quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Número de novas empresas cresceu no Maranhão em 2015



O número de empresas abertas no Maranhão aumentou 5,46% em 2015 em relação ao ano anterior. O resultado positivo – na contramão da conjuntura econômica do país – deve-se ao melhor ambiente de negócios vivenciado no Maranhão e ao trabalho de desburocratização do processo de registro mercantil no estado. O balanço foi apresentado, nesta quarta-feira (6), pela Junta Comercial do Maranhão (Jucema).
De acordo com o presidente da Jucema, Sérgio Sombra, em 2015 foram constituídas 26.787 novas empresas no Maranhão contra 25.399 formalizadas em 2014. “Estamos vivenciando um novo cenário em nosso estado que está possibilitando a abertura de novas empresas. Temos, sem dúvida, um melhor ambiente de negócios, resultado das ações do governo Flávio Dino como a nova tabela do Simples e o lançamento do Empresa Fácil, que está desbucratizando a vida do empresariado maranhense”, avalia Sombra.
Para 2016 Sérgio Sombra mostra-se ainda mais otimista. “Vamos avançar na oferta de serviços para o empresário maranhense com a instalação de postos avançados em municípios que não disponham de uma Unidade Regional da Jucema”, explicou. A meta do órgão é atender 20 localidades do estado com os postos avançados. Esse projeto da Junta vai evitar que o empresário tenha que se deslocar para um outro município onde funcione uma unidade regional do órgão para receber o atendimento.
O presidente da Jucema comemora, ainda, o processo de instalação da Rede Nacional para Simplificação do Registro e Legalização de Empresas, a RedeSim, que no Maranhão recebeu o nome de Empresa Fácil, uma plataforma virtual por meio da qual é possível realizar todo o processo de abertura, alteração e fechamento de empresas. No Maranhão 42 municípios já aderiram à rede. “Em 2016 vamos continuar avançando na instalação da RedeSim no Maranhão”, garantiu Sérgio Sombra.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.