Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

sábado, 12 de setembro de 2015

10 municípios maranhenses receberão casas populares do Governo do Estado,entre eles Marajá do Sena



O Governo do Estado, por intermédio da Comissão Central Permanente de Licitação (CCL), juntamente com a Secretaria de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), enviou para publicação, nesta sexta-feira (11), o aviso de edital de licitação para contratação de empresa de engenharia responsável pela construção de mil unidades de habitação popular, na zona rural de dez municípios maranhenses.
O aviso de edital de licitação foi assinado, nesta manhã, pelo presidente da CCL, Odair Neves. Ele enfatizou que, “seguindo orientação do governador Flávio Dino de assegurar moradia digna às famílias maranhenses, o processo licitatório será realizado no menor tempo possível a fim de que muito em breve sejam realizadas as construções”. A licitação do processo se dará na modalidade Concorrência com abertura de sessão marcada para o dia 21 de outubro, no auditório Benedito Dutra Mendonça, na CCL.
Durante a assinatura do edital estiveram presentes, ainda, a secretária da Secid, Flávia Alexandrina Moreira; do secretário adjunto, Adilon Leda; do presidente da Comissão Setorial de Licitação (CSL) da Secid, João Martins; e do coordenador de engenharia do órgão, Alexandre Machado.
Serão contemplados os municípios de Cajari, Santana do Maranhão, Marajá do Sena, Santa Filomena do Maranhão, Amapá do Maranhão, Serrano do Maranhão, São João do Sóter, Afonso Cunha, Governador Newton Belo e Belágua. “Cada município será contemplado com 100 unidades habitacionais, atingindo a população de diversos povoados”, comentou a secretária Flávia Alexandrina.
As empresas interessadas em participar do processo poderão baixar o edital de licitação na página da Comissão Central ou retirá-lo na sede da CCL, localizada na Avenida Colares Moreira, Calhau.

Governo do Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.