Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Semana da Amamentação é encerrada com ações educativas no Parque do Itapiracó




Os benefícios da amamentação para a mãe e a criança, assim como o seu papel no desenvolvimento infantil e sustentável, integraram as ações da Semana da Amamentação, promovida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) em parceria com os profissionais de saúde das unidades de saúde sob a gestão do Instituto Acqua, em São Luís. As atividades foram encerradas na tarde de sábado (6), com ampla programação no parque ambiental da Reserva do Itapiracó.
O aleitamento materno é considerado a forma mais saudável de alimentar o bebê. O leite está sempre na temperatura ideal, pronto, dispensando preparo prévio, e não agride o meio ambiente. Presente ao evento, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destacou que a redução da mortalidade materno infantil vem ocorrendo desde 2015.
“Sabemos que é necessário manter ações permanentes para evitar um déficit histórico. A atividade de amamentação é mais um cuidado que nós temos com a mãe e com a criança. Durante a Semana da Amamentação, estamos conscientizando nossas mães para a necessidade da amamentação, exclusiva até os seis primeiros meses de idade, salvo nos casos de complementação com recomendação médica”, explicou o titular da SES.
Os profissionais de saúde das Maternidades Marly Sarney, Benedito Leite e Nossa Senhora da Penha, do Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos e do Centro de Referência em Neurodesenvolvimento, Assistência e Reabilitação de Crianças (Ninar) orientaram o público presente sobre o aleitamento materno, os cuidados com o bebê e distribuíram material informativo.
A advogada Ludmila Cristina Dutra Sousa Almeida, mãe de duas crianças, de 10 anos e da caçula de 2 meses, também participou da atividade. “A Letícia desde que nasceu ‘pegou’ no peito. O aleitamento materno é muito importante”, ressaltou. 
Cleidimar Cutrim, coordenadora geral de Enfermagem da Maternidade Marly Sarney, explicou que o aleitamento materno é bom para mãe e o bebê, além de não agredir o meio ambiente. “O tema de 2016 é voltado para o desenvolvimento sustentável. O leite materno está pronto. A opção mais saudável evita prejuízo ao meio ambiente, com produtos e embalagens industrializadas”, comentou.
Pequeno Maranhense
As ações do Programa Ninar (Bolsa Pequeno Maranhense), lançado pelo governador Flávio Dino no início deste ano, estimulam a realização do pré-natal e os cuidados indispensáveis ao recém-nascido nos primeiros dias de vida com as maternidades de referência. O público presente ao evento recebeu orientações sobre o funcionamento do programa, que promove orientações da gestação ao pós-parto no período da gravidez.
Na unidade de saúde, as gestantes que participam do projeto recebem um kit composto por bolsa, fraldas, termômetro, cartilha informativa, toalha, frasco de álcool em gel e um pacote de gazes para os primeiros cuidados com os recém-nascidos. “Durante a Semana da Amamentação, a nossa equipe orientou homens e mulheres, sobretudo as mamães, sobre os cuidados com o recém-nascido, principalmente na hora do banho, com movimentos suaves, para que elas tenham segurança na execução dos cuidados iniciais e diários com o bebê”, disse Ana Poliane Gomes Ribeiro, terapeuta ocupacional da UTI Neonatal do Hospital Juvêncio Mattos.
Atendimento
A ação contou com jogo de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, verificação da pressão arterial e testes de glicemia, além da campanha de doação de livros, que serão cadastrados no site www.bookcrossing.com.br, etiquetados e libertados em locais públicos pelo Instituto Acqua.
Também participaram da ação o secretário adjunto da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde, Marcelo Rosa, e a secretária adjunta de Administração, Dayane Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.