Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

quinta-feira, 22 de maio de 2014

DEPUTADO SIMPLÍCIO ARAÚJO DENUNCIA CONSTRUTORA QUE ENGANOU TRABALHADORES MARANHENSES


Desde o início da semana o blog vem relatando a situação difícil que estão passando  trabalhadores maranhenses .A maioria é natural de Campestre do Maranhão.

Os trabalhadores foram aliciados para trabalhar em uma construtura,na cidade de Pereira Barreto,em Sã Paulo.Foram enganados,agora estão sem trabalho,dinheiro,alimentação e estão dormindo na rua.Um dos homens chegou a passar mal e acabou morrendo a caminho do hospital.

Veja as matérias (Aqui)  (Aqui)  (Aqui)

O deputado Simplício Araújo se manifestou e protocolou nesta quarta-feira(21),denúncia contra a construtora que enganou os trabalhadores.


O deputado Simplício Araújo (Solidariedade/MA)apresentou, nesta quarta-feira (21), denúncia ao Ministério Público Federal do Trabalho  (MPFT) e ao Ministério Público do Trabalho 15ª Região (MPT) contra a Construtora Eng. Vicente da Landa Engenharia acusada de ter enganado 65 operários maranhenses. Segundo relatos, os operários  foram contratados para trabalhar na empresa, que fica em Pereira Barreto (SP), mas, até o momento, os maranhenses estão sem trabalho. O grupo foi enganado com falsa promessa de trabalho na construção civil.
Desse total, 38 saíram de Campestre do Maranhão. Com a promessa de emprego e bom salário, esses trabalhadores foram agenciados pela Construtora Eng. Vicente da Landa Engenharia, uma empresa que presta serviço para a Prefeitura de Pereira Barreto (SP), voltada à construção de casas populares.
Um ônibus foi alugado para fazer o transporte dos trabalhadores e todos foram contratados com a promessa, de que além do salário, ganhariam hospedagem e alimentação. Tudo não passou de anúncio.
Diante da situação, Simplício considera de extrema urgência a intervenção federal e regional na apuração das denúncias e providências no sentido de cobrar um posicionamento dos responsáveis pela contratação desses trabalhadores, que estão sem comida e sem lugar para ficar e só querem voltar para casa e receber o que é de direito.
O deputado considerou um absurdo que os maranhenses tenham sido enganados desta forma. “O que se percebe com mais este caso é o completo estado de abandono e de falta de incentivo por parte dos poderes públicos. A governadora do Maranhão, Roseana Sarney, vai à TV dizer que o estado está rico e com oportunidades de emprego, mas o que vemos é mais um lamentável episódio envolvendo o povo do Maranhão”, afirmou.
Na terça-feira (20), o grupo fez um protesto. Durante a manifestação, um dos trabalhadores teve um infarto e morreu a caminho do hospital. Segundo o gerente do hotel, as diárias não estavam sendo pagas pela construtora. Em sinal de protesto, alguns operários montaram barracas em frente à prefeitura de Pereira Barreto. “A dívida já ultrapassa R$ 105 mil e não tem como manter os operários aqui sem o pagamento”, disse Ricardo Lucence, gerente do hotel.
O Sindicato dos trabalhadores, em nome dos trabalhadores, registrou em delegacia boletim de ocorrência, assim como convocou o Ministério do Trabalho e a Prefeitura do município, que ficaram de resolver o caso até quarta-feira (21), mas, até hoje, não houve nenhum posicionamento.




Um comentário:

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.