Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

terça-feira, 8 de março de 2016

Incomodados com a grandiosidade do evento do PCdoB em Lago da Pedra,adversários tentaram a prática do ̋ bullying político ̏



O evento do PCdoB de Lago da Pedra,que aconteceu no ultimo sábado(5),mobilizou toda a cidade, causando incomodo nos adversários.O ato foi gigantesco.O espaço da Associação Atlética Banco do Brasil-AABB ficou pequeno para tanta gente.

 No evento foi apesentado a pré-candidatura de Mauro Jorge a prefeito,lançamento do movimento Diálogos Por Lago da Pedra e apresentação dos pré-candidatos a vereador e vereadora do grupo.Mas,não foi só isso,foi colocado à prova o protagonismo de Mauro Jorge,que promete revolucionar a política local,com ações diferentes.

Tudo isso causou preocupação naqueles que achavam que daria poucas pessoas,que o evento seria um fracasso,principalmente no grupo da prefeita Maura Jorge.Maura Jorge está encerrando o segundo mandato e quer que o vice,Laércio Arruda,seja eleito nas eleições de outubro.Para a prefeita e seu grupo,o desejo é que tudo fique como está.

Os que estão com espírito abatido,temendo a perda da prefeitura,usaram uma frase dita por Dutra,no evento,para tentar manchar a repercussão positiva do ato.Em vão!

Logo Dutra que nunca ostentou,e que sempre defendeu os menos favorecidos.Os contra,que se acham donos da prefeitura,feridos não pela frase,mas pelo risco de deixarem o poder,que não aceitam o fim dos privilégios, tentam destruir a reputação Dutra e colocar sobre suspeita ele que já foi presidente da Comissão de Direitos Humanos,e eleito um dos melhores deputados do Brasil.

Dutra,nasceu no Saco das Almas,é filho de um vaqueiro e de uma quebradeira de coco.Ficou muito bem entendido o que ex-deputado,irreverente nos discursos, quis dizer:a prefeita vai sair mas quer deixar alguém de sua confiança,em seu lugar.Pois bem.O fazendeiro manda,o vaqueiro obedece.O vaqueiro é quem cuida da propriedade e do rebanho.O vaqueiro também é quem manuseia as tetas da ubrada,tira o leito e repassa ao patrão,fica com um pouco,claro.Ora,ora...

Não deu certo! ̋ Bullying político ̏ ,não cola!

Veja uma entrevista de Dutra: “Sou de origem pobre; filho de uma quebradeira de coco-babaçu e de um vaqueiro; nasci no povoado Saco das Almas, em Buriti, no Maranhão, terra de quilombo [...]



5 comentários:

  1. obrigado futi, pela ajudinha, nossa eleição ja era certa e agora com sua ajuda melhor ainda. kkkkkkkkkkk aparece cada engraçadinho dando uma de salvador da patria.

    ResponderExcluir
  2. E isso aí vamos dá prioridade ao vaqueiro pra que ele a parti de agora (2017) seja o dono da fazenda!!!!!Laecio Arruda sim, humildade e simpatia!!!!

    ResponderExcluir
  3. ERA TUDO QUE NÓS QUERIA, FAZER O NOME DE LAERCIO SE DESTACAR E TUDO SE CONCENTRAR NELE E CONSEGUIMOS .NINGUEM PODE MAIS C NOSSO CANDIDATO PQ N EXISTE ND Q MANCHE A IMAGEM DELE

    ResponderExcluir
  4. Não entendo, se ele (Dutra) diz q é de origem e humilde e tal e ataca seu o adversário dizendo que não pode se eleger pois "vaqueiro não pode ser eleito".
    Houve sim um preconceito, pois menosprezou o candidato, deixando interiorizado uma pessoa "vaqueiro" .

    ResponderExcluir
  5. Engraçado é que um tal de mario jn parece que é debil. Tem a cara de pau de dizer que o Mauro Jorge foi fortalecido com esse episódio. Louco pau mandado kkkkkkkkkkkk em tudo que é lugar so se fala no vaqueiro kkkkkk ninguém nem lembra que teve convenção do mela urna kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.