Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Tiroteio deixa feridos em Lago da Pedra

Moto usada pelos elementos

No início da noite desta sexta-feira (21),em Lago da Pedra,dois indivíduos tentaram assassinar Jadson Dourado Pacheco,conhecido como Jadson,de 32 anos.

Jadson,em 2013,foi preso acusado de matar a ex-companheira,Izonete Gonçalves de Sousa,que tinha 24 anos,com um corte no pescoço,após descobrir que tinha sido traído.O crime aconteceu às margens do Rio Grajaú,local conhecido como Galo Duro,zona rural de Paulo Ramos.Jadson logo foi preso,confessou o crime,e meses depois conseguiu sair da prisão.Responde em liberdade.

Segundo informações,os dois indivíduos que estavam em uma moto Titan Fan,de cor vermelha,com placa do Pará,são parentes de Izonety,um  irmão e um primo,e tentavam vingança.

Jadson chegava em casa quando os dois elementos chegaram atirando.Jadson entrou,se armou,e revidou.Os dois elementos saíram baleados.Ainda tentaram fugir,mas acabaram se chocando em um veículo e caindo na rua Humberto de Campos,próximo ao local do tiroteio.Estima-se que foram disparados pelo menos 10 tiros.

Os dois foram levados para o Hospital Serra de Castro,um com ferimento no braço,e o outro foi atingido por três tiros.Após receberem os primeiros atendimentos,foram transferidos para Peritoró. 
                                          

Um comentário:

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.