Envie informações,denúncias para:vauney-10@hotmail.com ,(99) 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976,sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Márcio Jerry participa de atividades de campanha no Médio Mearim




O secretário estadual de Articulação Política e Comunicação Social e presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry cumpriu uma vasta agenda de atividades de campanha de candidatos de seu partido e legendas aliadas, no último final de semana.

Jerry esteve no município de Marajá do Sena participando da inauguração do comitê de campanha da candidata a prefeita Tetê (PCdoB).


Em Lago dos Rodrigues, Márcio Jerry participou de carreata e palestra em apoio ao candidato a prefeito Cícero do Nena (PDT). 


Já na cidade de Paulo Ramos, o presidente estadual do PCdoB participou de grande mobilização em favor do candidato a prefeito Deusimar Serra (PCdoB).


Na cidade de Lago da Pedra, Márcio Jerry este ao lado do candidato a prefeito Mauro Jorge (PCdoB), e do candidato a vice-prefeito, Pablo Sales (PDT), em grande palestra.


Márcio Jerry ainda cumpriu atividades políticas em Lago do Junco, onde esteve com o prefeito candidato à reeleição, Osmar Fonseca (PDT), e o candidato a vice, Enoc Lopes (PCdoB). Na cidade de Esperantinópolis, reuniu-se com o candidato a prefeito Aluisinho do Posto (PCdoB), e com o candidato a vice-prefeito, Dr.Rogério (PCdoB). Em Bernardo do Mearim, Jerry conversou com a candidata a prefeita, Sandra (PCdoB), e com o líder político Gerônimo.

Márcio Jerry esteve acompanhado do superintendente de Articulação Política da Regional de Pedreiras, Mávio Rocha.

“Minha Casa, Meu Maranhão” beneficiará mais de mil famílias nos municípios de menor IDH




Criado pelo Governo do Maranhão para melhorar a qualidade das moradias de áreas rurais e urbanas do estado, o programa ‘Minha Casa, Meu Maranhão’ segue com obras em ritmo acelerado. Inicialmente, 10 dos 30 municípios do ‘Mais IDH’ estão sendo beneficiados com a construção de casas, que no total beneficiará mil famílias, aproximadamente, 3,8 mil pessoas. Para isso, estão sendo empregados recursos da ordem de R$ 2,5 milhões e a previsão de entrega da primeira etapa é para dezembro deste ano.

Em Belágua, por exemplo, onde as obras foram iniciadas em maio deste ano, serão cinco povoados atendidos com a construção de aproximadamente 100 unidades habitacionais, as quais substituirão as atuais moradias de taipa e barro por construções de alvenaria. Com a ação, o governo reduzirá em 57% o número de casas precárias no município. O programa integra as ações do Plano de Ações ‘Mais IDH’, que tem como meta elevar os indicadores sociais nos 30 municípios mais pobres do Maranhão.

Para o morador de Piquizeiro, no município de Belágua, Everaldo Ferreira da Silva, 36 anos, é uma alegria ter onde morar com dignidade. “Agradeço ao governador Flávio Dino. Deus tocou no coração dele e ele está ajudando quem mais precisa. Parabéns pela iniciativa”, disse.

Centenas de outras pessoas também comemoram as boas novas possibilitadas pelo programa. Isaías Pereira, morador de Água Doce do Maranhão, é um exemplo. Segundo ele, é uma bênção ganhar uma casa, e, ao mesmo tempo, um emprego. Estava desempregado e sem perspectiva nenhuma de vida. “Com a chegada desse projeto tudo mudou, e para muito melhor! Tudo isso tá acontecendo na vida da gente graças a um governador que pensa e lembra de gente simples, como nós, aqui da zona rural. Isso tudo é sonho que tá mudando a vida da minha família todinha”, disse Isaías.

Mais IDH

O Plano de Ações ‘Mais IDH’ é uma estratégia do Governo do Maranhão para transformar a realidade social dos municípios com piores índices do estado. O programa foi instituído pelo governador Flávio Dino, por meio do decreto n° 30612, de 02 de janeiro de 2015, e trabalha com ações multissetoriais nos 30 municípios com menores IDHs.

Coordenado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), o ‘Mais IDH’ é composto por ações estratégicas nas áreas de saúde, educação, produção e renda e gestão, visando diminuir as desigualdades sociais nos meios urbano e rural, por meio de uma meta de desenvolvimento territorial sustentável. É, antes de tudo, símbolo do compromisso de transformar, para melhor, a realidade do Maranhão e a vida dos maranhenses.  

Viaturas com alta tecnologia aprimoram atuação policial no Maranhão




As 279 viaturas já entregues pelo governador Flávio Dino às Forças Policiais do Estado – serão 300 até o final deste ano, já apresentam importantes resultados. Com tecnologia embarcada e sistema de comunicação integrado, os veículos, aliados ao incremento de 1.500 novos policiais militares e civis, permitiram o posicionamento estratégico do sistema de Segurança do Maranhão e a redução de importantes marcas, como o número de homicídios em torno de 20% no período entre janeiro e junho de 2016 se comparado ao mesmo período de 2014, aumento na apreensão do número de drogas, entre outros.

Para o comandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Frederico Pereira, a ostensividade das viaturas é perceptível e já oferece mais segurança à população. “Se o cidadão sabe que uma viatura está em determinado local, ele cria uma referência e isso faz com que ele tenha um conforto, porque sabe que, se precisar, ele pessoalmente poderá acionar a polícia com facilidade. As viaturas estão sendo distribuídas nas unidades que têm maior abrangência. Com essas viaturas, além de manter o policiamento que já existe, vamos ampliá-lo”, afirmou o comandante da PM.

Além do incremento em quantidade, os novos veículos entregues pelo Governo do Maranhão reforçam a segurança no estado com a qualidade da tecnologia disponível e adequação dos veículos para o trabalho, como destacou o secretário Jefferson Portela.

Diferente do que existia antes, em que tínhamos carros de passeio pintados como viaturas, agora temos veículos adequados para esse trabalho ostensivo. Carro de passeio não pode ser viatura e é para isso que nós estamos trabalhando”, destacou.

Veículos

Os carros, todos do tipo pick-up ou semi-pick-up e nos modelos Duster e Pajero Dakar são equipados com cinco câmeras capazes de realizar o monitoramento em todo o perímetro em que a viatura se encontra, inclusive à noite, em ambientes com baixa luminosidade.

As câmeras e imagens podem ser remotamente controladas pelo Ciops, o que, na opinião do soldado do 8° Batalhão da PM, Rafael Araújo de Sousa, é uma segurança a mais para o policial em serviço. “Estamos aqui, mas sabemos que várias equipes acompanham nosso trabalho, podemos ser avisados e acompanhamos sobre tudo que acontece também nos outros pontos, é um trabalho em equipe que com certeza dá bons resultados”, afirmou.

Além disso, o sistema de transmissão e armazenamento de imagens possibilita ao policial receber informações sobre suspeitos de onde estiverem. Possuem ainda função de rastreamento; tabletes para monitoramento das operações em tempo real; GPS e sistema de localização. “Esse sistema é importante porque auxilia no desenho de rotas e rastreamento dessas viaturas, mostrando os caminhos que elas percorrem e fornecendo informações”, informou o Comandante Geral da PM, Frederico Pereira.

Para o sub- comandante Coronel Jorge Luongo, a tecnologia embarcada também ajuda na melhoria dos serviços prestados pelos policiais. “É uma tecnologia que faz a diferença porque nos permitiu elaborar um modelo de Procedimentos Operacionais Padrão, segundo o qual indicamos quais os procedimentos básicos de abordagem, de revista, de contato com a comunidade. Isso serve de material para avaliação, os policiais que realizam o trabalho da maneira correta, como tem que ser, são reconhecidos, valorizados e os que não, temos a possibilidade de fazer as correções”, esclareceu o Sub- Comandante da PM, Coronel Jorge Luongo.

Luongo também destaca a melhoria alcançada com os novos veículos. “Toda nossa tecnologia era analógica ou feita por celulares, o que é inadmissível para o trabalho de segurança”, afirmou. Ainda de acordo com o Coronel, os investimentos em comunicação reforçam o trabalho que pode ser feito com as viaturas. “No ano passado o Governo do Maranhão investiu R$ 8 milhões em um sistema de comunicação digital que já apresenta resultados como a diminuição no nosso tempo de resposta nas ocorrências”.

No atual sistema de comunicação, além de pontos fixos, localizados no Ciops e nos quartéis da PM, há os pontos móveis, presentes nos veículos, e a comunicação portátil, os ht’s levados pelos soldados.

Operações

Nas grandes rotatórias, as viaturas configuram uma ação de presença, contemplando o aspecto de visibilidade da polícia e viabilizando o policiamento nas áreas adjacentes. “Em cada viatura, há um cartão-programa, que desenha toda a movimentação da viatura durante o dia, sinalizando quando deve haver paradas e rondas”, disse o coronel Pedro Ribeiro, que destacou o alcance desta ferramenta.

Com a chegada das novas viaturas, a Polícia Militar do Maranhão pôde realizar operações de ostensividade como a Malha Metropolitana, que cria referenciais para a população de pontos em que há viaturas nos principais corredores de São Luís, a Operação Poseidon, em que forças-tarefas atuam em pontos críticos mapeados com antecedência, a Cerco Total, de combate a homicídios e a mais recente, Busca Implacável, que realiza buscas e revistas com foco na redução de assaltos a ônibus.

Tivemos também o incremento de policiais numa Polícia que estava há sete anos sem concurso público. Também adquirimos novas armas e essa reestruturação tem permitido uma maior atuação da segurança, e toda essa ação está sendo expandida, também, para o interior”, afirmou o Coronel Pereira.

Resultados

O modelo de gestão e planejamento desenvolvido no Maranhão permitiu uma redução de 7,8% nos índices de criminalidade já no primeiro ano de gestão do governador Flávio Dino, superando a meta estabelecida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que para cada ano tem como meta reduzir os índices de criminalidade em 5% e ao fim de quatro anos totalizar uma redução de 20%.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Polícia Civil prende suspeitos de roubos de cargas em Barra do Corda




Em operação denominada de “Baú Seguro” a Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio da delegacia de Polícia Civil de Barra do Corda apresentou na manhã desta segunda-feira (22), Daniel dos Santos Araújo, vulgo “Galeguinho”, Valdenir Pereira do Nascimento, vulgo “Rec” e Orleans Moreira Cruz Filho, vulgo “Filho”, suspeitos de envolvimento em roubo de cargas na região.

A ação no último fim de semana, foi coordenada pelo Departamento de Combate ao Roubo de Cargas (DCRC), órgão ligado à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).

Segundo informações dadas pelo delegado Renilto Ferreira, titular da regional de Barra do Corda, as investigações vinham se intensificando a cerca de dois meses, entre os municípios de Barra do Corda e Presidente Dutra, ressaltando que, em meados do mês de julho foram presos seis integrantes, e foi através dessas prisões, que, foram identificados os aqui apresentados nesta manhã e por consequência seus receptores.

Este grupo também é suspeito de coordenar um roubo a cargas, no dia nove do mês passado, crime ocorrido entre as cidades de Presidente Dutra e Barra do Corda. Orleans Moreira Cruz é suspeito de locar armamento para uma quadrilha especializada em roubo de cargas.

O Delegado Geral de Policiai Civil, Lawrence Melo, destacou o trabalho desempenhado pelas equipes acima citado, “Tanto no que concerne a DCRC, quanto a regional de Barra do Corda, nesse fim de semana foi imprescindível, e, graças ao trabalho em conjunto, foi possível a prisão de mais três pessoas, dentre eles o Orleans Moreira, que comandava essas organizações criminosas, fornecendo armas para os demais, ficando com parte do material subtraído”, relatou.



Carolina Gomes – Ascom SSP

Construção de cisternas vai beneficiar 16 municípios com investimentos de R$ 40 milhões




Aumentar a produção e criação de animais dos agricultores familiares mesmo nos períodos de seca a partir de agora será realidade em 16 municípios maranhenses. Nesta segunda-feira (22), no Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino assinou convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social para a implantação do Programa Cisternas – Segunda Água. Com investimentos de R$ 40 milhões, a iniciativa vai beneficiar nove mil famílias com a construção de 4.067 cisternas.

As obras começarão imediatamente e a previsão é que até o final do ano a primeira etapa do programa, que prevê a construção de duas mil cisternas, esteja concluída. O governador Flávio Dino destacou a capacidade da equipe do Governo em escolher a tecnologia adequada para captar os recursos junto ao Governo Federal, já que no passado o montante destinado a esse projeto foi devolvido por duas vezes em decorrência da falta de ajustamento entre o pleito e a realidade existente no Maranhão.

De acordo com o governador, os 16 municípios foram escolhidos a partir de propostas que foram apreciadas pelo Ministério, e visam, além da construção das cisternas, fomento para a implantação dos arranjos produtivos com o objetivo de alcançar a plena eficácia do projeto. “Esse programa não é isolado, ou seja, não é um ponto fora da curva, ele é a continuidade de uma série de ações que nós temos implementado visando a dinamizar a agricultura familiar para que ela possa de fato alcançar a estatura que nós desejamos e precisamos. Não apenas por aspectos sociais, mas também por aspectos econômicos”, realçou.

Flávio Dino reiterou que os programas de apoio à agricultura familiar existentes hoje, no Maranhão, são essenciais para a construção de um estado justo e de economia forte. “As vezes quando se fala em agricultura familiar se fala apenas em dimensão social. Além disso, da inclusão, da distribuição de renda, da justiça social, nós estamos falando em uma atividade econômica que é rigorosamente fundamental para o Maranhão, para a produção de alimentos, para as cidades, e também para que haja um mercado de consumo de massas no nosso estado”, explicou.

Para o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, o Programa Segunda Água vai ajudar as famílias a continuarem produzindo mesmo durante o período de estiagem. “De vários estados do Brasil, o Maranhão não tinha uma captação de água para a produção. E a partir de então nós começamos a adotar esse modelo que chama telhadão. Como vai funcionar? Eles farão a implementação da cisterna e a construção do lado de um telhado para captação da água para a cisterna, de 25 mil litros, a partir disso serão levados até a família daquele agricultor para implementação de um projeto produtivo”, relatou.

O secretário frisou que, além da construção das cisternas, as famílias beneficiadas receberão capacitação de acordo com a identidade produtiva. “Além disso, a mão de obra para execução também é do agricultor. Além de beneficiar na captação de água, a gente também vai dar um incentivo financeiro para as famílias beneficiadas. Elas terão um complemento de renda. Lógico que isso revertido em ação. É para a utilização de um arranjo produtivo”, reiterou.

Dos 16 municípios que serão beneficiados com o Programa Cisternas – Segunda Água, oito estão inseridos no Plano de Ações ‘Mais IDH’, que já contam com atividades permanentes atinentes a agricultura familiar. Serão beneficiados: Jenipapo dos Vieiras, Itaipava do Grajaú, Marajá do Sena, Belágua, Santana do Maranhão, São Benedito do Rio Preto, Humberto de Campos, Primeira Cruz, Santo Amaro do Maranhão, Paulino Neves, Amarante do Maranhão, Arame, Buriticupu, Nina Rodrigues ,Presidente Vargas e Cachoeira Grande. 

Geração de renda e justiça social

Além da inclusão social, a construção das cisternas visa também a inserção econômica das famílias de agricultores do Maranhão. De acordo com o governador, as cadeias produtivas estão inseridas no conjunto da economia do estado, já que possibilitam mais renda e participação mais efetiva dos frutos do progresso. “Ou seja, poderem consumir produtos e serviços no mercado para todos. E não em um mercado excludente, concentrador, como infelizmente nós temos até hoje em grande medida no Brasil, e, sobretudo, em um estado como o Maranhão”, sublinhou.

O governador explicou que o Governo tem investido na organização das cadeias produtivas, programas de fomento, distribuição de sementes, feiras de agricultura familiar, feiras de tecnologia para agricultura familiar, entre outras atividades. “De modo que nós temos um conjunto de ações em curso que sinergicamente tenho certeza que resultarão no maior dinamismo dessa importante atividade para o nosso Estado”, completou Flávio Dino.


Caravana do ‘Dia D – Mais IDH’ reacende esperança em Conceição do Lago Açu




Parece um sonho. Só quem tem a oportunidade de poder comprar o material escolar do filho, depois de tantos anos tendo que sofrer calada com as cobranças e reclamações dele por não ter como estudar, sabe do que estou falando”, disse Doriana Pereira, mãe de 6 filhos, moradora do município de Conceição do Lago Açu durante o Dia D – Mais IDH, no último sábado (20), ao ser informada do reajuste de 12,5% do programa Bolsa Escola – Mais Bolsa Família a partir de 2017.

Segundo Doriana, é muito bom ver nossos filhos estudando de forma digna, com o material escolar completo, tendo onde escrever e como escrever. “E agora eu estou sem palavras pra falar da minha felicidade ao saber que ano que vem esse benefício será aumentado”, completou.

Com o objetivo de realizar um dia de mobilização com prestação de serviços, fiscalização de obras e divulgação de ações em cada município que compõe o Plano Mais IDH, serviços de informações sobre os programas Bolsa Família, Bolsa Escola – Mais Bolsa Família e Brasil Alfabetizado, foram oferecidos pelo Governo do Estado ao município de Conceição do Lago Açu durante o Dia D – Mais IDH. Além dessas ações, também foram realizadas atividades básicas de saúde como consultas médicas e testes rápidos de DST’s, emissão de DAP e mostra de agricultura familiar.

Por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), o governo assinou três ordens de serviços de Sistema Simplificado de Abastecimento de Água (SSAA) que beneficiará os povoados Santa Cruz, Olho Dágua da Lapela e Terra de Areia. Representando o governador Flávio Dino, o subsecretário de Desenvolvimento Social, Francisco Oliveira Junior, destacou a importância das obras para a população.

Hoje assinamos ordens de serviços e entregamos o poço que já está com a perfuração concluída, para que a população de Conceição do Lago Açu possa ter o mínimo de dignidade no seu dia a dia, que é ter água encanada e tratada em casa. Além disso, em breve a cidade receberá uma cozinha comunitária que disponibilizará refeições diárias a R$ 2 e cursos de capacitação. Estamos caminhando para realizar o sonho de transformar a realidade social dos municípios maranhenses que tem os piores índices de desenvolvimento do estado.” Disse Francisco Junior.

A dona de casa, Lizanira Soares, se preparou e aproveitou todas as ações ofertadas no Dia D. “Desde que soube que teria o Dia D aqui em Conceição do Lago Açu, eu me programei e me organizei para que eu, meu marido e meus filhos pudéssemos participar de todos os serviços que seriam oferecidos. É uma benção termos tantos benefícios em um dia só. O nosso governador Flávio Dino está de parabéns.” Agradeceu a dona de casa.

A Sedes disponibilizou stand com informações sobre os programas Bolsa Família e Bolsa Escola – Mais Bolsa Família, idealizado pelo governador Flávio Dino, que tem o objetivo de garantir às crianças e adolescentes de 4 à 17 anos, melhores condições para frequentar a escola. Anualmente, as famílias recebem o recurso no mês de janeiro para a compra do material escolar. Em 2017, o valor do benefício será de R$ 51,75.

Deusimar Serra arrasta multidão em Paulo Ramos




A cidade de Paulo Ramos proporcionou neste domingo (21) uma das maiores mobilizações políticas da atual campanha na região, em demonstração de apoio à coligação ´´Unidos com o Povo para o Bem de Todos``.Sob o comando do candidato a prefeito Deusimar Serra (PCdoB), e do candidato a vice-prefeito, Francimar Oliveira (PSDB), uma multidão seguiu em arrastão (caminhada) até o local do comício.

No comício, Deusimar Serra destacou algumas das prioridades que ele tem a oferecer aos pauloramenses, a partir de janeiro de 2017.

O palanque de Deusimar Serra foi reforçado com a presença de Márcio Jerry. Em seu discurso, Márcio Jerry voltou a ratificar o apoio do governador Flávio Dino a Deusimar, para que Paulo Ramos trilhe o caminho do desenvolvimento.






domingo, 21 de agosto de 2016

Gil e Glalbert Cutrim participam de ato em apoio à reeleição de Beto Pixuta




O prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim, e o deputado estadual Glalbert Cutrim, ambos do PDT, participaram, neste último sábado (20), de um grande ato em apoio à reeleição do prefeito de Matinha, Beto Pixuta (PDT).
A caminhada, seguida da inauguração do comitê da coligação “Unidos Por Matinha”, reuniu milhares de pessoas, que também confirmaram o desejo em ter Beto novamente no comando do município a partir de 2017.
Beto Pixuta vem realizando um grande trabalho. Já executou centenas de importantes obras em todos os setores. Levou mais saúde, educação e infraestrutura para os povoados mais distantes da região da sede da cidade. É por isso e muito mais que o povo matinhense quer que Beto continue no comando da prefeitura”, afirmou Gil Cutrim.
Glalbert também destacou o trabalho do prefeito e candidato à reeleição. De acordo com o deputado, mesmo diante das dificuldades financeiras pelas quais passam os municípios, Beto conseguiu vencer as adversidades; trabalhou e continua trabalhando por Matinha e sua população.
Foram 80 quilômetros de estradas abertas e que deram acesso aos povoados mais distantes; sistemas de abastecimento d´água; construção de novas Escolas Municipais; implantação de quadras poliesportivas; ampliação do sistema de saúde. E ainda estão em andamento várias outras obras. Beto tem trabalho e é por isso que conta com o apoio da classe política e do povo”, disse o parlamentar.
Representando Flávio Dino (PC do B) no evento, Júlio Guterres, assessor especial do governo do estado, foi categórico ao confirmar que o governador apoia à reeleição de Beto Pixuta.
Além do proveitoso trabalho executado, o prefeito Beto é do PDT, partido aliado do governador. O Flávio reconhece essa conjuntura e o seu desejo é de que Beto seja reeleito para continuar governando Matinha”, disse.
Pixuta agradeceu o apoio da população; da classe política; do governador; e, em especial, de Gil e Glalbert.
São dois jovens políticos que têm sangue de baixadeiro nas veias. O Gil governa bem a terceira maior cidade do Maranhão e é um gestor comprometido com o fortalecimento do municipalismo. Glalbert é um parlamentar que se destaca, justamente, por estar sempre nas cidades e trabalhando por elas. Me sinto honrado em contar com o apoio e amizade de Gil e Glalbert Cutrim”, destacou.

Lago da Pedra: multidão marca presença na primeira Palestra da Mudança



Candidato a vice-prefeito, Pablo Sales, e o candidato a prefeito Mauro Jorge
Uma multidão compareceu, na noite deste sábado (20), no bairro Vieira Neto, na primeira Palestra da Mudança, da coligação ´´A Mudança Quem Faz é o Povo``. Foi com alegria e entusiasmo que os presentes receberam o candidato a prefeito pelo PCdoB, Mauro Jorge, o candidato a vice-prefeito, Pablo Sales (PDT) e candidatos a vereador e vereadora. A cada dia a adesão espontânea dos moradores tem sido um diferencial na campanha do candidato Mauro Jorge.

Os candidatos a vereadores discursaram e pediram o voto para o candidato a prefeito, todos acreditando no projeto e nas ideias que Mauro Jorge tem para desenvolver a cidade.

Ao discursar, Mauro Jorge agradeceu o apoio de todos os candidatos da coligação, das lideranças, da população e do governador Flávio Dino que estava representado pelo secretário de Articulação Política e Comunicação Social, Márcio Jerry. “Mais uma vez quero agradecer a todos por esse momento brilhante. Cada dia que passa a aceitação do nosso projeto só cresce  e devemos isso a vocês”, completou o candidato.

Caminhando pelo bairro, percebi que a esperança dos moradores está morrendo. Comungo com cada um o desejo de mudança, mudança nas atitudes, no jeito de governar, uma mudança que todos queremos, com Saúde e Educação de qualidade``,destacou Mauro Jorge.

O candidato a vice-prefeito, Pablo Sales, falou da trajetória política do seu companheiro e da importância de eleger Mauro Jorge, e pediu ainda o apoio aos vereadores, afim de que, Mauro sendo eleito, possa governar com a ajuda dos parlamentares da Câmara Municipal de Lago da Pedra.

O secretário Márcio Jerry, embasado em pesquisas e na manifestação popular, disse que a aceitação por Mauro Jorge só cresce. Jerry também agradeceu pelo apoio da população ao projeto de mudança e disse que o governador pretende manter um trabalho sério em favor dos lagopedrenses, em parceria com a prefeitura, com Mauro Jorge prefeito. Márcio Jerry ainda destacou que o governador Flávio Dino estará presente no comício. “Mauro Jorge não poderia começar melhor essa campanha, o que seria uma reunião, se tornou um comício, com vocês acreditando nesse projeto de mudança que é o melhor para Lago da Pedra.O governador estará aqui, pedindo votos para Mauro Jorge, no comício”, enfatizou.

Além de várias lideranças políticas, quem também esteve no palanque de Mauro Jorge foi o articulador político do PCdoB, Mávio Rocha.







sábado, 20 de agosto de 2016

Governador Flávio Dino inaugura Hospital Macrorregional de Imperatriz para ampliar assistência em saúde da região




O novo Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto foi inaugurado pelo governador Flávio Dino e pelo secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, nesta sexta-feira (19). Com investimento de R$ 37.276.455,95, o Governo entregou a unidade que disponibilizará tratamento qualificado e especializado, com atendimento oncológico adulto, para uma população de 1.268.550 pessoas.
Nós estamos investindo R$ 5 milhões/mês para garantir os serviços de alta complexidade, cirurgias, ajudando todos os municípios da região no atendimento de casos mais graves, casos de cirurgia e casos também de clínica, além da vocação que nós teremos aqui também para o tratamento do câncer”, disse o governador Flávio Dino ao falar dos investimentos do Governo para assegurar a inauguração desta unidade de saúde em Imperatriz.
O governador Flávio Dino explica, ainda, que o Hospital Macrorregional de Imperatriz consiste em apenas uma parte do investimento em Saúde para a região. “Ele complementa a rede já existente do Governo do Estado na região, e, também, claro, as redes municipais. Dá, com isso, um enorme salto porque com ele nós chegaremos a R$ 10 milhões de investimentos/mês na cidade de Imperatriz, R$ 120 milhões/ano sem contar com os investimentos feitos na saúde de outras cidades da região, que também são ajudadas”, destacou.
O funcionamento do hospital será na modalidade conhecida como ‘porta fechada’. A unidade recebe os pacientes enviados por meio da Central de Regulação. O hospital é referência regional para o atendimento oncológico, de média e alta complexidade, com prestação de serviços para região de Imperatriz e regiões circunvizinhas.
A Central de Regulação do Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto é responsável pelo recebimento, avaliação e controle dos pedidos de internação nas áreas de clínicas médica, cirúrgica, oncológica e clínica cirúrgica oncológica, assim como Terapia Intensiva Adulto, por meio de leitos regulados e referenciados. 
Para o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, a chegada do novo hospital em Imperatriz reduzirá a demanda oncológica na Região Tocantina, proporcionando tratamentos dignos à população maranhense. “O Governo do Maranhão trabalha para que tanto a assistência primária, quanto serviços de média e alta complexidade estejam disponíveis e qualificados ao alcance de todos. Com a vinda do Macrorregional de Imperatriz, a saúde pública do Maranhão caminha para reduzir disparidades históricas e oferecer mais agilidade e diversidade no atendimento da região”, explicou Carlos Lula.
Leitos
A unidade possui três tipos de atendimentos, dentre eles serviços especializados, Serviço de Apoio Diagnóstico e Tratamento (SADT) e atendimento ambulatorial. São 116 leitos de internação, distribuídos nas especialidades clínica médica (26), cirúrgica (26), oncológica (26) e clínica cirúrgica oncológica (26), e mais 12 de UTI Adulto.
O complexo hospitalar, a partir das quatro especialidades, tem capacidade instalada mensal para 3.120 internações e 360 na UTI, totalizando 3.480 internações. Para o custeio da unidade para ações de média e alta complexidade, o repasse mensal do Governo do Estado será de R$ 3.706.406.
O serviço especializado do Hospital oferece, também, urgência e emergência oncológica adulto, atendimento regulado em clínica médica, cirurgia geral, cirurgia oncológica, terapia intensiva adulto, fisioterapia, fonoaudiologia, serviço social, psicologia, farmácia clínica, serviço de nutrição e dietética.
O Macrorregional possuirá ainda o Serviço de Apoio Diagnóstico e Tratamento (SADT), com análises clínicas, exames de radiologia, ultrassonografia, agência transfusional, ecocardiograma, tomografia, quimioterapia, mamografia, eletrocardiografia, colonoscopia, endoscopia digestiva, diálise (paciente interno), biópsia de próstata, anatomia patológica, biopsia de mana, imunohistoquimia e pet scan.
Para o atendimento ambulatorial, o hospital dispõe de cardiologia, dermatologia, endocrinologia, ginecologia, mastologia, hematologia, médico da dor, oncologia, ortopedia oncológica, proctologia, urologia, gastroenterologia, psicologia, e cirurgia plástica.
Estrutura
O novo Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, instalado na Avenida Pedro Neiva de Santana, bairro Camaçari, ocupa uma área construída de 5.501,05m². A unidade conta com uma área para expansão de 2.01736 m². O investimento estrutural na construção da unidade foi de R$ 22.776.455,95.
A estrutura apresenta 50 apartamentos tipo enfermarias com 100 leitos, incluindo os isolamentos, sala de raio X, tomografia, laboratório, eletrocardiograma, endoscopia, ultrassonografia, mamografia, Central de Esterilização de Material, quatro salas cirúrgicas, recuperação pós anestésica, 12 leitos de UTI incluindo isolamentos, auditório, farmácia satélite, refeitório, cozinha, lavanderia e etc.
Homenageada
O Governo do Estado rende homenagem à trajetória da médica Ruth Noleto. Com isso, a unidade de saúde recebe o nome da profissional de saúde, que foi a segunda médica a atuar em Imperatriz.
Ruth Noleto nasceu em 27 de abril de 1931, em Januária – Minas Gerais. Ela foi a primeira médica do Vale do São Francisco. Proprietária do Hospital São Raimundo, Ruth Noleto trabalhou como clínica geral entre os anos de 1965 e 1990, quando faleceu em Belém, aos 58 anos.
A médica formou-se no Rio de Janeiro e mudou-se para Carolina, no Maranhão, onde trabalhou por cinco anos. Em Imperatriz, além de medicina Ruth Noleto atuou em diversas áreas. Foi professora e se dedicava a ajudar onde fosse necessário. Ao aposentar-se, a médica continuou exercendo sua profissão, realizando trabalhos sociais e atendendo pessoas carentes em Vila Nova, Imperatriz.
Zilah Noleto, filha de Ruth Noleto, agradeceu a homenagem à sua mãe. “Agradeço a indicação do nome da minha mãe, que foi uma médica pioneira aqui na região, que nunca mediu esforços para auxiliar as pessoas, não somente na área da medicina, mas em tudo quanto podia”.
Imperatriz
A Secretaria de Estado da Saúde  (SES) vem investindo na melhoria da saúde da população de Imperatriz. Entregue no mês de julho, a Casa da Gestante, Bebê e Puérpera Dra. Eimar de Andrade Melo, anexo do Hospital Regional Materno Infantil (HRMI), foi toda estruturada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) e funciona a 200 metros da maternidade.  O prédio reformado, com investimento de aproximadamente R$ 700 mil, pertence ao Estado. O local conta com 20 leitos credenciados pelo Ministério da Saúde, além de copa, sala de administração, estacionamento, recepção, auditório e área de vivência.
Já a UPA São José, em Imperatriz, dispõe de equipamentos custeados pelo Governo do Estado. A unidade recebe aporte de R$ 400 mil. Cerca de 80 mil pessoas que moram na região são beneficiadas com o investimento. A UPA possui 50 leitos e tem capacidade para atender cerca de 100 pacientes por dia.


Candidato a prefeito de Lago da Pedra, Mauro Jorge (PCdoB) vai à feira




Na manhã deste sábado (20) o candidato a prefeito de Lago da Pedra, Mauro Jorge (PCdoB), saiu em caminhada pela feira ,Mercado Central ,praça e adjacências. Ao lado de seu vice, Pablo Sales (PDT), Mauro Jorge saiu em comitiva formada por militantes e candidatos a vereador. 

A gente se sente feliz com o apoio que recebemos, uma forma de contribuição para fortalecer o nosso projeto de um Lago da Pedra melhor``, destacou Mauro Jorge.

Mauro Jorge, em suas propostas de governo, destaca benefícios para a feira e Mercado  Central:
61.  Revitalizar e modernizar o Mercado Municipal.

62.   Reestruturar a feira livre.







sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Governo divulga lista de classificados na segundo etapa do programa ‘Cidadão do Mundo’




A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) divulgou a lista com os nomes dos classificados e dos candidatos excedentes para o Curso de Imersão em Línguas, do Programa Cidadão do Mundo. A lista pode ser consultada na página da secretaria (www.secti.ma.gov.br). Nesta etapa foram classificados 216 candidatos e 14 excedentes. O Cidadão do Mundo é um programa do governo do Estado voltado para jovens entre 18 e 24 anos que terão a oportunidade de passar três meses em outros países aprendendo o idioma local e fortalecendo os vínculos culturais com todas as despesas pagas pelo governo.
O Cidadão do Mundo é um programa bem-sucedido que está em sua segunda edição. O objetivo fundamental desta ação do governo, coordenada pela Secti, é democratizar o acesso e a oportunidade de intercâmbio internacional aos estudantes que são egressos da escola pública. Neste sentido, ele é um marco por ser o primeiro programa de intercâmbio internacional do Governo do Estado para os estudantes maranhenses”, observou o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada.
Nos próximos dias, a secretaria estará enviando aos candidatos classificados e-mail com informações sobre o horário e o local de realização do teste de nivelamento para o curso de imersão, segundo informou a coordenadora do programa, Fabiana Moura.
Ao final do processo serão selecionados 70 jovens, com idade mínima de 18 anos e máxima de 24 anos - alunos egressos do ensino médio da rede pública de ensino ou de instituições de ensino vinculadas a entidades paraestatais ou a fundação sem fins lucrativos - para participar de cursos de idioma estrangeiro. São 30 vagas para inglês, 30 para espanhol e 10 vagas para francês.
Serão classificados aqueles que alcançarem os melhores resultados no teste final do Curso de Imersão em Línguas Estrangeiras. A nota mínima a ser atingida é 7,0.