quinta-feira, 19 de maio de 2016

Governo capacita feirantes de Barra do Corda e possibilita estrutura de qualidade para comercialização



Agricultores familiares, associações e cooperativas do município de Barra do Corda participaram nesta quarta (18), de um curso de capacitação oferecido pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), para aprimorar o atendimento aos consumidores e o manejo correto garantindo a higiene no trato com os alimentos e estratégias de comercialização e boas práticas nos serviços de alimentação.
A turma, composta por 20 agricultores, aproveitou para tirar dúvidas. Dona Jocelyn Sheridan, presidente da Associação de Mães Unidas do Povoado Barro Branco, zona rural de Barra do Corda, ficou satisfeita com a capacitação porque tratou de assuntos muito importantes como, comercialização, higiene e disposição dos produtos para comercialização.
“A nossa associação tem 10 anos e oito mães associadas. Nós sustentamos nossa família com a venda de polpa de frutas. Além de vendemos para o alimento escolar, nós comercializamos na feira da Lua. Todas nós ficamos felizes pelas orientações que recebemos com a capacitação, principalmente onde foi tratado dos cuidados e higiene dos alimentos”, disse.
Seu Raimundo Pereira, que também participou da capacitação ficou feliz porque além da capacitação o Estado vai entregar 18 kits barracas para os produtores rurais comercializarem seus produtos. “Eu fui um dos fundadores da Feira da Lua, criei meus filhos e sustento minha família com minha produção de mandioca. Na feira eu vendo tapioca e farinha de puba, mas esse tempo todo nunca tivemos uma estrutura de qualidade para vender nossa produção e hoje além de receber capacitação vamos também receber o kit feira, exaltou seu Raimundo.
Segundo a superintendente de Comercialização da SAF, Marilene Bandeira, as 19 regionais da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) receberão kits de feiras compostos por 18 barracas de estruturas metálicas padronizadas, balanças eletrônicas, caixas de plásticos e de isopor, jalecos, bonés e camisas com identificação da Feira. Para a superintendente só entregar as barracas não é suficiente.
“É necessário capacitar os agricultores que cultivam e comercializam seus produtos. Com os cursos, nossos produtores rurais vão melhorar as práticas de comércio”, frisou Marilene.
A capacitação faz parte do programa ‘Mais Feira’, que visa implantar e estruturar feiras de comercialização dos produtos da agricultura nas 19 regionais da Agerp e nos 30 municípios do Plano ‘Mais IDH’, beneficiando aproximadamente 15 mil agricultores familiares no estado.
Para o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, o ‘Mais Feiras’ representa um momento ímpar no Maranhão, pois os agricultores recebem equipamentos e são capacitados para entrar no mercado consumidor. “Estamos oferecendo ao produtor a possibilidade dele comercializar sem atravessadores para ganhar seu próprio dinheiro e melhorar sua vida”, disse o secretário.
A gestora Regional da Agerp de Barra do Corda, Míria de Oliveira, a aquisição das barracas será importante para a regional, porque não será apenas os agricultores de Barra do Corda que irão comercializar, mas agricultores de municípios próximos que fazem parte da regional também irão comercializar seus produtos nas barracas que contam com estruturas adequadas para comercialização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.