Envie informações,denúncias para:vauney-10@hotmail.com ,(99) 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976,sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.


sábado, 30 de abril de 2016

Diálogos por Lago da Pedra,no bairro Vieira Neto: relatos de um Bairro que quer mudança





Nesta sexta-feira (29),com a presença de centenas de pessoas, aconteceu mais uma edição do Diálogos por Lago da Pedra.O movimento esteve ouvindo moradores do Bairro Vieira Neto,em Lago da Pedra,um dos bairros que sofrem com a falta de políticas públicas.Moradores convivem com uma realidade vergonhosa.

O movimento Diálogos por Lago da Pedra, liderado pelo presidente do Diretório Municipal do PCdoB,Mauro Jorge, tem produzido resultados interessantes do ponto de vista da discussão da realidade de Lago da Pedra e da possibilidades de mudança dessa realidade.

Muitos temas que inexistem na agenda pública de políticos e dos meios de comunicação, vem à tona a partir das conversas empreendidas com a população que se sente abandonada.

Mauro Jorge ouviu dos comunitários diversos depoimentos igualmente dramáticos.Os principais temas abordados foram: geração de emprego,saúde,segurança,asfalto,merenda escolar e segurança.

São diversas ações que devem ser feitas,principalmente,para atender a população de baixa renda do município.O bairro Vieira Neto parece ser invisível para quem tá no poder,é uma realidade conhecida por todos,e que precisa mudar.

Fica difícil de apontar o que está ruim,falta melhorar praticamente tudo,disse Dona Selma.

´´Levei minha filha no Hospital Serra de Castro,8 horas da manhã,fui sair 5 horas da tarde,sem comer mais minha filha,o ortopedista olhou ela e disse que não tinha acontecido nada com a minha filha.E a perna dela tá trincada,o movimento não tem``,disse Dona Elizabete,relatando descasco na Saúde.

-Isso é uma prova,é a falta de gestão,é a falta de responsabilidade com a coisa pública,não podemos admitir tamanho descaso,existem recursos,é preciso ter postos de Saúde equipados,com equipes do PSF,para evitar que o paciente passe horas no hospital.Além disso,é preciso um hospital equipado e com profissionais especializados,destacou Mauro Jorge.

A criança,Adriele,de 11 anos,relatou a falta de merenda escolar na escola e segurança na escola em que estuda.

-A educação tem que ser tratada de maneira especial,a educação infantil tem um diferencial em relação a outros níveis.Sabemos que muitas vezes a criança sai de casa sem ter merendado,vai para o colégio na esperança de ter um lanche para se alimentar.Isso é uma responsabilidade,dinheiro tem para o lanche escolar,não pode faltar a merenda escola,falou Mauro Jorge.

Mauro Jorge







sexta-feira, 29 de abril de 2016

Governador Flávio Dino visita Agritec da Região dos Cocais,assina Lei,e entrega títulos de terra,ao lado do presidente do Iterma



O governador Flávio Dino,esteve,na manhã desta sexta-feira(29),visitando a Agritec da Região dos Cocais,que acontece em Codó.Ao lado do presidente do Iterma,Mauro Jorge,o governador fez entrega de títulos para agricultores familiares do povoado Riacho Seco,1.517 hectares,beneficiando 32 famílias .

Ainda na solenidade,o governador assinou a Lei de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER),e reiterou seu compromisso com a Agricultura Familiar do Estado.´´Nós vamos entregar,por meio do Sistema de Agricultura Familiar que nós estamos reconstruindo,com ajudo dos Movimentos Sociais,uma produção forte do nosso Estado``,destacou o governador.

Flávio Dino anunciou,ainda,uma unidade do ´´Viva Cidadão`` e 10 km de asfalto para Codó.

Com o título da terra, o agricultora familiar vai poder conseguir um crédito maior do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e assim receber a assistência técnica para desenvolver um projeto produtivo para garantir renda para a família”,destacou o presidente do Iterma,Mauro Jorge.

Participaram do ato,além do governador Flávio Dino,o secretário da Agricultura Familiar,Adelmo Soares,o presidente do Iterma,Mauro Jorge,presidente da Agerp,Júlio Medonça,o prefeito de Codó,Zito Rolim,vereadores,representantes de associações e movimento sociais,e agricultores familiares de Codó e região.












Polícia está à procura de bandidos que assaltaram a agência do BB de São Luís Gonzaga



Bandidos assaltaram a agência do Banco do Brasil na madrugada desta sexta-feira (29) no município de São Luís Gonzaga do Maranhão, situado a 209 km de São Luís.

Segundo informações da polícia, os bandidos desligaram o alarme e o sistema de videomonitoramento. Logo após os criminosos, que ainda não foram identificados, cortaram o cofre com a ajuda de um maçarico e levaram toda a quantia que estava no banco. Eles fugiram sem deixar pistas.

A polícia da região já foi acionada e já está à procura dos criminosos. A gerência do banco ainda não informou qual foi o valor roubado no local.

Do G1

Seduc realiza apuração das eleições para Colegiado Escolar nas instituições do Maranhão



A coordenação das eleições para os cargos do Colegiado Escolar, biênio de 2016/2018, da Rede de Ensino Público do Maranhão, está realizando a apuração do pleito, ocorrido na terça-feira (26). O prazo para que as Unidades Regionais de Ensino (UREs) encaminhem os relatórios para a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) com os nomes dos eleitos encerra nesta sexta-feira (29). No entanto, as unidades escolares que não realizaram as votações devem ter um novo prazo para a realização do processo, no qual será indicado nos próximos dias pela Secretaria.

Após a computação de todos os votos e do procedimento da leitura dos relatórios por parte dos profissionais da Seduc, em uma data agendada, será realizada a posse de todos os membros do colegiado.
 
Já as eleições movimentaram cerca de 200 mil eleitores, entre estudantes, professores, servidores escolares e pais de alunos. O processo foi acompanhado pela equipe de gestores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), nas 19 Unidades Regionais de Educação. “O colegiado fortalece as ações democráticas no ambiente escolar e integra a política educacional do governador Flávio Dino, iniciada em 2015 com a eleição direta para gestor escolar. Conta com a representação de pais, servidores da escola, alunos e professores na tomada de decisões e isso impacta na melhoria do ensino e prepara nossos alunos para o exercício da cidadania”, ressaltou a secretária adjunta de gestão das regionais, Rosyjane Paula, representando o secretário de Educação, Felipe Camarão.

O Colegiado Escolar é um órgão constituído por representantes dos diversos segmentos da comunidade escolar – pais, estudantes, professores e demais servidores, objetivando a participação nas decisões da escola, no âmbito administrativo, político-pedagógico e financeiro. Emite opiniões, toma decisões, elabora diagnóstico, fiscaliza, apoia, promove e estimula a comunidade escolar em busca da melhoria da qualidade do ensino. Além disso, decide e/ou opina sobre aspectos da vida pedagógica, administrativa e financeira das escolas; delibera sobre as questões da escola, propondo alternativas e procedimentos para a melhoria da qualidade do trabalho escolar, respeitando a legislação em vigor; acompanha e avalia os resultados pedagógicos, administrativos e financeiros da escola.

Empolgados com a ideia de contribuir com as decisões que refletiram diretamente nas escolas, os alunos afinaram os discursos para conquistar os votos dos colegas.  “A gente precisa realmente de um representante que saiba da necessidade da escola e eu quero fazer isso no colegiado. Aceitei o desafio de falar pelos alunos”, revelou Edson Lucas, estudante do 2º ano do Centro de Ensino Jornalista João Lisboa (Cejol), em São Luís, candidato pelo segmento alunos. Ao todo serão escolhidos 8.676 membros para o Colegiado.

Para Luzinete Souza Lobato, supervisora escolar do Colégio Militar Tiradentes I, os candidatos eleitos terão o papel fundamental na fiscalização dos recursos da escola. “Eles [candidatos ao colegiado] terão a função de auxiliar os gestores na aplicação dos recursos para o desenvolvimento da escola”, ressaltou.

No Colégio Liceu Maranhense, uma das escolas tradicionais do Maranhão, o diretor geral, Deurivan Sampaio, fez uma análise do processo e ressaltou a importância da comunidade escolar se integrar na escolha de seus representantes. “É importante essa conscientização dos pais, alunos, professores e funcionários de estarem participando da gestão, dando mais transparência, além de fazer com que o processo seja mais participativo, garantindo a democracia na escola”, comentou.

Na unidade de ensino, são nove alunos disputando duas vagas, nove pais concorrendo a duas vagas, dois professores as duas vagas e dois funcionários a duas vagas, todos respectivamente dentro do seu segmento, além da vaga do gestor do colegiado, somando um total de nove vagas sendo disputadas.  “Após o término da eleição, forma-se o colegiado com os candidatos que ganharam, e estes têm poder deliberativo e consultivo, realizando ainda reuniões mensais para debater sobre a questão pedagógica e administrativa da escola. As decisões passam pelo colegiado sempre”, disse.

O professor de matemática Wuimair da Gama Rocha, há mais de 30 anos de profissão, sendo 15 destes dedicado a rede estadual de ensino, especificamente ao Liceu Maranhense, é um dos candidatos dentro do segmento dos professores.  “Essa é uma boa oportunidade para que possamos alinhar os nossos discursos e debater melhorias para a classe dos professores e consequentemente a situação do alunado. Precisamos unir forças e focar nos nossos objetivos”, ressaltou.

Concorrendo aos cargos no segmento de alunos, os estudantes Abraão Elias de Aguiar, 15, cursando o 1 º ano no Liceu, e Pâmela Melo, 17, aluna do 3º ano, tem em comum o desejo de participar das decisões que guiarão o futuro da escola e dos seus componentes. “Mostrar mais a nossa perspectiva na escola e também contar com a participação dos alunos de uma forma mais intensa, melhorando a relação de todos”, relatou Abraão.

Segundo Pâmela, além de concordar com a linha do discurso do colega de escola, Abraão, ela acrescenta que com a possível entrada dela no colegiado escolar, estreitará a relação de proximidade da escola com a Seduc, no intuito de instalar projetos inovadores na unidade de ensino.

Antes da eleição cada unidade escolar promoveu atividades de mobilização com realização de assembleias gerais, depois a homologação das candidaturas e, por último a campanha eleitoral.

Cada escola pode eleger de quarto a 16 membros representando os segmentos da comunidade escolar e seus respectivos suplentes. O presidente do colegiado será eleito entre os membros eleitos.


quinta-feira, 28 de abril de 2016

Governo do Estado dá início a Agritec na Região dos Cocais



Teve início na manhã desta quinta-feira (28),a primeira Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) de 2016,em Codó,na Região dos Cocais.O evento que vai até sábado,dia 30,está acontecendo no Parque de Exposição Walter Zaidan.

A Agritec é realizada pelo Governo do Estado,através da  Sistema SAF (composto pela Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e o Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), em parceria com a Embrapa, Sebrae, Prefeitura Municipal de Codó,Movimentos Sociais como Aconeruq, Fetaema, Fetraf-MA, MIQCB e MST).

Durante três dias os agricultores familiares participam de cursos,palestras,e também estão expondo produtos artesanais e alimentos para comercialização.É uma série de atividades para garantir o desenvolvimento social da região, melhoria na produção e geração de renda para a população local.

Entre os produtos comercializados estão artesanato,animais, verduras,mel, legumes, hortaliças, frutas e doces.

O evento reuni,ainda,instituições financeiras que garantem incetivos financeiros aos  agricultores.

Na abertura da Feira,vários benefícios foram anunciados para o fortalecimento da Agricultura Familiar.O Governo Federal,em parceira com o Governo do Estado,anunciou investimentos na área rural.O Ministério do Meio Ambiente anunciou R$ 9,6 milhões para o Projeto Água Doce,para aquisição de dessalinizadores e ampliação de sistemas de abastecimentos de água,beneficiando 11.500 famílias rurais.

Segundo a representante do Ministério do Meio Ambiente,Solange Amarilis,está,com a assinatura do convênio, sendo concretizado um anseio da população do Maranhão.

O Ministério de Integração anunciou o empenho de R$ 5 milhões para sistema simplificado de abastecimento de água.´´Vários estados já foram beneficiados,agora chegou a vez de beneficiar o Maranhão``,disse o secretário do Ministério, Glauco Mendes.

.O Governo Federal anunciou,ainda,por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário, a liberação de recursos na ordem de R$2,5 milhões,foi a primeira parcela de um convênio estipulado em R$ 9 milhões,e R$ 500 mil para aquisição de  2 unidas móveis do Iterma.´´ Isso só é possível por que tudo que foi feito anteriormente pelo Governo do Maranhão,no governo Flávio Dino,resultou em resultados positivos``,destacou o secretário do Ministério do Desenvolvimento Agrário,Ademar Lopes.

´´Aqui,hoje,através de assinaturas de contratos com bancos,e recursos anunciados pelos Ministérios,mostra o compromisso do governo Dilma com o Estado do Maranhão``,disse o secretário de Agricultura Familiar,Adelmo Soares.

´´O governo Flávio Dino tem feito muito pelo povo do Maranhão,pelos agricultores familiares,e pelo município de Codó.E,diante das suas possibilidades,das suas limitações,tem também buscado fazer com que os agricultores familiares se sintam valorizados``,falou o prefeito de Codó,Zito Rolim.

Para o presidente do Iterma,Mauro Jorge, a Agritec oferece tanto a possibilidade dos agricultores familiares adquirirem conhecimentos,como,também,é uma oportunidade de apresentarem e comercializarem seus produtos.´´A Feira tem o objetivo de fomentar negócios e gerar benefícios para os agricultores familiares, por meio de promoção, divulgação e comercialização de seus produtos, troca de experiências entre os participantes, apresentação de novidades em técnicas e demais serviços que fazem parte da realidade do segmento``,enfatizou.

Participaram da abertura da Feira, o secretário de Agricultura Familiar,Adelmo Soares,o presidente do Iterma,Mauro Jorge,presidente da Agerp,Júlio Medonça,secretário do Ministério do Desenvolvimento Agrário,Ademar Lopes,representante do Ministério da Integração,Glauco Mendes,representante do Ministério do Meio Ambiente,Solange Amarilis,prefeito Zito Rolins,vereadores,representantes de instituições financeiras,Movimentos Sociais e produtores rurais.


Prefeito Zito Rolim,Adelmo Soares (SAF),e Mauro Jorge (Iterma)





quarta-feira, 27 de abril de 2016

Torcedores do Santa Cruz mostram insatisfação com a Globo durante jogo da final da Copa do Nordeste



Na noite desta quarta-feira (27) aconteceu o primeiro jogo da final da Copa do Nordeste,entre Santa Cruz e Campinense,no Estádio do Arruda,em Recife-PE.Durante o jogo,a torcida do Santa Cruz,que lotou o estádio,manifestou insatisfação com a Rede Globo,mostrando uma faixa com a palavra ´´Golpista``,a vogal ´´o`` estava representada pela logo marca da emissora.

Com o agravamento da crise política, a manipulação do império global se tornou ainda mais explícito e agressivo. Ela usou e usa todo seu aparato e seus jagunços de plantão para insuflar o impeachment de Dilma.Quem é contrário ao ´´golpe na democracia`` tá se manifestando como pode.

Ah!O jogo saiu empatado em 1x1.

Pai denuncia falta de formulário da Declaração de Nascido Vivo (DN) no Hospital Municipal de Lago da Pedra

Foto reprodução-(DN)
Pai diz que as filhas nasceram há 4 dias e ainda não puderam ser registradas por falta de formulário da Declaração de Nascido Vivo (DN),no Hospital Municipal Professor Serra de Castro.Segundo ele,que usou as redes sociais para relatar o caso,e chamar atenção da prefeita Maura Jorge,uma funcionária do hospital informou a falta do documento.

A Declaração de Nascido Vivo (DN) é documento necessário para a realização do registro de nascimento no cartório de Registro Civil.É também  documento de identidade provisória, aceita em todo o território nacional,e tem o objetivo de garantir o acesso da criança recém-nascida a políticas públicas.


Maranhão contabiliza 99 casos confirmados de microcefalia



Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde do Maranhão (SES),indicam que até esta segunda-feira (25),o total de casos notificados de microcefalia de 2015 a 2016 é de 242.

Destes, 42 casos de microcefalia foram descartados e 99 casos foram confirmados. Sob investigação estão 101 casos no Maranhão em 79 municípios.
Os municípios com casos confirmados são: Açailândia (2), Alcântara (1), Amarante do Maranhão (1), Anapurus (1), Apicum-Açu (2), Araioses (1), Axixá (1), Barra do Corda (2), Bom Lugar (1), Buritirana (1), Chapadinha (1), Coelho Neto (1), Colinas (1), Coroatá (1), Davinópolis (1), Dom Pedro (2), Fortaleza dos Nogueiras (1), Fortuna (1), Grajaú (2), Governador Edson Lobão (1), Governador Nunes Freire (1), Humberto de Campos (1), Imperatriz (7), João Lisboa (1), Lagoa Grande do Maranhão (1), Lajeado Novo (1), Lima Campos (1), Mata Roma (2), Miranda do Norte (1), Paço do Lumiar (4), Paraibano (1), Pindaré-Mirim (1), Pio XII (1), Porto Franco (2), Presidente Dutra (2), Presidente Vargas (1), Santo Antônio dos Lopes (1), São Benedito do Rio Preto (1), São Domingos do Azeitão (1), São José de Ribamar (2), São Luís (28), Senador La Roque (2), Timbiras (1), Timon (5), Trizidela do Vale (1), Urbano Santos (1) e Vargem Grande (3).
Ocorreram seis óbitos que estão em investigação: São José de Ribamar (1) em dezembro de 2015; Pedreiras (1) em fevereiro de 2016; São Luís (1), Tutóia (1) e Serrano do Maranhão (1) em março de 2016 e Imperatriz (1) em abril de 2016.

Ih,Fedeu!Ministério Público pede 29 anos de prisão para Roseana Sarney


O Ministério Público do Maranhão enviou para a Justiça (7ª Vara Criminal – juiz Fernando Luiz Mendes Cuz) acusação contra Roseana Sarney e Ricardo Murad, e outras 15 pessoas, dentre funcionários públicos e empreiteiros, por praticarem diversos crimes com a finalidade de enriquecimento às custas das verbas da saúde pública, bem como para financiar as campanhas eleitorais da ex-governadora e do ex-secretário nas eleições de 2010.
O promotor Lindonjonson Gonçalves de Sousa acusa a montagem de uma verdadeira associação criminosa para dilapidar recursos  públicos a partir do programa Saúde é Vida e a construção de 64 unidades hospitalares de baixa complexidade, de 20 leitos, em vários municípios do estado, que consumiu entre 2009 e 2010, cerca de R$ 151 milhões.
Ricardo Murad
Somados os crimes de fraude à licitação, dispensa ilegal de licitação, favorecimento em dispensa ilegal de licitação, admissão irregular de licitante, contratos superfaturados, peculato e associação criminosa, listados pelo Ministério Público, Roseana e Ricardo podem pegar até 29 anos de prisão.
Roseana seria uma espécie de sócia oculta do esquema montado pelo ex-secretário para desviar recursos das construções dos 64 hospitais. Segundo Lindonjonson Gonçalves de Souza,  o ex-secretário Murad e seus substitutos e sucessores reportavam-se diretamente a ex-governadora, ocasionando solidariedade entre os gestores, na mesma decisão administrativa, com atos diversos, mas finalidades, objetivos e benefícios comuns.
O MP ainda ressalta que as transações e transferências de recursos para empresas contratadas sem licitação, no montante de R$ 57 milhões, serviram para abastecer sua campanha eleitoral e seu partido, o PMDB, em 2010, na quantia de R$ 1.950.000,00, para ser exato.
Além disso, explica o Ministério Público na acusação enviada à Justiça, que “o Secretário de Saúde, sr. Ricardo Murad era seu colaborador, do mesmo modo que os demais servidores públicos eram auxiliares deste, tendo encabeçado, na condição do cargo que ocupava, os atos de divulgação das obras, inaugurações e ampla campanha publicitária pré-eleitoral, pondo os negócios dos hospitais em grande quantidade, como atos administrativos de seu governo, assim todos praticavam atos administrativos em seu nome”.
Aditivos superfaturados
O esquema revelado pelo MP envolvia as empresas Guterres Construções e Comércio Ltda., Lastro Engenharia Incorporações e Indústria Ltda., Geotec Construções e Projetos Ltda., Construtora Soares Leite Ltda., e JNS Canaã Construções e Paisagismo Ltda.
Todas foram beneficiadas pelas licitações consideradas fraudulentas pela promotoria de justiça. As obras contém o vício insanável de começarem sem o Projeto Básico, que só foi apresentado vários meses depois, com a contratação sem licitação da empresa Proenge Ltda., além de receberem aditivos despropositais, segundo o MP.
Lindonjonson Gonçalves de Sousa diz que é evidente o superfaturamento,  já que os aditivos serviram apenas para expandir artificialmente as despesas com as obras dos hospitais, pela forma como foi justificada e pela opção do valor linear para todos os contratos, e a formação de um valor aritimético de R$ 118.181,62 por leito hospitalar, que resulta da multiplicação de 20, número de leitos por hospital, por 64 a quantidade de hospitais do programa Saúde É Vida; tratando-se apenas de alvenaria e da edificação pronta, sem os equipamentos que efetivamente tornem funcionais os hospitais.
Conduta social  insensível e gananciosa
O promotor também observa que os projetos das 64 unidades hospitalares, além de outras obras relacionadas a unidades hospitalares de média e alta complexidade, durante o exercício do mandato e da gestão da ex-governadora e do ex-secretário, foram cercadas de intensa divulgação midiática, contrária ao interesse público de acesso à informação, transparência, economicidade e viabilidade econômica de manutenção de uma estrutura multiplicada de unidades hospiatalares.
” Muitas delas superpostas a outras já existentes, em funcionamento em vários municípios, como é público e notório, o caso dos municípios de Matões do Norte, Alto Alegre do Maranhão, e municípios da região de Coroatá, muitos deles já detentores de uma estrutura hospitalar municipal que tem as mesmas características de necessidade e suficiência para os procedimentos que o Sistema Único de Saúde financia para municípios pequenos, pela localização geográfica e pelo contingente populacional”, acusa Lindonjonson.
O Ministério Público pede que Roseana Sarney, Ricardo Murad  e os outros réus (veja a lista abaixo) sejam condenados, aplicando-se na dosimetria da pena, a culpabilidade exarcerbada, pelo manuseio de recursos escassos, com prejuízo à coletividade, revelando conduta social insensível e gananciosa.
O MP ainda solicita que eles também sejam condenados a reparar os danos decorrentes dos crimes praticados.
Veja os outros acusados pelo MP
Rosane Campos da Silva Melo e Gardênia Baluz Couto –  Concorreram para as ilicitudes por ocuparem ambas o cargo de presidente da CPL/SES/MA, e que subscreveram os editais da Concorrência 001/2009, origem de toda a sangria das verbas públicas.
Sérgio Sena de Carvalho –  Gestor do Fundo Estadual de Saúde, coordenador de despesas da SES, autorizou o pagamento da quitação das despesas empenhadas na execução dos contratos sob suspeitas.
José Márcio Leite – Secretário adjunto de Saúde, praticou vários atos administrativos em relação à execução dos contratos, tanto antes, quanto após assumir definitivamente do cargo de secretário,  depois que Ricardo Murad se afastou para disputar as eleições de 2010.
Antônio Galberto Barbosa Belo –  Secretário Adjunto de Saneamento da SES durante todos os atos praticados na execução dos contratos dos hospitais de 20 leitos, apresentando as justificativas para os aditivos ilegais.
Fernando Neves Costa e Silva –  Secretário Adjunto de Administração e Finanças da SES, subscreveu o edital Ratificação de Dispensa de Licitação, que autorizou, sem o certame licitatório, a contratação das empresas Lastro Engenharia, no valor de R$ 21 milhões; Dimensão Engenharia, no valor de R$ 16 milhões; e JNS Canaã, no valor de R$ 19 milhões.
Osório Guterres de Abreu – Sócio representante da empresa Guterres Construções e Comércio Ltda., escolhida ilegalmente para o lote 01, na licitação 001/2009, bem como contemplada com aditivos superfaturados.
Osvaldino Martins de Pinho – Proprietário da empresa Lastro Engenharia, contemplada com o lote 02, com dispensa de licitação e mais os aditivos, tendo sido doadora da campanha eleitoral de Roseana e Ricardo Murad, enquanto realizava as obras.
Antônio José Oliveira Neto – Sócio representante legal da empresa Geotec Construções e Projetos Ltda., aquinhoada ilegalmente com o lote 03 da Concorrência 001/2009 e mais os aditivos superfaturados.
José Orlando Soares Leite Filho – Sócio da empresa Soares Leite Ltda., que recebeu as obras do lote 06 da Concorrência 001/2009 e aditivos superfaturados.
Antônio Barbosa Alencar – Sócio representante legal da empresa Dimensão Engenharia e Construção Ltda., destinatária do lote 04, com dispensa de licitação, além dos aditivos superfaturados.
Mirella Palácio de Alencar – Sócia da empresa Dimensão Engenharia, que arrematou o lote 04 da Concorrência 001/2009, sem licitação.
Jefferson Nepomuceno da Silva – Sócio representante legal da empresa JNS Canaã, contemplada com o lote 05, sem licitação, além dos aditivos ilegais.
Delci Aparecida Toledo Missiagia Nepomuceno da Silva – Sócia da empresa JNS Canaã, contemplada sem licitação com o lote 05 da concorrência 001/2009.

Polícia Civil do Maranhão lança aplicativo “ByZu” contra o crime



A Polícia Civil, por meio da Delegacia Geral do Maranhão e da Superintendência de Polícia Civil da Capital – SPCC, lançou oficialmente na tarde desta terça-feira (26) o aplicativo “ByZu”, desenvolvido para auxiliar as investigações relacionadas ao tráfico de drogas, porte ilegal de armas de fogo e para auxiliar na localização de foragidos da Justiça e autores de crimes.
O objetivo principal do aplicativo é o recebimento de denúncias anônimas, que serão analisadas por uma equipe especializada. Após a avaliação das denúncias, elas serão encaminhadas a delegacias especializadas para a continuidade das investigações.  
O ByZu pretende, também, intensificar a aproximação da Polícia com a sociedade, dizem os idealizadores do aplicativo, delegado Alessandro Barreto e o agente Mardem Lincow, que pertencem à Polícia Civil do Piauí.  O superintendente de Polícia Civil da Capital, delegado Armando Pacheco, explica que são muitos os esforços da gestão para aproximar a Polícia da sociedade e aumentar a produtividade da corporação e a segurança dos cidadãos.
Quando temos informações repassadas por pessoas que residem no local de onde parte a acusação, temos a otimização do nosso tempo, pois as investigações partem daquela denúncia, averiguamos o autor, que tipo de crime, e, assim, quando chegamos até o fato, torna-se mais rápido o procedimento”, disse ele.
Além de intensificar as ações de inteligência, a aquisição de equipamentos e a progressiva reestruturação de equipes policiais, com expansão do número de policiais, o superintendente destaca que a Polícia Civil tem investido no uso da tecnologia para garantir resultados ainda mais expressivos.
Estamos com uma melhor gestão do sistema de Segurança Pública. A aplicação de conceitos de gestão nunca tinha sido feita antes da gestão do governador Flávio Dino: hoje nós trabalhamos com estatísticas, remanejamos efetivo, direcionamos forças baseados nos crimes que mais assolam no momento”, comenta o delegado, destacando que o ByZu proporciona à população do Maranhão um canal de comunicação a mais com a Polícia, o que ajudará na identificação de criminosos que atuam na capital e no interior. O sistema operacional está disponível para o Android, e, em breve, também estará disponível para o sistema IOS.
Denúncias por WhatsApp
O aplicativo lançado nesta terça-feira (26) não é a única ferramenta utilizada pela Polícia Civil para, com denúncias anônimas, intensificar as ações de segurança. No início do mês de abril, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Geral e da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), lançou o ‘Senarc no Combate às Drogas’ canal do aplicativo WhatsApp que está intensificando o combate às drogas.
Por meio do número telefônico (98) 9.9163-4899, a Senarc disponibiliza serviço de coleta de informações através do WhatsApp, visando combater o tráfico de drogas em todo o estado. O serviço funciona 24 horas por dia e tem sigilo absoluto, sendo totalmente confiável. A partir das informações repassadas, é iniciado um serviço de investigação e monitoramento, garantindo uma resposta satisfatória para a população.

Em Lagoa Grande do Maranhão Dr.Jorge visita canteiro de obras da Praça do Viva



O prefeito de Lagoa Grande do Maranhão, Dr.Jorge, está acompanhando de perto o  trabalho de recuperação e ampliação da Praça do Viva,no Centro.Na tarde desta terça-feira (26), por exemplo,acompanhado do secretário de Obras,Bibi, o gestor fez uma vistoria no local.

Dr. Jorge disse está muito feliz com os trabalhos,e ressaltou que  em breve mais uma obra será entregue à população.

A obra é oriunda de recursos de uma emenda do ex-deputado federal Domingos Dutra, no valor de 498,249,96 mil reais,e tem um prazo de conclusão de 180 dias.


Informações:Blog do Fernando Ramos

Primeira Agritec de 2016 será iniciada nesta quinta-feira na Região dos Cocais


Agritec 2015-Bacabal
A primeira Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnolgia do Maranhão (Agritec) de 2016 movimentará o Território dos Cocais, em Codó, durante três dias de exposições de produtos da agricultura familiar, palestras, vitrines tecnológicas na área de pesquisa e produção rural, capacitação, emissão de documentos pessoais (RG e CPF), Cadastro Ambiental Rural (CAR), além de shows musicais e apresentação de grupos culturais locais.

A abertura oficial do evento ocorrerá às 9h desta quinta-feira (28) no Parque de Exposição Walter Zaidan, bairro São Benedito. O evento, promovido pelo Governo do Estado do Maranhão, se estende até o sábado (30) como um espaço de capacitação e acesso às novas tecnologias, de modo que o homem do campo possa melhorar sua produção quantitativa e qualitativamente.

Esta será a quinta edição da Agritec. No ano passado foram realizadas quatro Feiras da Agricultura Familiar nos municípios de São Bento, Açailândia, Caxias e Bacabal. Este ano, por determinação do governador Flávio Dino, cinco municípios, representando os territórios maranhenses, sediarão a Feira, são eles: Codó (Território Cocais), Grajaú (Pré Território do Médio Sertão), Zé Doca (Território Alto Turi e Gurupi), Viana (Território Campos e Lados) e Chapadinha (Território Baixo Parnaíba).

Para o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, durante a Agritec os produtores rurais terão a oportunidade de adquirir conhecimento por meio de transferências tecnológicas, comercializar produtos oriundos da agricultura familiar, terão incentivos financeiros e consolidação de contratos com instituições financeiras. “Todo esse trabalho mostra o empenho do governador Flávio Dino em transformar a realidade do Maranhão por meio do conhecimento e da produção para um desenvolvimento cada vez maior do setor”, enfatiza.

A Agritec é coordenada por meio do Sistema SAF (composto pela Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e o Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), em parceria com a Embrapa/Cocais, Sebrae, Prefeitura Municipal de Codó e Movimentos Sociais como Aconeruq, Fetaema, Fetraf-MA, MIQCB e MST).

Programação Técnica

A Agritec dos Cocais terá uma extensa programação técnica com cursos de capacitação, palestras, oficinas e fóruns, todos oferecidos pelo sistema SAF e pelos parceiros que ajudam a realizar a Feira.

Os agricultores familiares poderão conferir os cursos sobre criação de abelhas na agricultura familiar, extrativismo com gestão de empreendimentos econômicos e solidários, oficinas sobre produção de hortaliças na agricultura familiar, registro das agroindústrias de produtos de origem animal, produção de mudas vegetais, práticas de manejo de ovinos e caprinos, além de palestras sobre mercado institucional como instrumento para o fortalecimento da agricultura familiar e exposições de vitrines tecnológicas.

Também serão oferecidos, em stands e unidades móveis, serviços de foco social e econômico, como o Viva Cidadão, da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular, ofertando a emissão de documentos pessoais; atendimento ao agricultor na aquisição da certificação de seus produtos, oferecido pela Aged, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima), orientações sobre projetos para agricultura familiar, cooperativismo, associativismo, acesso ao crédito, compras institucionais (PNAE e PAA) orientados pelo sistema SAF e atendimento bancário do Banco do Brasil, Banco da Amazônia e Banco do Nordeste.

Agritec 2015-Bacabal