Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Travessia: Governo lança projeto de transporte para pessoas com deficiência



A partir de agora as pessoas com deficiência usuárias de cadeira de rodas que residem nos quatro municípios da região metropolitana de São Luís terão à disposição transporte gratuito para serviços de saúde, educação, trabalho e lazer. Em solenidade com a participação de várias entidades representativas da área, o governador Flávio Dino lançou, nesta quinta-feira, 18, no Palácio dos Leões, o inovador projeto ‘Travessia’ e entregou quatro vans que atenderão, por mês, até mil cadeirantes.
Subsidiado pelo Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), o serviço recebeu investimentos de R$ 3 milhões e é parte das iniciativas que promovem a inclusão social e cidadania, além da gestão pública de serviços essenciais. A iniciativa possibilitará a pessoas com deficiência ter transporte na porta de casa para deslocamento em casos de saúde, educação, trabalho e lazer, e funcionará por meio de agendamentos.
Na solenidade de lançamento do Travessia, o governador Flávio Dino exaltou que essa é mais uma das conquistas que vem em continuidade aos debates promovidos junto às entidades da pessoa com deficiência. “As conquistas não são apenas materiais, elas são ideológicas, simbólicas. Estamos dizendo aqui a todo o Maranhão que nós consideramos as demandas das pessoas com deficiência como prioritárias”, ressaltou o governador.
Ele explicou que a iniciativa propicia um serviço que vai ampliar o acesso a bens fundamentais e oportuniza múltiplas possibilidades levando em conta os interesses coletivos, já que difere da realidade de outros Estados, onde o modelo é restrito apenas para consultas médicas. “O Projeto é um caminho que estamos trilhando e tenho certeza que a partir dessa iniciativa exitosa iremos ampliar os serviços. Vamos chegar a outras regiões também, como no município de Imperatriz”, frisou Flávio Dino.
O presidente da MOB, Arthur Cabral, destacou que o Travessia foi construído pelo Governo junto com as entidades representativas da área e é baseado em três eixos fundamentais: inclusão social, igualdade social e direito a todos. “Sabemos que temos uma longa travessia na mobilidade a todas as pessoas com deficiência do Estado, e por isso que o nome é Travessia. Estamos muito entusiasmados com o Projeto e com o alcance social que ele tem”, ressaltou.
Para o presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Dylson Bessa, O Governo instaurou um processo novo de proximidade e discussão da construção das políticas públicas com as pessoas com deficiência. “A gente tem uma possibilidade imensa de estar construindo uma política de maneira correta e que consiga chegar a pessoa com deficiência diminuindo essa exclusão através da discussão mais próxima do gestor para que a gente possa estar apontando as fragilidades e necessidades”, enfatizou.
Inclusão social
Ana Caroline Reis participou da solenidade e recebeu com grande satisfação a entrega das quatro vans que possibilitarão agora levá-la a consultas, shopping, cinema e à praia e de forma gratuita. “Vai ajudar principalmente na igualdade social, para ir ao serviço, trabalho, lazer e educação, e para que posamos resguardar nosso direito de ir e vir, previsto em Lei. Esse Projeto vai possibilitar ao cadeirante ter essa facilidade”, elogiou.
Mãe de Dudu, Liane Souza disse que há 27 anos percorre uma verdadeira travessia com o filho, e que essa iniciativa vai atender as necessidades que realmente as pessoas com deficiência necessitam. Ela realçou também que esse é “um Projeto com o movimento, não é algo que veio de cima pra baixo, mas algo que foi construído com a pessoa com deficiência”.
Também participaram da solenidade o vice-governador, Carlos Brandão, os secretários de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, e de Ciência Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré, além de representantes do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de São José de Ribamar, da Associação de Cadeirantes da Cidade Operária, do Conselho de Pais e Amigos Especiais, da Associação de Surdos do Maranhão e do Centro de Vida Independente.
Vans
O transporte dos cadeirantes será realizado em veículos do tipo van, devidamente adaptados e climatizados com espaço para até seis pessoas por viagem – entre usuários e seus acompanhantes – além de lugar para bagagens. O agendamento deve ser feito com até 48 horas de antecedência, por meio da Central Disque-Travessia, cujo número será disponibilizado na próxima semana. O veículo irá buscar o usuário onde estiver e o roteiro será de acordo com a demanda, para melhor aproveitamento de tempo.
A pessoa interessada em participar do ‘Projeto Travessia’ pode se inscrever na sede do MOB, na Avenida dos Holandeses, nº 36, bairro Calhau (atrás do Shopping do Automóvel), das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. Deve ser preenchida a Ficha de Avaliação Médica que consta no site www.mob.ma.gov.br, e entregue na sede da MOB ou em um dos pontos itinerantes de atendimento. O interessado deve apresentar ainda cópia da identidade, do CPF e comprovante de residência.
Governo do Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.