Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

terça-feira, 8 de março de 2016

Pela primeira vez na história, Detran-MA passa a ser dirigido por uma mulher



Pela primeira vez, uma mulher vai dirigir o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA). A advogada Larissa Abdalla Britto tomou posse no cargo de diretora geral do órgão, em cerimônia realizada, nesta segunda-feira (7), no Palácio dos Leões, em São Luís. O acesso dela ao cargo acontece justamente na abertura da semana dedicada às mulheres em todo o mundo.
“A posse em uma véspera do Dia Internacional da Mulher, aumenta o meu sentimento de compromisso e responsabilidade com essa missão delegada pelo governador Flávio Dino”, destacou Larissa Abdalla”.
Em seu discurso, o governador destacou a trajetória profissional da nova Diretora geral do Detran-MA, ressaltando o trabalho que Larissa Abdalla desenvolveu por 15 anos como membro do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran). Larissa Abdalla agradeceu a oportunidade e a confiança depositadas em seu nome pelo governador. “Espero corresponder às expectativas, dando continuidade e ampliando os projetos exitosos, bem como desenvolvendo outros programas em favor da sociedade maranhense”, finalizou Larissa.
Na mesma cerimônia foram empossados o ex-diretor geral do Detran-MA, Antonio Nunes, no cargo de Secretário de Governo, e o ex-secretário de governo, Felipe Camarão, como Secretário de Educação.
O ex-diretor do órgão, Antônio Nunes, aproveitou o momento para destacar o trabalho empreendido por sua equipe durante os 14 meses que esteve à frente da instituição. “Faço uma avaliação positiva da gestão e colocamos em prática programas sociais importantes, como o ‘CNH Jovem’, ‘Moto Legal’ e ‘CNH Rural’”, pontuou Nunes. “Todo esse trabalho, agregado a outros projetos novos, serão amadurecidos com a chegada da advogada Larissa Abdalla, profissional com quase duas décadas dedicadas a área de trânsito”.
Durante a cerimônia de posse dos novos secretários, o governador Flávio Dino destacou algumas das conquistas alcançadas nesse primeiro ano de gestão do seu governo, tais como o fortalecimento das Operações da Lei Seca e a consequente redução de 25% no número de indenizações por morte e invalidez pagas pelo Seguro DPVAT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.