Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Envie informações,denúncias para: vauney-10@hotmail.com ,(99) 9 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976, sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.

domingo, 25 de junho de 2017

Criança morre após ser arrastada por cavalo na zona rural de Lago dos Rodrigues




Uma criança de 8 anos morreu depois de ser arrastada por um cavalo no povoado São João da Mata, na zona rural de Lago dos Rodrigues, na tarde deste domingo (25). Segundo informações de um popular, o menino amarrou o cabresto da cavalo na cintura. O animal acabou se assustando e saiu correndo, arrastando a criança por vários metros.

O garoto, que já estava sem vida quando foi desprendido do cabresto, sofreu diversos ferimentos pelo corpo

Aged fecha fábrica clandestina de queijos no povoado Bacuri, em Riachão




A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA) fechou uma fábrica clandestina de queijos no povoado Bacuri, no município de Riachão. A ação, realizada na última quarta-feira (22), pela Unidade Regional da agência em Balsas, em parceria com a Polícia Militar do Maranhão (PMMA), teve o objetivo de combater a fabricação e comercialização de produtos clandestinos que em colocam em risco a segurança alimentar dos consumidores.

A ação aconteceu depois de denúncia de que uma casa, em Riachão, estaria sendo usada para fabricar e comercializar queijos. O produto era vendido, também,  em municípios vizinhos, como Nova Colinas, Feira Nova do Maranhão e Fortaleza dos Nogueiras.

No momento da fiscalização foram apreendidos e inutilizados, por meio de incineração, 35 quilos de queijos clandestinos. Os fiscais interditaram o uso de equipamentos utilizados na fabricação dos queijos, entre os quais uma mesa de inox, um fatiador, 17 gamelas, uma balança de precisão e um freezer. O responsável pela fábrica clandestina foi autuado.

Os produtos, produzidos em local sem inspeção sanitária, eram transportados sem qualquer refrigeração conforme determina à legislação vigente, oferecendo riscos à segurança alimentar dos consumidores.

O chefe da Unidade Regional de Balsas, Eugênio Pires informa que, local existia uma quantidade de queijos que, segundo o responsável pela fábrica clandestina, seriam comercializados em mercadinhos da região. “Vamos intensificar essas operações aqui no sul do estado para coibir a fabricação e a comercialização desses produtos clandestinos, que representam um grande risco à saúde pública”.


Governo investe em melhorias no Programa do Leite Especial




Com o objetivo de incrementar o Programa do Leite Especial, executado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Governo do Estado está oferecendo uma nova fórmula para os beneficiários do programa. Desde o mês de abril, o leite infantil Neocate Advance passou a ser oferecido em substituição ao Neocate LPC. A nova fórmula contém maior concentração de maltodextrina, tipo de carboidrato de fácil absorção, recomendado para crianças que precisam ganhar peso rapidamente.

O Programa do Leite Especial é voltado para crianças com intolerância à proteína do leite de vaca. Cerca de 300 crianças já migraram para a nova fórmula. O Neocate LPC continuará a ser oferecido, especialmente para as crianças que possuírem algum tipo de intolerância ou alergia ao Neocate Advance. Desde 2015, o programa tem avançado com incrementos como esse.  Em 2016, por exemplo, um incentivo do governo ampliou de R$ 5 milhões para R$ 9 milhões o investimento no programa.

O gestor da Assistência Farmacêutica da SES, Sandro Monteiro, destacou os avanços do programa. “O principal problema que tínhamos na gestão anterior era a descontinuidade na oferta do leite, além do recurso que não era suficiente para suprir a demanda do estado. O investimento do Governo do Estado permitiu que ampliássemos o programa, beneficiando ainda mais as famílias. A aquisição da nova fórmula também é um avanço que conquistamos, tendo em vista que o Neocate Advance favorece o tratamento das crianças que são intolerantes”, disse.   

Atualmente, 1.009 crianças de 120 municípios maranhenses recebem mensalmente até oito latas de leite. A entrega do complemento alimentar é realizada, de segunda à sexta-feira, no Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos, das 8h às 17h. Além do Neocate Advance e do Neocate LCP, o governo oferece outras fórmulas como Alergomed, Aminomed, Aptamil Soja 2, e Pregomin Pepti. Em 2016, foram distribuídas 59.416 latas de leite, mas com o incremento no programa, a previsão é de aumento desse quantitativo para 2017.

O coordenador do Programa do Leite Especial, João Marcos Bezerra, destacou que a aquisição da nova fórmula é mais uma melhoria para o programa. “Essa nova fórmula, distribuída pelo governo desde o mês de abril, promove ganho de peso e estatura mais rapidamente. A partir do momento que a criança faz a transição para novo leite ela vai ter uma melhora nutricional na sua dieta e o tratamento passa a ser mais efetivo”, ressaltou. 

Em média, as fórmulas especiais distribuídas gratuitamente pelo poder público estadual custam mais de R$ 200,00 no comércio. O alto valor do produto impede que muitas famílias possam adquirir o leite. Com o programa, o estoque distribuído pela Secretaria de Estado da Saúde garante assistência àqueles que não podem pagar pelo complemento alimentar, beneficiando mais de mil famílias.

O servidor público Péricles Rego, de 48 anos, é pai de Petrus de 5 anos, que tem intolerância desde os três meses. Ele conta que o leite recebido pelo programa é o que sustenta a alimentação do filho. “A gente mora em Barreirinhas e não teríamos condições de comprar, pois esse leite é muito caro. A comida do meu filho é muito restrita. Com as latas que recebemos pelo programa, ele toma mingau de manhã e à noite. Ele tem aceitado muito bem o novo leite”, contou.

sábado, 24 de junho de 2017

João Alberto arquiva pedido de cassação de Aécio: presidente da OAB diz que Senado debocha do país




Claudio Lamachia, presidente da OAB - Ordem dos Advogados do Brasil -, afirmou que o presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto (PMDB-MA) ter arquivado o pedido de cassação do senador Aécio Neves (PSDB-MG) representa um "deboche da sociedade". Esta decisão revela que o Senado não se pauta pela transparência e honestidade, muito pelo contrário. O arquivamento traz a certeza que acordos espúrios estão sendo tramados na calada das noites regadas a álcool e outras drogas mais, no bunker de Aécio. Vish...

Ex-prefeito de Cachoeira Grande é preso por suspeita de desvio de dinheiro público



Por Anselmo Oliveira / Ascom – SSP

A Polícia Civil do Maranhão em um trabalho conjunto com o Ministério Público deflagrou na manhã desta sexta-feira (23) uma operação para desarticular uma associação criminosa suspeita de desviar dinheiro público da cidade de Cachoeira Grande. Como resultado da ação, foram presos o ex prefeito da cidade, Francivaldo Vasconcelos Sousa Filho e o seu filho, Alexandre Vasconcelos Oliveira Sousa.

Durante uma coletiva de imprensa realizada na sede da secretaria de segurança pública, as autoridades que coordenaram a operação, informaram que as prisões foram resultadas de medidas judiciais de investigações da Polícia Civil e pelo Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) que apontaram os crimes de superfaturamento, fraudes em licitações, desvios de verbas públicas e improbidade administrativa de 2013 a 2016.

Segundo o delegado da Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (SECCOR) Ricardo Moura, as investigações tiveram como base denúncias de servidores públicos de Cachoeira Grande, que foram encaminhadas junto a Promotoria de Justiça da cidade de Morros para serem apuradas. Após apuração do fato, a Polícia Civil descobriu que o esquema era bem organizado com a existência de um livro de controle dos desvios.

Ainda de acordo com delegado, foram constatados dois contratos com indícios de superfaturamento, o primeiro era firmado com a empresa habitat, responsável em administrar condomínios. O livro caixa da empresa contém inúmeros pagamentos de ‘honorários’ à Prefeitura de Cachoeira Grande. Mas, de acordo com fontes fidedignas, esses repasses revelam um esquema fraudulento entre a empresa e o Município. Os valores generosos variam entre R$ 45 mil e R$ 120 mil.

A empresa Habitat ganhou um contrato foram dos padrões em 2012 para prestar serviços de limpeza interna e externa nos prédios públicos municipais, pelo prazo de 12 meses. No entanto, nunca realizou uma limpeza nos locais. Pela prestação de serviço, a empresa ganhou a absurda quantia de R$ 3.119.189,04 (três milhões, cento e dezenove mil, cento e oitenta e nove reais e quatro centavos). No ano seguinte, a Prefeitura assinou um termo aditivo com a empresa.

Em outro contrato as investigações descobriram um contrato com uma empresa de localização de maquinário, porém as maquinas alugadas pertenciam ao sobrinho do ex prefeito, que se encontra foragido e que recebia cerca de R$ 27 mil por mês.

Estiveram presentes na coletiva o delegado-geral da Polícia Civil Lawrence Melo, o superintendente estadual de combate à corrupção, Roberto Fortes, o promotor de justiça do GAECO, Marcos Aurélio Rodrigues e da promotora de justiça de Morros, Érica Éllen Beckman. A promotora disse que atualmente existe vários inquéritos que apuram irregularidades na administração na cidade de Cachoeira Grande na gestão do ex prefeito Francivaldo.

Para o delegado-geral, Lawrence Melo, os avanços contra esse tipo de modalidade criminosa seguem passo a passo no Maranhão. “Vamos atacar o corruptor, porque só existe o corrupto, se houver o corruptor. São criminosos que, por vantagens pessoais, comprometem a prestação de serviço para todos, seja na qualidade da saúde, educação, infraestrutura e segurança da população” finalizou Lawrence Melo.

O ex prefeito e seu filho foram encaminhados ao Centro de Triagem de Pedrinhas, onde devem permanecer presos aguardado um parecer da justiça. As investigações devem continuar visando localizar e prender os demais integrantes da associação criminosa, entre eles, o contador do ex parlamentar, Pedro Silva dos Santos.

Recorde de Temer, considerado ótimo ou bom por 7% dos brasileiros, em 28 anos nenhum presidente foi tão mal




Desde que veio a público a delação da JBS, que jogou o presidente no centro da crise política nacional, a impopularidade do peemedebista aumentou. Hoje sua gestão é considerada ruim ou péssima por 69% do eleitorado e regular por 23%. Considerado ótimo ou bom por apenas 7% da população.

Na comparação, em setembro de 1989, Sarney chegou a 68% de ruim ou péssimo e 24% de regular.
O novo levantamento do Datafolha, feito entre quarta-feira (21) e esta sexta-feira (23), com 2.771 entrevistados, mostra Temer com a avaliação em queda.

Dois meses atrás, a sua taxa de ruim e péssimo estava em 61% e a de ótimo ou bom, em 9%. Aqueles que o consideraram regular somavam 28% no final de abril.

Não souberam responder como avaliam hoje o governo Temer 2% dos entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais e para menos. A nota do presidente caiu de 3 para 2,7.
A situação de Temer é pior que a de Dilma Rousseff (PT) às vésperas de ela sofrer impeachment. Em abril de 2016, a petista tinha 13% de aprovação e 63% de reprovação.

JOESLEY

Temer foi gravado secretamente em março deste ano pelo empresário Joesley Batista, da JBS, em uma conversa tarde da noite fora da agenda no Palácio do Jaburu em que ambos trataram da relação com o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está preso.

O áudio foi entregue como prova na delação do empresário e deverá subsidiar três denúncias contra Temer elaboradas pela Procuradoria-Geral da República por corrupção passiva, obstrução de justiça e organização criminosa. As peças ainda não foram apresentadas ao STF (Supremo Tribunal Federal) e, quando o forem, deverão ser remetidas à Câmara dos Deputados. Ao envolver o Congresso, a situação de Temer se torna ainda mais frágil.

Ele é acusado por Janot de ter dado o seu aval para que Joesley comprasse o silêncio de Cunha e de seu operador Lucio Funaro, que estão presos e ameaçam delatar.

MULHERES E JOVENS

A reprovação de Temer está em patamar comparável ao de Dilma em agosto de 2015, quando a petista atingiu 71% de ruim ou péssimo.

No histórico do instituto, além de Sarney, apenas Fernando Collor (PTC) obteve índices tão negativos quando Dilma e Temer ao alcançar 68% de ruim e péssimo, em setembro de 1992, ao sofrer impeachment.

O cenário fica mais desfavorável para o presidente Temer entre as mulheres, os jovens e os mais pobres, em comparação com a média da população.

Sua taxa de ruim e péssimo chega a 73% entre o eleitorado feminino, a 74% entre os eleitores de 25 a 34 anos e a 71% para aqueles cuja renda familiar mensal é de até dois salários mínimos.

No Nordeste, a reprovação a Temer fica acima da média, 77%, e no Sul, abaixo: 61%.

Entre os entrevistados com ensino fundamental completo, a reprovação de Temer fica em 64% e sobe para 71% entre aqueles que concluíram o ensino médio e 70% entre os com superior completo.

Um grupo que lhe concede alguma trégua é a do eleitorado de renda média familiar superior a dez salários mínimos. Nessa parcela da população, seu governo é considerado bom ou ótimo por 15%, regular por 30% e ruim ou péssimo por 55%.

A análise por renda da avaliação de Temer coincide com a de sua agenda econômica, da qual os mais ricos são menos críticos que a média da população, em especial no que se refere à proposta de reforma da Previdência

Com informações da Folha de São Paulo

Ruim com ela, pior foi sem ela: casa lotérica reabre as portas em Lago da Pedra



Para alívio dos lagopedrenses, segundo o Informa Nova Era, a casa lotérica reabriu as portas, neste sábado (24), em Lago da Pedra. O estabelecimento estava fechado desde de março deste ano, após o sistema ser suspenso pela Caixa Econômica Federal.

O que para muitos clientes era padecimento físico e psicológico, levando em conta as enormes filas, falta de ventilação, espaço,  habilidade e gentileza  de alguns funcionários, passou a ser reconhecida como de extrema necessidade na cidade, depois de fechada.

Para ter acesso aos serviços do banco postal da Caixa, as pessoas estavam se deslocando para outras cidades da região. Entre elas os milhares de beneficiários do Bolsa Família, pessoas pobres que estavam tendo que arcar com passagem e  alimentação para ter acesso ao benefício.

PT unido defende reeleição de Flávio Dino




A posse de Augusto Lobato na presidência do Partido dos Trabalhadores do Maranhão provocou o que parecia impossível: a unidade do partido.
Todas as tendências do PT maranhense participaram da posse, que se transformou em ato de apoio à reeleição do governador Flávio Dino, que participou da solenidade.
As manifestações de apoio partiram de todas as alas. Coube ao ex-presidente Raimundo Monteiro fazer a primeira defesa da aliança com os comunistas. “Vamos lutar bravamente para reeleger o governador Flávio Dino, para que continue a governar em favor dos trabalhadores”, discursou.
Monteiro destacou ainda a luta de Flávio Dino contra o golpe, que retirou Dilma Rousseff da Presidência. “Flávio Dino foi um dos maiores defensores da presidenta Dilma não por interesse pessoal ou partidário, mas por defender a democracia e as conquistas sociais de nosso povo”, afirmou.
O presidente do PT de São Luís, Honorato Fernandes, também defendeu apoio do PT a Flávio Dino. “Temos que avançar com as conquistas do governo Flávio Dino e levar as realizações do governo e a luta contra o golpe para além das instâncias internas do partido, pois a nossa população carece de informação”, disse.
A aliança entre PT e PCdoB foi defendida pelos petistas Márcio Jardim e Francisco Gonçalves, que ocupam as Secretarias de Esporte e Direitos Humanos, respectivamente. “Somos protagonistas de um governo que realiza o maior investimento na educação da história do nosso Estado”, enfatizou Gonçalves.
Jardim reiterou a importância da manutenção da aliança nacional entre PT e PCdoB no Maranhão. “Temos que eleger Flávio Dino governador e Lula presidente”, afirmou.
O prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa, e a dirigente nacional do partido Berenice ressaltaram a necessidade de fortalecimento do partido e o apoio a Dino. “Nosso município tem recebido o apoio do governador Flávio Dino em todos os momentos e nós temos que apoiar sua reeleição e o fortalecimento das bancadas do PT na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa”, defendeu o prefeito petista.
A solenidade de posse de Augusto Lobato teve ainda a participação do líder Manoel da Conceição, um dos fundadores do partido, que foi aclamado presidente de honra do PT/MA; deputado estadual Zé Inácio, segundo colocado na eleição do partido; os deputados federais Zé Carlos (PT) e Weverton Rocha (PDT), o vice-prefeito Júlio Pinheiro (PCdoB), a presidente da CUT, Adriana Oliveira, o advogado Antonio Pedrosa, dirigente do Psol/MA, entre outras lideranças.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Governo entregará mais três Escolas Dignas neste sábado (24) e recebe doação de terreno para construção de escola do ensino médio




O governador Flávio Dino entrega neste sábado (24), mais três escolas novas, construídas para substituírem estruturas inadequadas nos municípios de São João do Sóter e Aldeias Altas, que funcionavam como escolas.

Em São João do Sóter, a comunidade do povoado Travessia ganhará um prédio novo para funcionamento da Escola Municipal Rogério da Silva Mota, que atenderá imediatamente 29 estudantes matriculados. Com investimentos de R$ 388.595,87, a escola tem duas salas de aula, secretaria, banheiros e cozinha com cantina, e será entregue completamente equipada para atender os alunos do povoado. O povoado também foi beneficiado com um poço, para abastecimento de água da comunidade.

Ainda em São João do Sóter, o governo assinará o termo de doação de terreno doado pela Prefeitura, para construção de escola de Ensino Médio, no Povoado Pedras.

Em Aldeias Altas, duas comunidades serão beneficiadas com a inauguração de duas escolas dignas, cada uma com investimentos de R$ 388.595,87. No povoado Pé de Morro, 37 alunos matriculados na Escola Municipal Dioclesiana de Morais Silva serão beneficiados com um prédio novo para funcionamento. A escola tem duas salas de aulas, secretaria, banheiros e cozinha com cantina, com todos os ambientes equipados para alunos e professores desenvolverem suas atividades escolares no dia a dia. Toda a comunidade do povoado também foi beneficiada com a construção de um poço artesiano.

No povoado Laranjeiras, o prédio construído dará lugar à Escola Municipal Antônio Gonçalves Dias, que tem 110 alunos matriculados. A escola também conta com duas salas de aula, secretaria, banheiros e cozinha com cantina, espaços que serão entregues equipados, neste sábado.

Em Barra do Corda, governador Flávio Dino participa da 11ª Agritec e vistoria obras do Governo




As Feiras de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) estão mudando a realidade da produção no estado. Nesta sexta-feira (23) foi a vez de Barra do Corda, na Região Centro Sul, receber a 11ª edição do evento, que levou uma série de benefícios para os produtores rurais. Ainda na cidade, o governador Flávio Dino vistoriou as obras do Governo do Estado de serviços de melhoria no abastecimento de água e a construção do Núcleo de Educação Integral e da MA-012, que liga Barra do Corda a São Raimundo Doca Bezerra.

Na Agritec, o governador Flávio Dino foi recebido com festa pelos produtores da região e indígenas que aproveitaram a oportunidade de conhecer, por meio de vitrines, oficinas, workshops e palestras, tecnologias simples e de baixo custo para melhorar sua produção e, assim, gerar renda e desenvolver a agricultura familiar no território. Além de Barra do Corda, participaram da Feira produtores de Fernando Falcão, Jenipapo dos Vieiras, Itaipava do Grajaú e São Raimundo do Doca Bezerra, municípios integrantes do Plano Mais IDH.

Em seu discurso, Flávio Dino explicou que a prioridade da produção no Maranhão era uma demanda esperada há muito tempo pelos movimentos sociais do campo. “Havia essa reivindicação. E as pessoas pediam assistência técnica, títulos de terra, apoio à comercialização e a infraestrutura. Nós, então, resolvemos implantar essa Feira. Não existia antes, passou a existir no nosso Governo”, ressaltou.

Durante a solenidade, uma série de benefícios foi entregue aos produtores da região, a exemplo da assinatura de contratos do Pronaf Agricultura Rural e a entrega de chaves de 175 casas do Programa Nacional de Habitação Rural para Agricultores Rurais, em parceria com o Banco do Brasil. Além disso, o Governo do Estado entregou kits de irrigação para comunidades de Barra do Corda e Grajaú e cartões para agricultores beneficiados pelo Programa de Aquisição de Alimentos – PAA.

O governador Flávio Dino beneficiou o município de Fernando Falcão com a entrega de cinco Arcas das Letras, projeto que faz parte do eixo educação do Plano Mais IDH e objetiva promover acesso à leitura. O Governo também concedeu 25 títulos individuais de propriedade a agricultores da região. “A Agritec foi uma festa maravilhosa, um público excelente. É o Governo investindo fortemente na agricultura familiar para ajudar a transformar e fazer um Maranhão de todos nós”, afirmou o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares.

Abastecimento de água

A visita do governador Flávio Dino a Barra do Corda foi marcada também pela vistoria nas intervenções de saneamento básico, sob a coordenação da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). A Estação de Tratamento de Água (ETA) passa por obras de melhorias estruturais, assim como o prédio da nova Casa de Química, com a ampliação da Rede de Cloração, limpeza do reservatório e a realização de 270 novas ligações domiciliares. Com o pacote, o Governo do Estado beneficia diretamente mais de 51 mil pessoas com um investimento de R$ 1,9 milhão.

O governador classificou a obra como “um sonho de muitos anos da região e da cidade” e disse que ela está 80% concluída. “Vai praticamente dobrar a capacidade de distribuição de água na cidade. Já fizemos ampliação da rede de distribuição. Hoje nós temos um desperdício de água, por incapacidade do conjunto do sistema, ou seja, a água captada não é toda aproveitada, e isso gera a carência que a cidade tem. Isso tem mais de 20 anos sendo adiado e no nosso Governo está sendo resolvido”, ressaltou.

De acordo com o presidente da Caema, Davi Telles, essa é uma intervenção de recuperação integral, onde todos os itens do sistema estão sendo recuperados, desde a captação de água bruta no Rio Corda, passando pela ETA, pelas elevatórias, os bombeamentos, sistema de reservação, expansão da rede de distribuição de água tratada e novas ligações e hidrometração para conter o desperdício. “A população de Barra do Corda que sofre há duas décadas vai ganhar muito com essa obra”, pontuou.

Núcleo de Educação Integral e MA-012

Barra do Corda será mais uma cidade maranhense a receber uma escola de tempo integral no Maranhão. Com as obras já em finalização, o prédio conta com quadra esportiva, auditório, biblioteca e laboratórios de química, biologia e física, além de salas de descanso para os professores, para os alunos, ambulatório, banheiros, sala de professores, almoxarifado e sala de direção.

O secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, disse que os investimentos do Governo do Estado em Barra do Corda ajudam a melhorar a qualidade de vida da população e os indicadores sociais e econômicos, como é o caso da construção da MA-012, até São Raimundo do Doca Bezerra, “que já está em ritmo avançado e vamos iniciar em breve o asfaltamento”.

Como é também o caso do Núcleo de Educação Integral. Uma área muito grande, um investimento de R$ 4 milhões, tudo feito com muito zelo, capricho e dedicação. Acabamento de primeira, materiais utilizados de alta resistência e durabilidade. A forma correta de aplicação do recurso público que é a determinação firme do governador Flávio Dino”, completou Noleto.

O governador Flávio Dino rodou pela MA-012 e conversou com moradores do povoado Centro dos Ramos, que agradeceram pela realização do sonho da pavimentação do trecho entre Barra do Corda e São Raimundo do Doca Bezerra. “Era só poeira. Passando asfalto melhora muito para a gente que mora na beira da estrada”, destacou a comerciante Raimunda Ferreira.

O prefeito Eric Costa enfatizou que o Governo está proporcionando para Barra do Corda obras que estão impactando diretamente na vida das pessoas de forma positiva, “trazendo oportunidades, através de estradas, escola em tempo integral, obra de reestruturação do abastecimento de água era um sonho dos barra-cordenses. O sentimento que nós temos é de muita gratidão às ações do Governo, a sensibilidade que o governador Flávio Dino tem em atender os nosso pleitos”.

Participaram da extensa agenda em Barra do Corda juntamente com o governador Flávio Dino o deputado federal Waldir Maranhão, o deputado estadual Othelino Neto, o secretário de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, além de prefeitos de várias cidades da região, vereadores, lideranças políticas, indígenas e a população em geral.






Homicídio em Lago da Pedra permanece cercado de mistérios




Um crime ainda cercado de mistérios ocorreu na na noite desta quinta-feira (22), em Lago da Pedra. A vítima, um homem identificado como Milson, vulgo ´´Tim``, idade não revelada, foi assassinado no Bairro Vieira Neto, no antigo Campo de Aviação.

Poucas informações foram divulgadas. O que se sabe até o momento é que o homem foi morto a tiros. Falam que o assassino ou assassinos estavam de moto. E que supostamente pode ter sido acerto de contas.

Por conta de deficiência na iluminação pública, o local, à noite, é de pouca visibilidade, o que o torna ainda mais perigoso, já que fica no bairro mais violento da cidade.

A Polícia Civil investiga o caso.


Mais um afasta e volta logo: Osmar Fonseca é reconduzido ao cargo de prefeito de Lago do Junco




Aconteceu o previsto. É filme velho, apenas os personagens que são diferentes. Como de costume, prefeitos são afastados pela Justiça, mas, logo, a mesma Justiça trata de fazer a recondução. Claro, tudo de acordo com a lei ( são as brechas). 

O juiz da 2ª Vara da Comarca de Lago da Pedra, Dr.Cristóvão, através de liminar, determinou nesta sexta-feira (23), a volta do prefeito Osmar Fonseca (PT) ao cargo em Lago do Junco.

O gestor havia sido afastado no dia 14 de junho, em sentença proferida pelo juiz Marcelo Santa Farias, titular da 74ª Zona Eleitoral, sediada em Lago da Pedra, sob alegação da prática de compra de votos nas eleições municipais de 2016.

De acordo com a sentença publicada hoje que reconduziu Osmar à Prefeitura de Lago do Junco, “a decisão agravada é desprovida de fundamentação, pois o julgador de 1º Grau não indicou fundamentos jurídicos para recebimento da inicial e que os três ofícios protocolados foram recebidos na mesma data, o que afasta omissão reiterada. Aduz que os fatos apurados pelo Ministério Público não denotam interesse pessoal na ausência de resposta aos expedientes, o que, no seu entender, afasta sua má-fé e descaracteriza a tipificação por ato de improbidade. Destaca ser indevida a medida de afastamento do cargo público, pois violadora da presunção de inocência e do Estado Democrático de Direito, além de configurar medida antecipatória de mérito.”

Flávio Dino vem fazendo o dever de casa e por isso ´´flutua em céu de brigadeiro, e navega em mar de almirante`` rumo a 2018




Apesar da crise política e econômica que atinge o país, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), segue em céu de brigadeiro.

Flávio Dino voltou a tomar conhecimento, através da pesquisa Exata/Jornal Pequeno, que a maior parte da população do estado continua aprovando seu primeiro mandato. Recebeu ´´sim`` de 58% dos maranhenses.

Para 2018, de acordo com levantamento, se as eleições fossem hoje, Flávio Dino venceria sua principal adversário, a ex-governador Roseana Sarney(PMDB), com 30 pontos de diferença.

No ranking elaborado pelo site de notícias G1, divulgado em maio deste ano, Flávio Dino aparece como o segundo melhor governador do Brasil, com 78% das promessas de campanha total ou parcialmente cumpridas, quase empatado com o primeiro colocado, governador de Roraima, Confúcio Moura .

Assim, com gestão reconhecida pelos maranhenses, Flávio Dino, em ´´mar de almirante``, ´´navega`` rumo à reeleição.

Promoção de mais de 700 policiais é destaque em formatura militar



Comandante-geral da Polícia Militar, coronel Pereira,
durante solenidade de promoção de policiais militares

Um momento marcante de muita alegria e satisfação para todos os policiais militares promovidos na solenidade realizada na quarta-feira (21), às 18h, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), no Calhau, em São Luís. O Governo do Maranhão promoveu mais de 700 policiais militares da capital e do interior.

As promoções observaram critérios com parâmetros de justiça embasados na antiguidade, tempo de serviço e merecimento. O praça ingressa na corporação como soldado e depois galga a promoção de cabo, 3º sargento, 2º sargento, 1º sargento e subtenente, podendo ser oficial e alcançar o posto de capitão.

Segundo o soldado Luís Carlos França Júnior, promovido a cabo, a Polícia Militar ganha com a promoção dos policiais militares, pois é uma forma de motivação e estímulo para o policial, que trabalha todos os dias no combate à criminalidade. “Eu agradeço a Deus, à minha família, aos meus irmãos de farda, ao comandante-geral e ao governador do Estado do Maranhão por esse momento glorioso na minha carreira”, disse o policial promovido.

O coronel José Frederico Gomes Pereira, comandante-geral da Polícia Militar do Maranhão, agradeceu a presença das autoridades, familiares, policiais militares, servidores, civis, imprensa e todos que vieram participar desse momento de alegria para a Polícia Militar maranhense.

O comandante-geral lembrou que o Governo do Maranhão tem trabalhado de maneira direta na estruturação da PMMA. Para tanto, a promoção dos policiais é parte integrante nessa estruturação. “Conseguimos com muita habilidade, para esta data, mais de 700 promoções de praças. Temos dado atenção aos critérios de antiguidade, tempo de serviço e merecimento. Além disso, no meu comando foram mais de 2.500 promoções. No governo Flávio Dino, que valoriza o policial militar, fruto dos esforços do secretário de Segurança, Jeferson Portela, já foram mais de 4 mil promoções na PMMA”, disse o coronel José Frederico Gomes Pereira.




Sarney Filho admite incompetência e diz que ‘Só Deus’ pode garantir redução do desmatamento na Amazônia




Blog do Gilberto Lima

Na Noruega, o ministro do Meio Ambiente Sarney Filho expôs a incompetência do governo Temer para frear o desmatamento na Amazônia. Em entrevista, ele disse que o governo brasileiro não pode garantir a redução do desmatamento no País. Deixou claro que está à espera de um milagre divino.

“Só Deus pode garantir isso [redução do desmatamento], mas eu posso garantir que todas as medidas para diminuir o desmatamento foram tomadas e nossa expectativa e esperança é que esse desmatamento diminua”, disse o ministro.

Após tendência de queda nos últimos anos, o desmatamento registrou um aumento de 58% em 2016, segundo estudo da Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Ao lado de Sarney Filho, o ministro norueguês de Meio Ambiente, Vidar Helgesen, anunciou que o país vai cortar 50% os repasses ao Fundo Amazônia devido aos resultados. Ele destacou que a medida pode ser revista se houver mudança nos indicadores ambientais brasileiros.

De 2009 e 2016, a Noruega aportou cerca de R$ 2,8 bilhões no Fundo Amazônia. O governo norueguês é o maior financiador externo para o combate ao desmatamento no Brasil.

Sarney Filho disse que o aumento do desmatamento deve-se a cortes no orçamento de proteção ambiental na administração anterior e que serão feitos novos aportes para o Ibama.

Autoridades norueguesas haviam alertado o Brasil antes da viagem. Em carta enviada ao ministro do Meio Ambiente da Noruega, Sarney Filho disse que não há perspectiva de retrocesso na Lei Geral de Licenciament e garantiu que o país mantém o compromisso com a sustentabilidade.

Antes de embargar para o exterior, o presidente Michel Temer vetou nesta segunda-feira (19) trechos da medida provisória que reduzia o território da Floresta Nacional (Flona) do Jamanxim (PA), na Amazônia Legal.

Aprovada em 16 de maio pelo plenário da Câmara dos Deputados, a Medida Provisória 756/2016 criou a Área de Proteção Ambiental (APA) Jamanxim, com área aproximada de 542 mil hectares. Para isso, a Flona do Jamanxim foi reduzida de 1,3 milhão de hectares para aproximadamente 557 mil hectares.

Já a MP 758/2016 alterou os limites da APA do Tapajós e do Parna do Jamanxim, desafetando, no último, duas áreas que totalizam 862 hectares e, concomitantemente, agregando a ele outra área de 51 mil hectares.

Ambientalistas alertaram que a mudança colocaria em risco a preservação da área onde vivem espécies nativas da Amazônia. Isso porque uma APA tem critérios de uso mais flexíveis, como pecuária e mineração.

Apesar do veto, o próprio ministro do Meio Ambiente afirmou que o Planalto enviaria um novo projeto de lei, com o mesmo teor, ao Congresso Nacional para tramitar em caráter de urgência.

A organização ambientalista Greenpeace questionou a eficácia do veto de Temer e classificou a medida como uma tentativa do presidente de melhorar a imagem de suas políticas ambientais antes da viagem à Noruega.

"O veto de Michel Temer corrige o processo, mas não a redução das áreas preservadas. A mudança de estatuto dessas áreas ia ser decidida por medidas provisórias. Agora, vão ser por meio de projeto de lei específico, discutido no Congresso. O veto só permite ao governo usar o instrumento certo para fazer o que queira", disse diretor de campanhas do Greenpeace no Brasil, Nilo D'Ávila, à agência de notícias AFP.

Em setembro de 2016, o Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) a suspensão imediata do trâmite de qualquer processo administrativo ou requerimento que tenha por objeto a recategorização e/ou desafetação da Floresta Nacional do Jamanxim.