Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Viaturas com alta tecnologia aprimoram atuação policial no Maranhão




As 279 viaturas já entregues pelo governador Flávio Dino às Forças Policiais do Estado – serão 300 até o final deste ano, já apresentam importantes resultados. Com tecnologia embarcada e sistema de comunicação integrado, os veículos, aliados ao incremento de 1.500 novos policiais militares e civis, permitiram o posicionamento estratégico do sistema de Segurança do Maranhão e a redução de importantes marcas, como o número de homicídios em torno de 20% no período entre janeiro e junho de 2016 se comparado ao mesmo período de 2014, aumento na apreensão do número de drogas, entre outros.

Para o comandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Frederico Pereira, a ostensividade das viaturas é perceptível e já oferece mais segurança à população. “Se o cidadão sabe que uma viatura está em determinado local, ele cria uma referência e isso faz com que ele tenha um conforto, porque sabe que, se precisar, ele pessoalmente poderá acionar a polícia com facilidade. As viaturas estão sendo distribuídas nas unidades que têm maior abrangência. Com essas viaturas, além de manter o policiamento que já existe, vamos ampliá-lo”, afirmou o comandante da PM.

Além do incremento em quantidade, os novos veículos entregues pelo Governo do Maranhão reforçam a segurança no estado com a qualidade da tecnologia disponível e adequação dos veículos para o trabalho, como destacou o secretário Jefferson Portela.

Diferente do que existia antes, em que tínhamos carros de passeio pintados como viaturas, agora temos veículos adequados para esse trabalho ostensivo. Carro de passeio não pode ser viatura e é para isso que nós estamos trabalhando”, destacou.

Veículos

Os carros, todos do tipo pick-up ou semi-pick-up e nos modelos Duster e Pajero Dakar são equipados com cinco câmeras capazes de realizar o monitoramento em todo o perímetro em que a viatura se encontra, inclusive à noite, em ambientes com baixa luminosidade.

As câmeras e imagens podem ser remotamente controladas pelo Ciops, o que, na opinião do soldado do 8° Batalhão da PM, Rafael Araújo de Sousa, é uma segurança a mais para o policial em serviço. “Estamos aqui, mas sabemos que várias equipes acompanham nosso trabalho, podemos ser avisados e acompanhamos sobre tudo que acontece também nos outros pontos, é um trabalho em equipe que com certeza dá bons resultados”, afirmou.

Além disso, o sistema de transmissão e armazenamento de imagens possibilita ao policial receber informações sobre suspeitos de onde estiverem. Possuem ainda função de rastreamento; tabletes para monitoramento das operações em tempo real; GPS e sistema de localização. “Esse sistema é importante porque auxilia no desenho de rotas e rastreamento dessas viaturas, mostrando os caminhos que elas percorrem e fornecendo informações”, informou o Comandante Geral da PM, Frederico Pereira.

Para o sub- comandante Coronel Jorge Luongo, a tecnologia embarcada também ajuda na melhoria dos serviços prestados pelos policiais. “É uma tecnologia que faz a diferença porque nos permitiu elaborar um modelo de Procedimentos Operacionais Padrão, segundo o qual indicamos quais os procedimentos básicos de abordagem, de revista, de contato com a comunidade. Isso serve de material para avaliação, os policiais que realizam o trabalho da maneira correta, como tem que ser, são reconhecidos, valorizados e os que não, temos a possibilidade de fazer as correções”, esclareceu o Sub- Comandante da PM, Coronel Jorge Luongo.

Luongo também destaca a melhoria alcançada com os novos veículos. “Toda nossa tecnologia era analógica ou feita por celulares, o que é inadmissível para o trabalho de segurança”, afirmou. Ainda de acordo com o Coronel, os investimentos em comunicação reforçam o trabalho que pode ser feito com as viaturas. “No ano passado o Governo do Maranhão investiu R$ 8 milhões em um sistema de comunicação digital que já apresenta resultados como a diminuição no nosso tempo de resposta nas ocorrências”.

No atual sistema de comunicação, além de pontos fixos, localizados no Ciops e nos quartéis da PM, há os pontos móveis, presentes nos veículos, e a comunicação portátil, os ht’s levados pelos soldados.

Operações

Nas grandes rotatórias, as viaturas configuram uma ação de presença, contemplando o aspecto de visibilidade da polícia e viabilizando o policiamento nas áreas adjacentes. “Em cada viatura, há um cartão-programa, que desenha toda a movimentação da viatura durante o dia, sinalizando quando deve haver paradas e rondas”, disse o coronel Pedro Ribeiro, que destacou o alcance desta ferramenta.

Com a chegada das novas viaturas, a Polícia Militar do Maranhão pôde realizar operações de ostensividade como a Malha Metropolitana, que cria referenciais para a população de pontos em que há viaturas nos principais corredores de São Luís, a Operação Poseidon, em que forças-tarefas atuam em pontos críticos mapeados com antecedência, a Cerco Total, de combate a homicídios e a mais recente, Busca Implacável, que realiza buscas e revistas com foco na redução de assaltos a ônibus.

Tivemos também o incremento de policiais numa Polícia que estava há sete anos sem concurso público. Também adquirimos novas armas e essa reestruturação tem permitido uma maior atuação da segurança, e toda essa ação está sendo expandida, também, para o interior”, afirmou o Coronel Pereira.

Resultados

O modelo de gestão e planejamento desenvolvido no Maranhão permitiu uma redução de 7,8% nos índices de criminalidade já no primeiro ano de gestão do governador Flávio Dino, superando a meta estabelecida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que para cada ano tem como meta reduzir os índices de criminalidade em 5% e ao fim de quatro anos totalizar uma redução de 20%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.