terça-feira, 23 de agosto de 2016

“Minha Casa, Meu Maranhão” beneficiará mais de mil famílias nos municípios de menor IDH




Criado pelo Governo do Maranhão para melhorar a qualidade das moradias de áreas rurais e urbanas do estado, o programa ‘Minha Casa, Meu Maranhão’ segue com obras em ritmo acelerado. Inicialmente, 10 dos 30 municípios do ‘Mais IDH’ estão sendo beneficiados com a construção de casas, que no total beneficiará mil famílias, aproximadamente, 3,8 mil pessoas. Para isso, estão sendo empregados recursos da ordem de R$ 2,5 milhões e a previsão de entrega da primeira etapa é para dezembro deste ano.

Em Belágua, por exemplo, onde as obras foram iniciadas em maio deste ano, serão cinco povoados atendidos com a construção de aproximadamente 100 unidades habitacionais, as quais substituirão as atuais moradias de taipa e barro por construções de alvenaria. Com a ação, o governo reduzirá em 57% o número de casas precárias no município. O programa integra as ações do Plano de Ações ‘Mais IDH’, que tem como meta elevar os indicadores sociais nos 30 municípios mais pobres do Maranhão.

Para o morador de Piquizeiro, no município de Belágua, Everaldo Ferreira da Silva, 36 anos, é uma alegria ter onde morar com dignidade. “Agradeço ao governador Flávio Dino. Deus tocou no coração dele e ele está ajudando quem mais precisa. Parabéns pela iniciativa”, disse.

Centenas de outras pessoas também comemoram as boas novas possibilitadas pelo programa. Isaías Pereira, morador de Água Doce do Maranhão, é um exemplo. Segundo ele, é uma bênção ganhar uma casa, e, ao mesmo tempo, um emprego. Estava desempregado e sem perspectiva nenhuma de vida. “Com a chegada desse projeto tudo mudou, e para muito melhor! Tudo isso tá acontecendo na vida da gente graças a um governador que pensa e lembra de gente simples, como nós, aqui da zona rural. Isso tudo é sonho que tá mudando a vida da minha família todinha”, disse Isaías.

Mais IDH

O Plano de Ações ‘Mais IDH’ é uma estratégia do Governo do Maranhão para transformar a realidade social dos municípios com piores índices do estado. O programa foi instituído pelo governador Flávio Dino, por meio do decreto n° 30612, de 02 de janeiro de 2015, e trabalha com ações multissetoriais nos 30 municípios com menores IDHs.

Coordenado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), o ‘Mais IDH’ é composto por ações estratégicas nas áreas de saúde, educação, produção e renda e gestão, visando diminuir as desigualdades sociais nos meios urbano e rural, por meio de uma meta de desenvolvimento territorial sustentável. É, antes de tudo, símbolo do compromisso de transformar, para melhor, a realidade do Maranhão e a vida dos maranhenses.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.