quarta-feira, 25 de maio de 2016

Governo pretende instalar 92 sistemas simplificados de abastecimento de água em municípios atendidos pelo ‘Mais IDH’



Agora a gente tem água. E água boa”. O relato do aposentado Rodrigo Lisboa, 62 anos, morador do povoado Piquizeiro, em Belágua, caracteriza bem as melhorias que o governo do Estado tem levado aos municípios maranhenses, por meio do plano de ações ‘Mais IDH’, principalmente aqueles com os mais baixos índices de desenvolvimento humano. A localidade é uma das beneficiadas com a implantação de um sistema simplificado de abastecimento de água.
Com a ação, moradores que, há mais de 40 anos, sofriam com a falta de água passam a ter o benefício na porta de suas casas. A obra integra o programa Simpleágua, do Governo do Estado e que é executado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes). A meta é instalar 92 sistemas nos 30 municípios maranhenses de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).
Para Rodrigo Lisboa, a ação do governo mostra o compromisso do Governo do Maranhão com as comunidades mais necessitadas. Ele demonstrou sua satisfação em saber que não vai mais ser prejudicado pela falta de água. “Vai melhorar e muito para nós com esse poço. Antes, a gente tinha que ir longe buscar água; era ruim demais. O governador Flávio Dino disse que ia levar água para quem precisa e ele cumpriu. Está aprovado”, enfatizou o aposentado.
Os sistemas simplificados incluem poço artesiano, reservatório de água com estrutura de concreto, caixa d´água, redes de distribuição principal e secundárias, além de ligações domiciliares. O programa beneficia principalmente as comunidades rurais e põe fim ao penoso sacrifício que muitos moradores enfrentavam carregando água em longas distâncias. A proposta é levar água potável de qualidade às comunidades que ainda não usufruem desse benefício essencial.
Ter água de qualidade em casa é um direito dos cidadãos e o governo Flávio Dino está trabalhando para ampliar esse importante serviço público e garantir às famílias melhorias à sua saúde e qualidade de vida”, disse o titular da Sedes, Neto Evangelista. Ele acrescenta ainda que o programa cumpre sua função social ao universalizar o acesso à água potável.
Os sistemas simplificados serão implantados ainda em outros quatro povoados de Belágua: Santana dos Quirinos, Pilões, Estiva dos Josefas e Marajá. Nesta etapa, também vão ser contemplados com a rede simplificada de abastecimento as comunidades rurais de São José II, Porteira e Bolonha, no município de Cajari; e após, Marajá do Sena.
Mais IDH
Os municípios atendidos pelo Simpleágua fazem parte do cronograma de ações do plano Mais IDH. O programa possui 21 projetos macros nas áreas prioritárias como educação, saúde, infraestrutura, saneamento, capacitação, segurança e assistência social.
A ação é uma estratégia do governo Flávio Dino para combater as desigualdades sociais nos meios urbano e rural do Maranhão. Envolve várias secretarias, tendo como meta elevar os indicadores sociais nos 30 municípios mais pobres do Maranhão.
O Mais IDH contempla ainda famílias em situação de vulnerabilidade e extrema pobreza nessas regiões com apoio ao desenvolvimento rural sustentável. O programa Mais IDH obteve reconhecimento da Organização das Nações Unidas (ONU) pelo foco em políticas públicas que visam melhorar os indicadores econômicos e promover justiça social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.