quinta-feira, 23 de junho de 2016

Governo abre nesta quinta-feira (23) a primeira Agritec do município de Grajaú


Agritec Território dos Cocais (Codó)
O governador Flávio Dino abre nesta quinta-feira (23) a primeira Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) do município de Grajaú. Promovida pelo Sistema SAF, composto pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e pelo Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), a Agritec do médio sertão oportunizará aos agricultores familiares conhecer e ter acesso às tecnologias que impulsionarão o desenvolvimento da produção maranhense.
A Feira é uma verdadeira vitrine de oportunidades para o homem do campo, geração de renda e empreendedorismo rural. A Agritec de Grajaú acontecerá no Parque de Exposição Zezé Santos, com início nesta quinta-feira (23) e encerramento na sexta-feira (25). A Agritec Grajaú contará com atrações musicais, gastronomia, workshop, exposição de animais, promoções e divulgações de produtos oriundos da agricultura familiar, criando espaços para comercialização e fortalecendo a identidade dos grupos produtivos.
O Governo do Estado ao realizar a Agritec Grajaú tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos produtores rurais e torná-los agentes transformadores e atores principais da economia do Estado”, enfatizou o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares.
A Embrapa e o Sebrae, parceiros na realização das Agritecs, destacam que a Feira é um espaço de grandes conhecimentos e troca de experiências que amplia a qualidade de vida do agricultor maranhense. A Agritec é uma realização do Sistema SAF, Embrapa/Cocais, Sebrae e Movimentos Sociais como ACONERUQ,  FETAEMA, FETRAF-MA, MIQCB e MST.
Este ano o Governo do Estado já realizou a primeira Agritec no município de Codó entre os dias 28 a 30 de abril. Foram capacitados 1.463 agricultores. Os espaços de comercialização de produtos garantiram um volume de negócios de R$ 492 mil, sendo 432 mil referentes a contratos firmados entre instituições financeiras e agricultores familiares e R$ 60 mil em comercialização dentro da feira, incentivando a economia local.
O evento em Codó atraiu mais de 25 mil pessoas e proporcionou à população de Codó e municípios vizinhos serviços de retirada de documentos pessoais, emissão de Cadastro Ambiental Rural (CAR), capacitação dos agricultores, troca de experiências e compartilhamento de tecnologias fáceis e de baixo custo para incrementar a produção do homem do campo.
As Agritec’s de 2015 capacitaram aproximadamente 5 mil agricultores e atraíram mais de 70 mil visitantes. Foram comercializados cerca de R$ 536 mil e os agricultores ainda tiveram a oportunidade de fechar contratos com instituições financeiras na ordem de R$2.034.734,00.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.