Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Segurança do Maranhão é reforçada com mais 51 viaturas e ações do ‘Pacto Pela Paz’



O governador do Maranhão, Flávio Dino, entregou nesta sexta-feira (5), mais 51 viaturas para reforçar a atuação da Polícia Militar do Maranhão. Com a entrega, as forças de segurança contam agora com 81 viaturas novas em circulação, parte do trabalho de reestruturação do sistema de segurança do estado.
“Nossa meta é chegar a 300 viaturas novas, para que possamos qualificar ainda mais aquilo que a sociedade exige, que é a proximidade e a visibilidade das forças de polícia, trazendo a certeza de que a lei deve ser cumprida no nosso estado. Estamos continuando um processo que se inaugurou no primeiro mês do nosso governo, quando anunciamos a recomposição de recursos humanos tanto da Polícia Civil quanto da Polícia Militar, a aquisição de equipamentos de radiocomunicação, de armamentos de uso individual e prosseguimos este ano com a entrega de viaturas”, explicou o governador Flávio Dino.
Os veículos serão distribuídos nos Batalhões da PM na Região Metropolitana de São Luís, sendo 39 do modelo Dusters, com tecnologia embarcada (tablet, câmeras e GPS); e 12 modelos Pajero, com sistema de radiocomunicação.
“No mês passado, recebemos 30 viaturas e já pudemos fazer um policiamento em 17 pontos estratégicos de segurança com esse incremento. Agora, com mais 51, esse é um reforço fundamental do exercício do policiamento diário, durante 24 horas, tanto no entorno da região metropolitana, em que a população sabe que a viatura está ali para pronta intervenção quanto para quaisquer pedidos de socorro”, disse o secretário estadual de Segurança Pública, Jefferson Portela.
Para o comandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Frederico Pereira, a ostensividade das viaturas é perceptível e já oferece mais segurança à população. “Se o cidadão sabe que uma viatura está em determinado local, ele cria uma referência e isso faz com que ele tenha um conforto, porque sabe que, se precisar, ele pessoalmente poderá acionar a polícia com facilidade. As viaturas serão distribuídas nas unidades que têm maior abrangência. Com essas viaturas, além de manter o policiamento que já existe, vamos ampliá-lo”, afirmou o comandante da PM.

Na solenidade, o governador lançou ainda o programa Pacto pela Paz e anunciou a composição da coordenação do programa. O projeto foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Maranhão no final do ano passado e tem como objetivo aliar poder público e sociedade civil no estabelecimento de mecanismos de segurança e direitos humanos.
Como coordenador do pacto, o governador anunciou o delegado Enoque Lemos e, na coordenaria adjunta, quem assume é a delegada Mary Silva. “Escolhemos duas pessoas que se complementam não somente pela paridade de gênero, mas pelos olhares diferentes que eles trazem a partir de suas experiências de vida”, comentou o governador.
O delegado Enoque já atuava na interface com a sociedade civil, com a implementação dos Conselhos Comunitários de Segurança. A partir de agora, esses serão Conselhos Comunitários pela Paz. A coordenadora adjunta Mary Silva, ex-ouvidora da Defensoria Pública Estadual, estava trabalhando na Secretaria estadual de Direitos Humanos.
Segundo o secretário estadual de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, o pacto será coordenado pelo gabinete integrado de gestão de segurança e pelo Conselho Estadual de Direitos Humanos, com uma coordenação executiva.
“O Pacto pela Paz tem como objetivo reduzir a violência no estado do Maranhão e promover uma cultura de paz, de respeito às leis e de respeito aos direitos humanos. Será precedido de um diagnóstico da segurança pública e da violência em nosso estado para a construção de diretrizes de enfrentamento da violência e promoção da cultura de paz. A ideia é envolver amplamente a comunidade nesse esforço de redução da violência, para que se possa não só enfrentar os índices, como também promover novas relações sociais”, declarou Francisco Gonçalves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.