Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Governo abre inscrições para processo seletivo de professores do Iema de Bacabeira e Pindaré-Mirim



A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e o Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) estão com inscrições abertas para um novo processo seletivo interno simplificado de professores para as unidades plenas de Bacabeira e Pindaré-Mirim, que serão inauguradas em no início do próximo mês.
Segundo o secretário Bira do Pindaré, o novo seletivo vai preencher as sete vagas remanescentes de professores da Base Nacional Comum (BNC). Duas para a primeira unidade e cinco para a segunda, mais cadastro de reservas para ambas.
Podem participar do certame, basicamente, todos os servidores integrantes da carreira de magistério estadual que tenham curso de licenciatura plena, nas disciplinas de Artes e Língua Inglesa para o município de Bacabeira; e Artes, Educação Física, Filosofia, Física e Língua Espanhola para Pindaré Mirim. O candidato deve ler completamente o edital, certificando-se que preenche todos os pré-requisitos, para fazer a inscrição.
As inscrições ficam abertas das 8h deste sábado (20) até às 23h da próxima segunda-feira (22) e serão aceitas exclusivamente pela internet, através do endereço prog.secti.ma.gov/seletivo_professor. Do mesmo modo, as cópias dos documentos exigidos e a comprovação de títulos devem ser escaneadas e anexadas eletronicamente. Não haverá taxa de inscrição a ser paga.
O processo seletivo constará apenas de uma etapa: Prova de Títulos (eliminatória e classificatória). A classificação obedecerá à ordem decrescente do total de pontos obtidos. O edital completo está disponível para consulta no site www.secti.ma.gov.br, e os candidatos deverão ficar atentos a possíveis alterações, resultados e todo o processo de seleção, divulgado no site da Secti.
Sobre o Iema
O Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) foi criado no dia 2 de janeiro de 2015 com o intuito de ampliar a oferta de educação profissional técnica de nível médio no estado. A proposta é implantar o Instituto em 23 municípios até 2018, oferecendo à sociedade estrutura para o ensino, pesquisa e extensão respeitando as necessidades de cada local. O modelo de ensino integrado se espelha em outros que já estão dando certo em estados como o Ceará e Pernambuco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.