terça-feira, 19 de julho de 2016

Polícia prende suspeitos de integrar quadrilha especializada em roubo de cargas



Armas apreendidas com os suspeitos
Foto.Divulgação
Seis homens suspeitos de integrar quadrilha especializada em roubo de cargas foram apresentados na tarde desta segunda-feira (18), na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-MA). O grupo foi detido na madrugada de sexta (15), em Barra do Corda, e, segundo as investigações, são suspeitos de vários assaltos na cidade e regiões do entorno.

As equipes da Superintendência Especial de Investigação criminal (Seic) ficaram de prontidão na cidade para conseguir prender os integrantes da quadrilha. A especialidade do grupo era o roubo a carga de alimentos, os chamados ‘secos e molhados’. “Esta é mais uma das operações direcionadas realizadas para combate a crimes como forma de prevenir e coibir a ação das quadrilhas”, informou o titular da Seic, Tiago Bardal.

As investigações são conduzidas pelo Departamento de Combate à Roubo a Carga (DCRC), da Seic, com apoio da Delegacia Regional de Barra do Corda. “As investigações prosseguem e os detidos ficarão à disposição para que possamos concluir o inquérito e definir os demais crimes cometidos pela quadrilha”, destacou o delegado Lúcio Rogério, titular do DCRC.

Segundo o delegado, a quadrilha praticava os assaltos nas regiões de Barra do Corda, Tuntum e Presidente Dutra. Foram seis meses de investigações para chegar ao integrantes, que foram presos em flagrante. Os detidos são Jarles da Silva Bezerra, o Shaolin; Jesmiel da Silva Bezerra, o Cleison; Márcio Lourenço Oliveira Lima, conhecido como Magrão; Thalisson Ilque Carvalho de Alcântara, apelidado de Cajueiro; Antônio Crispim de Oliveira; e Leonardo Lima Moura.

Com o grupo a polícia apreendeu dois revólveres, uma escopeta calibre 12 e uma carga de alimentos tipo mercearia. Os produtos são resultado do último assalto realizado pelo grupo, no dia 9 deste mês, entre as cidades de Presidente Dutra e Barra do Corda. Os suspeitos foram encaminhados à Seic para os procedimentos e já no fim da tarde, transferidos para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.