Envie informações,denúncias para:vauney-10@hotmail.com ,(99) 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976,sua

Envie informações,denúncias para:vauney-10@hotmail.com ,(99) 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976,sua
Envie informações,denúncias para:vauney-10@hotmail.com ,(99) 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976,sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.

sábado, 25 de junho de 2016

Lago da Pedra:Povoado Sindô há oito dias sem água



Foto reprodução
Com problemas há oito dias no fornecimento de água, os moradores do povoado Sindô, em Lago da Pedra, estão indignados com a Prefeitura.
A situação é,de fato,precária em relação a abastecimento.

Detran-MA divulga lista de selecionados no Programa CNH Rural



O Departamento Estadual de Trânsito da Maranhão (Detran-MA) divulgou nesta sexta-feira, 24, o nome dos 2.100 selecionados do Programa CNH Jovem. Agora, os candidatos devem reunir a documentação exigida pelo programa, e no período de 1º de julho a 31 de agosto, comparecerem à sede do Detran-MA, postos avançados ou Ciretrans, para realizarem a abertura do cadastro no Registro Nacional de Carteiras de Habilitação (Renach).
“Nesta etapa, garantimos que o CNH Rural beneficie o público alvo do programa, que é o trabalhador rural, o homem do campo. Por isso é preciso comprovar que ele reside na zona rural e exerce atividade rural”, destaca João Moraes, chefe da Controladoria do Detran.
Os documentos obrigatórios são a cópia da Carteira de Identidade e CPF, certidão ou declaração emitida por instituição de ensino registrada no Conselho Estadual de Educação, comprovando que ele concluiu o ensino fundamental, Declaração de Aptidão do Pronaf (DAP), comprovante de residência e as certidões negativas de ações civil e criminal da Justiça Estadual e Federal.
Os candidatos selecionados pertencem aos 14 territórios que compõem o Programa de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais do Ministério de Desenvolvimento Agrário no Estado do Maranhão, e serão beneficiados com a gratuidade do processo de habilitação para categoria A, destinada à condução de motocicletas.
Depois de validado o cadastro no Renach, o canditado deve se matricular no curso de formação teórico e prático. Fica a cargo de cada beneficiário do Programa, escolher o Centro de Formação de Condutor (CFC) que preferir, desde que este seja credenciado ao Detran-MA e tenha aderido ao CNH Rural. O candidato pode consultar a lista das autoescolas que aderiram ao programa no endereço eletrônico: www.detran.ma.gov.br/cnhrural. As listas com os selecionados e excedentes está disponível na mesma página da internet, na aba “Resultado”.
 Link com o resultado:

A convite,lideranças políticas participam da abertura do Seminário da Assembléia de Deus na comunidade Sindô,em Lago da Pedra




As lideranças,pré-candidato a prefeito Mauro Jorge,pré-candidato a vice,Pablo Sales,Geraldo Catingueiro,acompanhados dos vereadores Ariel,Julyfran Catingueiro e outros membros do grupo,estiveram,a convite,na noite desta sexta-feira (24) no povoado Sindô,onde participaram do culto de abertura do Seminário da Assembléia de Deus.

Na abertura,foram abordados vários pontos,sempre focando o perdão, o diálogo e a compreensão.Com a participação da cantora Brenda Muniz,hinos e vários louvores foram entoados.O  pastor  local  dirigiu os trabalhos da noite.

O Seminário vai até domingo (26).



sexta-feira, 24 de junho de 2016

Prefeita de São Raimundo do Doca Bezerra tem o mandato ameaçado por irregularidades



O representante do Ministério Público do Maranhão (MPMA), promotor Xilon de Souza Júnior (Promotoria de Justiça de Esperantinópolis) mantém Ação de Improbidade Administrativa contra a prefeita de São Raimundo do Doca Bezerra,Arlene Uchôa, por conta de irregularidades.A ação também é movida contra funcionários da comissão de licitação.O processo foi aberto em fevereiro deste ano.
Se condenada,as penalidades previstas são:ressarcimento integral do dano causado ao município de São Raimundo do Doca Bezerra, proibição de contratar com o poder público, pagamento de multa civil, suspensão dos direito políticos e perda da função pública (mandato).




Ex-prefeito é preso por suspeita de envolvimento com agiotagem




Foram presos na manhã desta sexta-feira, 24, Domingos Sávio Fonseca Silva (ex-prefeito de Turilândia, conhecido como Domingos Curió) e sua esposa, Ângela Maria Everton, que ocupou o cargo de secretária municipal na gestão do marido. Os dois são investigados pelos crimes de corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro, peculato, associação criminosa, entre outros.

As prisões partiram de pedido do Ministério Público do Maranhão e da Polícia Civil, com base nas investigações realizadas pelo Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) sobre o esquema de agiotagem envolvendo diversas prefeituras no estado.

Durante as investigações do assassinato do jornalista Décio Sá, chegou-se à organização criminosa comandada por Gláucio Alencar e José de Alencar Miranda, que desviava recursos públicos em, pelo menos, 42 municípios do Maranhão. Entre os documentos apreendidos na época, estavam vários cheques e autorizações de saque assinados pelo prefeito Domingos Sávio e por sua esposa, Ângela Everton.

Além da prisão temporária dos ex-gestores, a decisão da 1ª Vara da Comarca de Santa Helena também determinou a realização de operações de busca e apreensão em diversos endereços ligados a Domingos Curió, Ângela Everton e ao filho do casal, José Paulo Dantas Silva Neto, em Turilândia e São Luís.

Foi determinada, ainda, a quebra de sigilo bancário e fiscal dos três envolvidos, da Prefeitura de Turilândia, da Construtora Única (pertencente a Domingos Sávio e José Paulo Dantas) e da Associação de Moradores do Bairro Bacabeira, em Turilândia, da qual Domingos Curió foi presidente.

Redação: Rodrigo Freitas (CCOM-MPMA)

Primeira Agritec de Grajaú leva conhecimento a agricultores familiares da Região do Médio Sertão


“Fiquei muito feliz de presentear o governador Flávio Dino com a cesta de produtos da minha horta. Antes eu trabalhava na roça. Quando surgiu o Programa ‘Mais IDH’ e fui selecionada pelos técnicos, que atendem o município de Arame, parei o trabalho na roça e comecei a viver da produção do sisteminha (que engloba criação de peixe em tanque de lona, galinha caipira, horta)”, enfatizou dona Rosilene Alves, agricultora familiar atendida pelo  Programa ‘Mais IDH’, do Governo do Estado. Durante a primeira Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec), realizada no município de Grajaú, naquinta-feira (23), ela presenteou o governador com uma cesta de produtos da agricultura familiar.
Durante o evento o governador anunciou e assinou termo de cooperação técnica com o município de Arame. O Termo beneficiará 20 agricultores familiares atendidos pelos técnicos do Programa ‘Mais IDH’, com o recurso de R$ 70 mil para execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A execução será direta com o Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF).
 No mês de maio, o Maranhão foi beneficiado com uma portaria para execução direta do PAA com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) no valor de R$ 3.250.000,00. O Sistema SAF irá priorizar 990 agricultores dos 30 municípios do ‘Mais IDH’Com essa novidade eu fico mais feliz porque é uma motivação pra gente produzir mais. É muito bom a gente cultivar e ter a certeza de que vamos vender nossa produção”, acentuou a agricultora de Arame.
 Esta já é a sexta Agritec realizada pelo governo. Escolhemos Grajaú porque acreditamos no potencial produtivo do município e durante a Feira os agricultores familiares terão conhecimentos importantes para incrementar e desenvolver o município de Grajaú por meio da produção”, explicou o governador, que aproveitou para informar a doação de uma área de domínio, medindo 910,25m, para construção de um Centro Comunitário e Cultural no povoado Alto Brasil, em Grajáu.
 Outra novidade anunciada na Agritec foi a entrega de 18 kits Feira (bancas, balanças, gaiolas, caixa de isopor, jalecos, bonés, camisas) do Programa ‘Mais Produção’ para os agricultores familiares da Regional da Agerp de Barra do Corda. Com as barracas, agricultores familiares, como dona Rosilene de Arame, poderão comercializar seus produtos de forma mais adequada. Além dos equipamentos, os agricultores receberão capacitação sobre comercialização e higiene.
 O Governo do Estado ao realizar a Agritec tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida de nossos produtores rurais e torná-los agentes transformadores e atores principais da economia do Estado”, enfatizou o secretário de Estado de Agricultura Familiar Adelmo Soares.
 Queremos que a Agritec continue sendo feita no Maranhão, não tem estado forte sem a Agricultura Familiar”, disse o presidente da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema), Chico Miguel, representando todos os movimentos sociais que no evento expuseram seus produtos e participaram das capacitações.
 A Agritec é uma realização do Governo do Maranhão, por meio do Sistema SAF, composto pela Secretaria da Agricultura Familiar (SAF), da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), em parceria com Embrapa/Cocais, Sebrae, Prefeitura Municipal de Codó e Movimentos Sociais, como Aconeruq, Fetaema, Fetraf-MA, MIQCB e MST.

Presidente da Câmara de Bernardo do Mearim é vítima de tentativa de latrocínio




Segundo informações de populares,o presidente da Câmara de Bernardo do Mearim,que fica a 307 km de São Luís,vereador Osvaldo (PP),de 49 anos,foi vítima de tentativa de latrocínio,na noite desta quinta-feira (23).

Ainda segundo informações,o vereador retornava da zona rural,onde cumpriu agenda ao lado da prefeita Eudina,quando foi abordado por elementos que anunciaram voz de assalto.O vereador tentou reagir e foi alvejado com um tiro na mão.O parlamentar teve a moto roubada.

Osvaldo foi levado a um hospital e passa bem.

Velho Chico expõe a realidade de festas juninas e os interesses políticos




A novela Velho Chico, da Rede Globo, abordou um tema muito atual: A falta de interesse nas tradições do São João e o total interesse nos votos e dividendos financeiros que a festa pode render. Veja a cena e avalie como é uma bordagem muito atual.

"A festa não é mais de São João. É desse bando de ladrão. Uma a uma as festas vão se tornando parte de um esquema da prefeitura. Fica contratando esses artistas que toca esses forró de plástico aí, sem licitação. Fica com uma parte do dinheiro, a outra dá para os artistas,e o povo, a festa, tudo que se dane",diz um dos personagens.


Vídeo:Globo/Reprodução
video

PF investiga a´´máfia dos shows`` que está instalada em pelo menos oito estados




A Polícia Federal (PF), a Receita e o Ministério Público Federal (MPF) estão investigando uma “máfia” dedicada a fraudar a compra e venda de shows públicos de grandes artistas. Segundo levantamento obtido pelo portal UOL, o volume de dinheiro obtido por meio de fraude na contratação, superfaturamento de cachês ou infraestrutura pode passar de R$ 100 milhões apenas nos últimos três anos. Somente no interior de São Paulo há R$ 15 milhões já bloqueados pela Justiça a pedido do Ministério Público Federal.
Por enquanto há investigações em curso em São Paulo, Rio, Pernambuco, Amazonas, Bahia, Pará, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte. A investigação começou em 2010, no interior de São Paulo, e depois se espalhou pelo país.
 A fraude mais comum, segundo o procurador, é aquela em que um atravessador recebe informação privilegiada de que esta ou aquela cidade fará uma grande festa (de aniversário por exemplo) e que a intenção é de contratar a dupla sertaneja “X”. De posse da data, o atravessador então se antecipa, entra em contato com a dupla e faz uma oferta de compra da data em questão.
Quando um funcionário da prefeitura entra em contato com o empresário da dupla, dizendo que a cidade tem interesse em contratar seus artistas, é informado que a data em questão já está vendida, e que a prefeitura deve procurar o empresário-atravessador. Não raro, a prefeitura acaba pagando um preço às vezes exorbitante pelo cachê dos artistas de seu interesse, porque o “atravessador” sabe que não há outras opções e “enfia a faca” no município.
O problema é que, segundo o MPF, há suspeitas de que muitos empresários e mesmo artistas decidiram entrar no esquema nos últimos anos. Há uma lista de empresas, empresários e artistas sendo investigados. Dezenas de sigilos fiscais já foram quebrados, com autorização da Justiça. Técnicos da Receita Federal, por sua vez, estão cruzando dados de faturamento de artistas com dados declarados por prefeituras que os contrataram.
Máfia regionalizada
Segundo dados obtidos pela reportagem, a “máfia dos shows” está hoje instalada em ao menos oito estados. Em cada um deles, a máfia designou um “atravessador”, ou comprador de shows. Sempre que uma cidade do interior desses estados quer comprar o show de algum grande artista, acaba sendo “obrigada” a tratar da contratação por meio do atravessador desse estado. Mesmo em alguns casos, contratações de artistas por empresas e locais privados também foram prejudicadas.
Os escritórios e suspeitos investigados pela força-tarefa estão atualmente localizados em São Paulo, Rio, Fortaleza, Recife, Manaus, Salvador, Belém, Natal e Teresina. (fonte: Portal UOL)

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Governador inaugura anexo de escola e assina termo do Programa de Aquisição de Alimentos em Itaipava do Grajaú




O governador Flávio Dino esteve, na manhã desta quinta-feira (23), em Itaipava do Grajaú, região sul do Maranhão, onde inaugurou o Anexo II do Centro de Ensino Livino de Sousa Resende, dando mais um passo rumo à efetivação de educação de qualidade no estado. Na passagem pelo município, o governador ainda assinou o Termo de Cooperação do Programa de Aquisição de Alimentos com o município, o que possibilitará a compra direta dos produtos da agricultura familiar local.
Além destas, Flávio Dino lembrou outras importantes ações que estão sendo executadas em Itaipava. “Temos a obra da estrada que liga a cidade a BR-226, que já está em andamento, anunciei a construção do Restaurante Popular e a chegada do ‘Mais Asfalto’ e temos a Força Estadual de Saúde, que já está no município atuando há alguns meses, de modo que Itaipava, que é uma cidade tradicionalmente esquecida por Governos, sente, hoje, com convicção, a firme presença do Governo do Estado ajudando, tanto os projetos do município, quanto os projetos da comunidade, para que, com isso, a gente possa progressivamente ir melhorando a qualidade de vida da população”, destacou o governador.
O prédio próprio do Anexo II Centro de Ensino Livino de Sousa Resende, que tem a sede em Grajaú, é um sonho antigo dos 481 alunos da escola que antes estudavam num espaço improvisado e inadequado. Agora, o prédio conta com estrutura nova, ampla e confortável, com sala de informática, salas arejadas e refeitório. Isto possibilitou que o governador pudesse anunciar o desmembramento do anexo, que se tornará uma escola independente, com estrutura e recursos próprios.
Segundo o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, a educação é prioridade da atual gestão do Governo do Estado. “Esta é a continuação do Programa Escola Digna, que prevê, além da substituição de escolas de taipas por escolas de alvenaria, reforma e manutenção de colégios em condições precárias, e temos aqui, a satisfação de entregar uma escola nova, para conferir, finalmente, dignidade para nossos alunos, alunas e professores e professoras”, explicou Felipe Camarão.
Com um prédio novo, a comunidade escolar comemora mais conforto, segurança, e, por conseguinte, o fortalecimento da educação. “A gente estudava em outro colégio e muitos benefícios não chegavam pra gente. É muito importante a gente se mudar pra cá, já vi a sala de computadores, gostei bastante, acho que todo mundo aqui vai ficar mais interessado em vir para a aula, a escola tá perfeita e todo mundo gostou e acho que até os professores vão se empenhar mais”, opinou a estudante do 2º ano, Rosângela Pereira.
Agricultura Familiar
O governador assinou, junto com o prefeito de Itaipava do Grajaú, João Gonçalves de Lima Filho, o Termo de Cooperação do Programa de Aquisição de Alimentos. Técnicos do Programa ‘Mais IDH’ já atuam há alguns meses na cidade, cadastrando famílias para a produção de Agricultura Familiar, e, agora, com a adesão do Programa de Aquisição de Alimentos será possível realizar a compra direta dos produtos da agricultura familiar local, movimentando a economia do município e fortalecendo a produção familiar.

Fizemos, hoje, a assinatura de um termo de cooperação técnica porque já estamos com os técnicos ajudando as famílias a produzir, são 100 famílias cadastradas, e, agora, vamos trabalhar no eixo da comercialização. Na parceria com a Prefeitura, esses produtos oriundos da agricultura familiar serão comprados e destinados para abastecer creches, o Hospital, as Associações e até a escola inaugurada hoje”, informou o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares.

Governo repassa mais de R$ 2 milhões a municípios para complementação do transporte escolar




O Governo do Estado repassou, nesta semana, mais de R$ 2 milhões para 66 municípios maranhenses, que aderiram ao Programa Estadual de Apoio ao Transporte Escolar no Estado do Maranhão (Peate/MA) e estão aptos a receber o recurso. Com a medida, 26.062 estudantes do Ensino Médio da rede pública estadual, que residem nas zonas rurais do Estado, estão sendo beneficiados com os recursos.
Instituído pelo governador Flávio Dino no ano passado, por meio da Lei 10.231, o Peate tem como objetivo propiciar acesso a meios de transporte e transferir recursos financeiros diretamente aos municípios que realizam, nos seus respectivos territórios, o transporte escolar de alunos de ensino médio da rede pública estadual. O programa funciona em caráter complementar ao Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por meio do qual o Estado repassa diretamente aos municípios que aderem ao programa, o equivalente a R$ 200 reais per capita aluno/ano.
De acordo com o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, o valor complementar repassado pelo Peate é superior ao transferido pelo Programa Nacional (Pnate), cujo valor per capita é de R$ 148,07 reais. “Atualmente o Estado repassa o equivalente a R$ 200 reais por aluno durante o ano, valor 25% superior ao que o Governo Federal transfere a cada município, por estudante. Este programa também está dentro das ações do ‘Escola Digna’, que visa o regime de colaboração com os municípios e demonstra o compromisso do governador Flávio Dino com a educação de nosso Estado, garantindo transporte digno e com segurança aos estudantes maranhenses”, destacou.
Segundo o secretário Adjunto de Suporte ao Sistema Educacional, Anderson Lindoso, dos 217 municípios maranhenses, 95 já aderiram ao programa desde a sua criação. “Contudo, somente 66 estão aptos a receber as quatro parcelas, pagas nesse momento, por estarem em regularidade com o Estado”, observou.
Lindoso também ressaltou que à medida que os municípios forem regularizando sua situação, a Seduc encaminhará o processo de pagamento retroativo das parcelas do Programa, a fim de assegurar o transporte dos alunos.
Os números válidos para o cálculo são do Censo Escolar do Inep/MEC, relativos ao ano anterior. Os recursos são transferidos diretamente aos municípios, em nove parcelas, podendo custear despesas com reforma, seguros, licenciamento, impostos e taxas, pneus, câmaras e serviços de mecânica em freio, suspensão, câmbio, motor, elétrica e funilaria, recuperação de assentos, combustível e lubrificantes do veículo.
Adesão ao Programa
Os municípios podem habilitar-se no Programa, por meio da assinatura de um Termo de Adesão que, após ser preenchido, deve ser entregue pelo gestor municipal na sede da Seduc (Rua Cond`Eu, nº140, Monte Castelo, São Luís), com os documentos necessários assinatura (Ofício de Solicitação; Termo de Adesão (assinado pelo Prefeito); Cópia da Ata da Sessão Solene de posse do Prefeito; Conta Corrente (extrato da conta corrente zerada – Peate/MA/MUNICÍPIO); Cópia do Certificado de Diplomação do Prefeito; Cópia do RG e CPF do Prefeito; Cópia do Comprovante de Residência do Prefeito; CNPJ Atualizado; Certidão de Regularidade emitida pela SEDUC; Certidão conjunta de regularidade da Secretária da Receita Federal – SRF do Ministério da Fazenda e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional – PGFN; Certidão negativa de débitos estaduais – CND; Certidão Negativa de Dívida Ativa Estadual – CNDA).
Mais informações podem ser obtidas na Supervisão de Transporte Escolar da Seduc. 

Cinco municípios maranhenses são campeões em inscrições para os ‘Aulões do Enem 2016’



Faltando pouco tempo para a realização dos Aulões do Enem em municípios maranhenses, mais de 2.300 jovens já garantiram suas participações nas mega revisões promovidas pelo Governo do Estado, por meio do programa Pré-Universitário (PreUNI), da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).
Atendendo a demanda de 60 cidades, a edição 2016 das revisões segue um cronograma de realização que se inicia no dia 2 de julho, nos municípios de São Benedito do Rio Preto, Urbano Santos e Belágua, Barreirinhas e Chapadinha, de onde prosseguem para outras cidades, até encerrar com o último Aulão no dia 23 de outubro, em São Luís.
Os municípios que registram os maiores números de inscrições são: São Luís, com 568 (24%); Bacabal, com 327 (13%); São Benedito do Rio Preto, com 171 (7,2%); São Mateus, com 127 (5,4%) e São João Batista, com 125 (5,3%).
Sempre com aulas aos fins de semana, serão quatro meses de Aulões, com cinco horas de intensa revisão em cada cidade, abordando as áreas de conhecimento que compõem o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).
Para o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, realizar mais que o dobro de Aulões do ano passado, é um desafio que a equipe da Secti está preparada. “Nós tivemos uma experiência muito exitosa na edição de 2015, e agora trabalhamos com o dobro de cidades atendidas. Sem dúvidas que é um desafio que vamos enfrentar com muita garra para oferecer a mesma qualidade das aulas e materiais didáticos oferecidos durante os Aulões de 2015”, explica.
“O programa PreUni intensifica as políticas públicas para democratização do ensino superior adotadas pelo Governo do Maranhão. Aliando as ações preparatórias já realizadas pelas escolas estaduais, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) aos Aulões, o Governo contribui de forma significativa com o desempenho dos estudantes na avaliação nacional”, completa o gestor.
Na edição do ano passado, as edições foram realizadas em aproximadamente 20 cidades e atenderam mais de 15 mil estudantes, sendo que destes, pelo menos 300 foram aprovados em instituições de ensino superior.
Gustavo Gomes é um dos estudantes que participaram dos Aulões e conseguiram aprovação. Cursando Ciência da Computação na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), o estudante reconhece a importância do reforço oferecido pelo projeto.
“Eu já tinha uma ideia de que minhas aulas regulares não iriam dar conta de todo o conteúdo ou, pelo menos, uma parte principal dele, então vi a notícia na internet das aulas gratuitas do PreUni, que vieram em boa hora. Consegui aprovação em Engenharia da Computação, na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e no curso de Ciência da Computação na UFMA”.
“Os aulões me auxiliaram muito em meus estudos, e espero que outros estudantes possam desfrutar desta oportunidade de ter uma revisão de qualidade com professores de excelência”, completou o universitário.
Como participar dos Aulões
Podem participar dos aulões, jovens e adultos que concluíram ou estão cursando o 3º ano do Ensino Médio e que se inscrevam até a véspera da realização do Aulão, por meio da página da Secti (www.secti.ma.gov.br).

Cansados de esperar pela prefeitura de Lago da Pedra,moradores do povoado Cabaça tiram do bolso para reformar estrada




Cansados de esperar pela Prefeitura de Lago da Pedra, os comunitários do Povoado Cabaça,que fica a cerca de 8 km da sede do município,decidiram eles próprios investirem na reforma da estrada.
Segundo o líder comunitário,Flauriano,as reivindicações foram inúmeras, e nenhuma delas surtiu efeito.Por isso,os próprios moradores decidiram bancar a obra que custou 900 reais,três horas de máquina.A estrada beneficia 26 famílias,além de pessoas que moram na cidade e tem propriedades no povoado.
A comunidade Cabaça,é uma das que sofrem com isolamento devido a inoperância da prefeitura.O Povoado é tratado com um certo desprezo pelo Governo Municipal.



Veja o vídeo
video

Crise pode afastar prefeito da reeleição



O prefeito de Godofredo Viana,Marcelo Jorge (PDT),pode não disputar à reeleição. 
O prefeito está tomando uma decisão inusitada,mas não inédita.Apesar de ter condições políticas favoráveis,o prefeito aponta a ´´crise financeira`` que assola o país,como motivo .
Em maio de 2014,a polícia fechou um garimpo clandestino que funcionava na fazendo do prefeito.No mesmo local,foi constatado a prática de tráfico de drogas,trabalho infantil e porte ilegal de arma.

Governo abre nesta quinta-feira (23) a primeira Agritec do município de Grajaú


Agritec Território dos Cocais (Codó)
O governador Flávio Dino abre nesta quinta-feira (23) a primeira Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) do município de Grajaú. Promovida pelo Sistema SAF, composto pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e pelo Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), a Agritec do médio sertão oportunizará aos agricultores familiares conhecer e ter acesso às tecnologias que impulsionarão o desenvolvimento da produção maranhense.
A Feira é uma verdadeira vitrine de oportunidades para o homem do campo, geração de renda e empreendedorismo rural. A Agritec de Grajaú acontecerá no Parque de Exposição Zezé Santos, com início nesta quinta-feira (23) e encerramento na sexta-feira (25). A Agritec Grajaú contará com atrações musicais, gastronomia, workshop, exposição de animais, promoções e divulgações de produtos oriundos da agricultura familiar, criando espaços para comercialização e fortalecendo a identidade dos grupos produtivos.
O Governo do Estado ao realizar a Agritec Grajaú tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos produtores rurais e torná-los agentes transformadores e atores principais da economia do Estado”, enfatizou o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares.
A Embrapa e o Sebrae, parceiros na realização das Agritecs, destacam que a Feira é um espaço de grandes conhecimentos e troca de experiências que amplia a qualidade de vida do agricultor maranhense. A Agritec é uma realização do Sistema SAF, Embrapa/Cocais, Sebrae e Movimentos Sociais como ACONERUQ,  FETAEMA, FETRAF-MA, MIQCB e MST.
Este ano o Governo do Estado já realizou a primeira Agritec no município de Codó entre os dias 28 a 30 de abril. Foram capacitados 1.463 agricultores. Os espaços de comercialização de produtos garantiram um volume de negócios de R$ 492 mil, sendo 432 mil referentes a contratos firmados entre instituições financeiras e agricultores familiares e R$ 60 mil em comercialização dentro da feira, incentivando a economia local.
O evento em Codó atraiu mais de 25 mil pessoas e proporcionou à população de Codó e municípios vizinhos serviços de retirada de documentos pessoais, emissão de Cadastro Ambiental Rural (CAR), capacitação dos agricultores, troca de experiências e compartilhamento de tecnologias fáceis e de baixo custo para incrementar a produção do homem do campo.
As Agritec’s de 2015 capacitaram aproximadamente 5 mil agricultores e atraíram mais de 70 mil visitantes. Foram comercializados cerca de R$ 536 mil e os agricultores ainda tiveram a oportunidade de fechar contratos com instituições financeiras na ordem de R$2.034.734,00.