Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Senado vota pelo fim de doação de empresas a candidatos e partidos.É pra comemorar ?



Os senadores decidiram, na sessão desta quarta-feira (2), que as empresas e demais pessoas jurídicas não podem mais doar dinheiro aos candidatos e aos partidos políticos. Por outro lado, as pessoas físicas estão autorizadas a contribuir até o limite do total de rendimentos tributáveis do ano anterior ao repasse dos recursos. O resultado da votação foi apertado (36 votos favoráveis e 31 contrários) e muito comemorado pelos senadores que defenderam a proposta.

Mesmo com muitas dúvidas e desconfianças,ainda assim, a decisão é melhor do que o absurdo que existe hoje e que Eduardo Cunha ameaça "constitucionalizar" na Câmara.

Não é ainda esta PEC que foi submetida aos senadores, mas é um sinal evidente de que ela terá dificuldades imensas de ser aprovada no Senado.

A decisão ainda não significa a moralização total do processo eleitoral, porque os empresários, como pessoas físicas, poderão financiar candidatos, mas isso é infinitamente menos do que o dinheiro carreado pelas empresas às campanhas.

E, embora eu e você tenhamos um voto,igual e tão importante quanto o de qualquer um,não temos milhares nem milhões de reais para doação.

Empresa é feita para ganhar dinheiro e se participa da escolha dos eleitos será sempre para este fim que investirá neste ou naquele.

E se o faz é um crédito que espera seja devolvido com juros e muito lucro.

É , porém, com todos os limites, a esperança que possa sair algo aceitável do parlamento brasileiro, que tem se tornado um jardim fecundo de podridões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.