segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Provas do concurso para Secretaria da Fazenda foram realizadas neste domingo (11)




Neste domingo (11) foram realizadas as provas para os cargos de auditores e técnicos fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). As provas objetivas foram aplicadas em duas etapas e visam o preenchimento de 50 vagas no quadro efetivo da secretaria. O certame foi organizado pela Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep) e oferece remunerações de R$ 9.600,00 para auditor e R$ 4.715,00 para técnicos. Mais de 7.600 candidatos realizaram inscrição para realização das provas.

Engenheiro elétrico, desde 2015 Thiago Noleto se preparava para concursos na Área Fiscal. Natural de Teresina, o engenheiro viu no concurso a oportunidade de melhorias na carreira e garantias salariais. “Estudo de seis a oito horas por dia e estava há muito tempo esperando por esse concurso que na verdade já era pra ter sido feito desde 2013. O governo Flávio Dino prometeu e cumpriu. O Estado precisa de controle fiscal e para gente que estuda é muito bom, é uma oportunidade cheia de vantagens para a carreira profissional, o salário é bom e enche a gente de esperança”, declarou.

Auditora em Belém, Tania Sheila Nascimento Bernardo também veio ao estado em busca de satisfação pessoal e profissional. “A gente faz esse esforço porque é uma chance de ter satisfação profissional, pessoal e buscar qualidade de vida com o nosso trabalho”, destacou.

Estudante de Letras em Presidente Dutra, Solange da Silva também veio a São Luís para realização das provas. Ela concorreu ao cargo de Técnico e buscava no certame a estabilidade e oportunidade de um emprego melhor. “A gente sabe que a situação financeira do país não é das mais fáceis e que bom que nosso estado continua fazendo concursos públicos, a gente pode concorrer e buscar uma condição melhor de trabalho”, declarou.

A avaliação dos inscritos será feita a partir das provas realizadas neste domingo, compostas de dois testes objetivos, com caráter eliminatório e classificatório. A avaliação de Conhecimentos Gerais foi realizada no período da manhã. Já o exame de Conhecimentos Específicos, aconteceu no período vespertino. Ao todo, foram 140 questões objetivas de múltipla escolha (70 em cada período), para cada cargo.

São 35 vagas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual – Administração Tributária, 10 vagas para Técnico da Receita Estadual – Arrecadação e Fiscalização de Mercadorias em Trânsito e cinco vagas para Técnico da Receita Estadual – Tecnologia da Informação. Para todos os cargos, é necessário possuir diploma devidamente registrado de conclusão de curso de graduação de Ensino Superior, fornecido por Instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

As vagas serão distribuídas em cidades do Maranhão de acordo com a necessidade da Secretaria da Fazenda (Sefaz). Atualmente, o órgão conta com 22 agências de atendimento, 19 postos fiscais e seis Unidades de Fiscalização Regional (UFRE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.