Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Detran-MA lança segunda etapa do ‘CNH Jovem’




O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA) lançou, nesta quinta-feira (6), a 2ª Etapa do Programa ‘CNH Jovem’. A apresentação ocorreu durante entrevista coletiva, no auditório do órgão, em São Luís. Este ano, o Programa beneficiará três mil jovens entre 18 e 21 anos com a gratuidade da carteira de motorista para dirigir carro, motocicleta ou ambos.

Presentes, a diretora geral do Detran-MA, Larissa Abdalla; a secretária de Estado da Juventude, Tatiana Pereira; o controlador do Detran-MA, João Moraes; o primeiro beneficiado pelo ‘CNH Jovem’, na edição anterior, Raílson Santiago; e representante das autoescolas, Messias Ramos.

Larissa Abdalla destacou a importância do Programa no combate às mortes de jovens no trânsito. “O jovem de 18 a 21 anos, justamente na faixa etária do Programa, é o grupo de maior incidência entre as vítimas de acidentes de trânsito. Quando o governo Flávio Dino investe no ‘CNH Jovem’, está salvando vidas”, afirmou Larissa Abdalla.

A secretária de Estado da Juventude, Tatiana Pereira, ressaltou a relevância social do ‘CNH Jovem’. “A promoção e ampliação da gratuidade é uma demonstração de compromisso do Governo em reduzir as desigualdades sociais. O programa é uma grande oportunidade, visto que, tirar uma carteira de motorista é um custo alto para a maioria das famílias maranhenses”, analisou a Secretária.

Até a manhã desta quinta-feira (6), havia mais de três mil inscritos no ‘CNH Jovem’ 2016/2017. O controlador do Detran-MA, João Moraes, apresentou os números do Programa. “Já recebemos mais de três mil inscrições em menos de uma semana da abertura do cadastro, no último dia 30 de setembro. No ano passado, o ‘CNH jovem’ ultrapassou a marca de 22 mil inscritos para as duas mil vagas ofertadas, destas, 1.064 jovens conseguiram tirar a carteira de motorista”.

O jovem Raílson Santiago, primeiro beneficiado a iniciar o processo de habilitação gratuito pelo ‘CNH Jovem’, na edição de 2015/2016, falou o que representou o programa para ele. “Eu precisava dirigir para levar a minha avó para consultas e hospital, por causa das doenças próprias da idade avançada. Assim, o programa beneficiou a mim e a minha família”.

Dono de autoescola, Messias Ramos recebeu 40 alunos na edição anterior do ‘CNH Jovem’ e revelou que fez um trabalho diferenciado com essa turma. “Os alunos do ‘CNH Jovem’ receberam uma atenção especial. Para que conseguíssemos um aproveitamento maior das aulas, dividimos a turma em duplas, e um aprendia também com o outro. O resultado foi extremamente satisfatório, quase todos conseguiram se habilitar em pelo menos uma categoria, para dirigir moto ou carro”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.