridos entre 2015 e 2016. Além disso, chama a atenção para a perda de direitos de algumas minorias, especialmente jovens negros, desde a posse do governo Temer, em 2016.
Os dados do documento mostram que o número de pessoas mortas pela polícia no Rio antes das Olimpíadas, entre abril e junho, foi 103% maior do que em 2015, o que testemunha a desvalorização do jovem negro, favelado, e lideranças rurais. Pelo menos 47 representantes foram mortos de janeiro a setembro de 2016. Segundo o comunicado da Anistia, "o Estado brasileiro tem falhado duplamente em seu papel de garantir o direito à vida de todas as pessoas".
De acordo com Jurema Werneck, diretora-executiva da Anistia Internacional no Brasil, "o que vimos em 2016 foi o desmantelamento de estruturas institucionais e programas que garantiam a proteção a direitos previamente conquistados e a omissão do Estado em relação a temas críticos, como a segurança pública. Nenhuma crise -política, econômica ou institucional, pode ser usada como justificativa para a perda de direitos", declarou.
Retórica do ódio
Segundo o relatório, que também dedica uma boa parte aos Estados Unidos, o novo presidente americano, Donald Trump, põe em prática uma "retórica do ódio", utilizando a trágica situação de refugiados e imigrantes. Essa postura atinge uma "escala global" que não era vista desde os anos 30.
Segundo a organização, a eleição do novo presidente americano, em novembro, aconteceu depois de uma "campanha que provocou consternação pelo seu discurso discriminatório, misógino e xenófobo", que "ilustra a tendência global mais violenta e divisiva de fazer política".
O relatório cita principalmente a construção do muro na fronteira com o México e a expulsão de imigrantes ilegais. O secretário-geral da AI, Salil Shetty, alertou contra o "risco de efeito dominó", quando países poderosos, como os Estados Unidos, "retrocedem em seus compromissos com os direitos humanos".
Filipinas, Turquia e Hungria
Além de Trump, a Anistia criticou o presidente filipino, Rodrigo Duterte, o turco Recep Tayyip Erdogan e o premiê húngaro, Viktor Orban, que "têm uma agenda tóxica que persegue, transforma em bodes expiatórios e desumaniza grupos inteiros de pessoas".

Justiça suspende redução de salário de professores em Poção de Pedras





Em decisão liminar proferida nos autos de ação ajuizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão (Sinproesemma), o juiz titular da comarca de Poção de Pedras, Bernardo Luiz Freire, determinou que município se abstenha de reduzir os salários dos professores da cidade. O Sinproesemma questionou a constitucionalidade da Lei Municipal nº 75/2016, que permite a redução de vencimentos dos professores referente aos ítens de gratificação decorrentes de especialização, mestrado e doutorado desses profissionais.

O Município de Poção de Pedras apontou as razões da redução salarial dos professores. “[..] a redução da gratificação foi uma necessidade da gestão, tendo em vista a utilização constante do FPM para complementar os gastos relativos à educação, os quais deveriam utilizar só o FUNDEB”, alega o Município.

Ao apreciar a demanda judicial, o juiz manteve a constitucionalidade da lei municipal, mas deferiu o pedido de antecipação de tutela, citando decisão do STF: “...o STF rejeitou o controle abstrato de normas com fulcro na violação ao art. 37, XV da CF e entendeu que a garantia da irredutibilidade de vencimentos não é capaz de afetar a validade, em tese, de norma, mas somente de obstar a sua incidência em concreto, se dela resultar diminuição nominal dos vencimentos”.

Na decisão, o magistrado determina ao gestor municipal que se abstenha de promover uma redução nominal nos salários dos professores, compatibilizando os novos índices de gratificação, de forma que os vencimentos sejam paulatinamente adequados à incidência dos novos percentuais de gratificação.

O juiz fixou ainda, multa diária pessoal  para o gestor municipal, no valor de R$ 1.000,00 (mil reais) até o limite de R$ 100.000,00 (cem mil reais), em caso de atraso no cumprimento ou do descumprimento injustificado, total ou parcial, de qualquer uma das cominações determinadas, sem prejuízo da configuração de crime de responsabilidade.

Abaixo íntegra da decisão.


Marajá do Sena: agente de saúde tem 40% do corpo queimado em acidente doméstico




O agente comunitário de saúde, Onaciano, conhecido como Irmão Ciano, teve 40% do corpo queimado após um acidente  em sua residência, que fica no povoado Água Branca, na zona rural de Marajá do Sena. 

Irmão Ciano queimava teias de aranha no teto de sua residência quando ocorreu o acidente por conta de um recipiente com álcool.


Professores recebem primeiro aumento salarial do ano nesta sexta (24)





Na contramão dos demais estados brasileiros e mesmo com a crise econômica que assola o país, o Governo do Maranhão concedeu recomposição salarial de 8% sobre a remuneração de todos os educadores do Subgrupo do Magistério da Educação Básica, em todas as referências da carreira. A primeira etapa do benefício será paga já nesta sexta-feira (24), junto com pagamento dos servidores públicos estaduais, e a segunda parcela no mês de maio.

Hoje o Maranhão paga a segunda maior remuneração do País para professor de 40 horas, com licenciatura plena. A partir de maio, será o primeiro da lista entre os estados brasileiros, com o maior salário docente da federação – R$ 5.384,26 pagos ao professor em início de carreira, ultrapassando o Distrito Federal. O impacto financeiro será de R$ 132 milhões/ano na folha de pagamento.

Em 25 meses de gestão, o Governador Flávio Dino concedeu o equivalente a 22,05% de reajuste aos professores da Rede Estadual de Ensino, percentual superior à inflação do período que foi de 16,96%.

O governador Flávio Dino, desde os primeiros dias da gestão, vem empreendendo todos os esforços para valorizar os profissionais da educação. São medidas que vão desde melhorias nas condições físicas dos espaços escolares e atendimento de demandas históricas da categoria, como concurso público, ampliação de jornada e unificação de matrículas, progressões na carreira, eleição direta para gestores escolares, entre outras, que são resultados do compromisso deste governo com os educadores e educadores”, realçou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Mais benefícios

O Governo do Estado também concedeu, somente neste ano, a progressão na carreira de mais de mil professores e especialistas em Educação, retroagindo a 1º de janeiro de 2017.  Terão progressão os professores Classe/Cargo I (nível médio), e Professor II e Especialista em Educação I (também nível médio). Até o momento, já somam 17 mil educadores beneficiados com progressões funcionais, promoções, titulações e estímulos, em 25 meses de gestão. Neste ano, o Governo fará, ainda, a progressão na carreira de outros 5 mil docentes.

Os professores contratados também terão seus salários reajustados, com efeito retroativo a 1º de janeiro. Além disso, logo que assumiu, o governador Flávio Dino reajustou em 15% na remuneração dos professores contratados. A remuneração que, atualmente é de R$ 1.092,50, para 20 horas semanais, aumentará para R$ 1.149,40 em fevereiro e no mês de setembro, esses profissionais passarão a receber R$ 1.179,90 mensais.

Ampliação de jornada e unificação de matrícula

Governo realizou ano passado, de forma inédita, concurso interno para ampliação da jornada de professores de 20h para 40h, com salário proporcional, e também concurso interno para unificação de matrículas de professores, beneficiando, ao todo, 1.200 professores da rede. Neste ano de 2017 haverá novos concursos internos para a unificação de matrículas e ampliação de jornada.

(Tabela salarial)

A recomposição salarial beneficia todas as carreiras do magistério do ensino básico e professores contratados.
Professor/horaRemuneração atualCom o reajuste
Professor III
20h (inicial)
R$ 2.492,72R$ 2.692,13

Professor III
20h
R$ 2.885,64R$ 3.116,49
Professor III
40h (inicial)
R$ 4.985,44R$ 5.384,26
Professor III
40h
(final de carreira)
R$ 6.681,00

R$ 7.215,48
Professor ContratadoR$1.092,50R$1.179,00

Marajá do Sena: incertezas sobre a convocação de aprovados excedentes do último concurso público municipal




Prefeito Lindomar Araújo
No último dia 13, a juíza titular da Comarca de Paulo Ramos, Vanessa Machado Lordão, atendendo à solicitação do Ministério Público, declarou a nulidade de contratos temporários firmados pelo Município de Marajá do Sena e ordenou que o prefeito Lindomar Araújo nomeasse, no prazo de 24 horas, aprovados em colocação excedentes do último concurso, realizado em 2014. São 7 pessoas para o cargo de auxiliar de serviços gerais e 17 para o cargo de professor.

Ficou estabelecido que, em caso de descumprimento, o pagamento de multa diária no valor de R$ 5 mil para cada ordem desacatada, a ser paga pela Prefeitura de Marajá do Sena e pelo prefeito, até o limite de R$ 300 mil.

Porém, há dúvidas se o prefeito cumpriu ou não as ordens em conformidade com o determinado pela Justiça. Segundo informações, aprovados para o cargo de professor que, de acordo com o resultado final do concurso, estariam entre as 17 vagas, ainda aguardam a convocação. 

62 famílias quilombolas de Mirinzal e Presidente Juscelino recebem títulos de terra




Com o sorriso no rosto de quem esperava a realização de um sonho há anos, 62 famílias dos municípios de Mirinzal e Presidente Juscelino receberam, das mãos do governador Flávio Dino, títulos de terra coletivos quilombolas, em solenidade realizada no Palácio dos Leões, na tarde desta quarta-feira (22). Foram beneficiados agricultores da Associação Comunitária Quilombola da Santa Tereza, em Mirinzal, e da Associação dos Moradores Rurais Quilombolas do Povoado de Mirinzal da Julita, em Presidente Juscelino.

A entrega de títulos de terra é política permanente do Governo do Estado, por meio do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), e objetiva reconhecer a propriedade plena da terra, pelos agricultores que a ocupam, buscando promover a dignidade e o fortalecimento da agricultura. Esta rodada de entrega de títulos beneficiou 62 famílias, sendo 37 famílias no município de Mirinzal e 25 em Presidente Juscelino, com a entrega de mais de 592 hectares de terra.

De acordo com o governador Flávio Dino, o título de terra significa segurança jurídica, ganho econômico – porque as terras passam naturalmente a valer mais na medida em que estão regularizadas –, além de oportunidade de acesso a crédito nos bancos de fomento, pois o documento é uma garantia.

Todos esses ganhos vão à direção principal que é a valorização da produção, porque os indicadores sociais do nosso estado só vão continuar a melhoria que nós estamos alcançando, na medida que a nossa economia cresça, e o caminho mais rápido, efetivo para a economia do Maranhão crescer não há dúvida que é por intermédio da produção”, enfatizou o governador, reiterando que os maranhenses precisam dessas políticas públicas para que os produtores possam crescer e se desenvolver ainda mais.

Para o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, o Governo do Estado está tratando como prioridade o programa de regularização fundiária, e, em dois meses deste ano, já entregou outros 677 títulos de terra. “Vamos continuar com esse trabalho nas Agritecs, como na próxima em Açailândia. Porque mostra o compromisso e a linha de trabalho de um órgão que era esquecido no Estado. E esse compromisso é forte, pois leva dignidade às famílias”, pontuou.

A presidente da Associação Comunitária Quilombola da Santa Tereza de Mirinzal, Ana Lourdes, disse que a entrega desses títulos é um sonho que se tornou realidade. “Agora vamos requerer outros benefícios para nossa comunidade”, comemorou a agricultora.

Esse título muda a comunidade. Dá mais segurança, mais respeito. Agradeço a Deus e ao governador”, disse Raimundo Diniz, presidente da Associação dos Moradores Rurais Quilombolas do Povoado de Mirinzal da Julita, em Presidente Juscelino.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Família Lobão é esculachada na Rádio Jovem Pan: ´´ família/quadrilha``




Assista o vídeo e veja o que o comentarista, Professor Marco Antonio Villa, acha de Lobão e dos filhos.

No programa Jornal da Manhã, da rádio paulista Jovem Pan, o comentarista, Professor Marcos Antonio Villa, critica a família Lobão a quem ele chama de ´´família/quadrilha``.

O professor se direciona ao senador Edson Lobão (PMDB) e filhos: Edinho Lobão (Lobinho) e Márcio Lobão. 

´´Quando é que a Justiça, a polícia, vai fazer algo contra a quadrilha conhecida como família Lobão?``, encerra o comentário.

Esse professor é arretado. Fala o que as pessoas decentes do nosso país pensam e querem.

Veja o vídeo

           

Cratera se abre na BR-222 entre Santa Luzia e Buriticupu e trânsito fica complicado




Após chuvas, o asfalto cedeu na BR-222, no trecho entre Santa Luzia e Buriticupu, formando uma enorme cratera que toma uma das faixas da pista. 

Motoristas que passam pelo local estão em estado de alerta, além do perigo por apenas uma faixa está sendo utilizada, com solo bastante encharcado,  a cratera poderá se alongar, o que cortaria completamente a rodovia.

Segundo informações, o Dnit foi acionado, e uma empresa estará se deslocando para o local para fazer o reparo.

Acovardado, STF acode Sarney




Para quem acompanhou a matéria do Blog, Espertalhão, Sarney foge de Moro, já temos novidades. Claro, o esperado.

Nesta terça-feira (21), o STF, atendendo recurso de Sarney,  tirou do juiz Sérgio Moro as investigações contra o ex-senador. A decisão foi tomada pela Segunda Turma, que é formada por Gilmar Mendes, Celso de Mello, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Edson Fachin. O resultado foi 4 a 1. Apenas Edson Fachin votou contra.

O ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, acusa Sarney de ter recebido R$ 18,5 milhões em propinas procedentes da Transpetro durante nove anos, por meio de doações ilegais. Desse total, R$ 16 milhões em dinheiro vivo.

Sem foro privilegiado, e com medo da prisão, Sarney foge de Sérgio  Moro como o diabo foge da cruz.

Mesmo sem mandato parlamentar, Sarney fica à disposição do Superior Tribunal Federal. E como quem está mandando no país é os corruptos, nada pode acontecer.

Governador Flávio Dino entrega obras em Coroatá e Coelho Neto



Iema de Coroatá foi entregue pelo governador Flávio Dino nesta terça-feira (21)
Educação e infraestrutura estão na lista das prioridades de governo definidas pela gestão do governador Flávio Dino, que vem consolidando um pacote de obras em todo o Maranhão. Cumprindo mais uma agenda de inaugurações, Flávio Dino entregou, nesta terça-feira (21), para a população de Coroatá, Coelho Neto e cidades vizinhas uma unidade do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), fortalecendo o ensino profissionalizante. Também foi oficialmente entregue a MA-123, que foi totalmente recuperada.

A implantação da unidade do Iema em Coroatá integra o projeto de expansão da rede de ensino técnico-profissionalizante, que vai levar esta modalidade a diversos municípios maranhenses. “Estado que tem mais escola em tempo integral, tem melhor desempenho nos principais indicativos de educação e estamos no caminho certo ao implantar as unidades do Iema e expandir para todo o Maranhão. Coroatá merecia esse avanço, marcando um novo momento para a população, que agora terá educação para ajudar a melhorar a qualidade de vida”, pontuou o governador Flávio Dino, durante a solenidade de entrega do prédio, nesta terça-feira. Esta é a quinta unidade do Iema construída pelo Governo do Estado.

A escola vai oferecer cursos nas áreas de Informática, Agricultura Orgânica e Zootecnia/Avicultura, escolhidos pela própria comunidade em audiências públicas. A formação em Agricultura Orgânica é uma novidade e aborda conhecimento sobre alimentação saudável e produção agrícola sustentável. A escola tem capacidade para 480 alunos nas três séries do Ensino Médio e sua estrutura conta com salas de aulas equipadas, laboratórios, refeitórios, quadra, biblioteca, auditório. O prédio recebeu melhorias nas instalações elétricas, hidráulicas, sanitária, de combate a incêndio e no telhado e piso.

O Iema estava com obras paradas há mais de cinco anos, sendo retomadas na gestão atual. “É um compromisso assumido e cumprido pelo governador Flávio Dino, que prega a união das gestões e execução de projetos de grande impacto social, atendendo às demandas mais urgentes das populações. E a educação é uma dessas prioridades”, destacou o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Jonathan Almada.

Na avaliação do prefeito de Coroatá, Luís de Amovelar Filho, a implantação da unidade é a concretização de uma demanda da população e representa o avanço para um futuro mais promissor. “Parabenizo o governador por essa gestão parceira e que vem fazendo as coisas andarem. Antes, o município era impedido de crescer e avançar e, agora, com a gestão da mudança, o desenvolvimento se mostra em áreas de importância para nossa cidade”, pontuou o prefeito. O Iema vai atender também cidades próximas, sendo o passo inicial para estabelecer a educação técnico-profissionalizante na região.

A estudante Aline Eduarda vai cursar Avicultura e está ansiosa pela oportunidade de se profissionalizar. “Achei muito importante poder aliar o estudo normal a um curso e quero começar logo e aprender. Não é toda escola que possui essa estrutura e essas opções. Para nós aqui vai ser de grande utilidade”, disse a jovem. Para a avó da estudante, a aposentada Milma Rocha, a felicidade é grande pela chance de formação da neta. “É um prazer imenso vê-la como aluna desta escola que representa um grande avanço na nossa cidade e só posso parabenizar todos que farão parte deste importante projeto”, disse.

A implantação do Iema é um compromisso do governador Flávio Dino firmado com a população em junho de 2015. As obras estavam abandonadas há anos pela gestão anterior, apesar de serem uma reinvindicação antiga da comunidade. Com a atual gestão, as obras foram retomadas e entregues.

Mais infraestrutura
Foram recuperados 43 km da MA-123 que liga Caxias e Chapadinha
O governador Flávio Dino também inaugurou a estrada Coelho Neto-Afonso Cunha, no trecho da MA-123, após a entrega do Iema de Coroatá. Foram recuperados os 43 quilômetros da via facilitando a rota entre Caxias e Chapadinha e interligando esses municípios a outras cidades e também estados vizinhos. A nova rodovia vai facilitar a circulação para cidades como Arame, Jenipapo dos Vieiras e Lagoa Grande do Maranhão. A estrada era esperada há mais de 50 anos.

Essa obra é um ganho para as áreas da saúde, da educação e da economia da cidade e ainda este ano teremos muitas realizações a executar para o município”, garantiu o governador Flávio Dino, ao lembrar que a estrada era um sonho antigo dos maranhenses e que também é importante para o comércio.

Para Américo de Sousa, prefeito de Coelho Neto, a estrada será de grande importância principalmente para a comunidade rural da região. “Essa estrada interliga a cidade com outras cidades e vai somar no desenvolvimento das atividades da zona rural. Agradecemos ao governador por priorizar Coelho Neto”, enfatizou Américo de Sousa.

Estrada era esperada há mais de 50 anos
Com a obra, o município só tem a crescer, pontuou o prefeito de Afonso Cunha, Arquimedes Bacelar. “A estrada vai ajudar a sairmos do índice de linha de pobreza, pois vai possibilitar o escoamento de produção, novas atividades, maior acesso a outras áreas e mais chances de negócios movimentando a economia local”, disse o prefeito.

O agricultor Raimundo Quintino, do povoado Barrinha, em Afonso Cunha, lembrou que havia dificuldade de acesso a outros povoados e que agora fica facilitada com a nova estrada. “A gente não conseguia chegar e levava até três horas para Coelho Neto e esse tempo agora é de meia hora. Muito importante esta obra para nós”, disse.

O secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto, destacou o impacto positivo da obra para a vida de milhares de maranhenses. “Essa obra traz desenvolvimento e avanço para as cidades diretamente beneficiadas e milhares de populações das áreas adjacentes. A entrega de mais uma importante obra de infraestrutura do Governo representa o compromisso da gestão estadual com as pessoas”, pontuou Clayton Noleto.