terça-feira, 13 de setembro de 2016

Ciro Gomes: ´´Cid apontou o dedo e mostrou para o país quem era Eduardo Cunha``



Ciro Gomes
Responsável direto pelo golpe que feriu a democracia brasileira e levou Michel Temer ao Planalto, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi cassado por 450 votos, nesta madrugada, e enfrentou a traição de muitos parlamentares que ajudou financeiramente.

Ciro Gomes presidenciável do (PDT) comentou sessão que decidiu a cassação do ex-presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que aconteceu ontem. Ante da decisão, em sua página no Facebook, ele compartilhou o vídeo do episódio em que seu irmão, Cid Gomes - então ministro da Educação -, referiu-se a Cunha como "achacador".

 "Enquanto Cid, de Sobral, encarou o corrupto de frente, muitos se confraternizaram com ele. Hoje o corrupto vai sentir o gosto da trairagem", postou Ciro.

             

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.