Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Envie informações,denúncias para: vauney-10@hotmail.com ,(99) 9 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976, sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Força-tarefa controla queimadas florestais e garante assistência à população




A efetividade dos serviços operacionais do Corpo de Bombeiros e as ações de Proteção e Defesa Civil estão em pleno funcionamento na cidade de Caxias e já apresentam controle dos focos de incêndios florestais após a atuação tática da “Operação Fênix”. As ações, que já estão em curso desde a semana passada, continuaram nesta segunda-feira (18) e contam, também, com uma unidade de trabalho para ajudar as famílias que sofreram danos materiais.

Uma força tarefa composta pelo Centro Tático Aéreo (CTA), Defesa Civil Municipal, Exército Brasileiro, Secretarias Municipais de Saúde, Assistência Social, Agricultura, Bombeiros Civil e Polícia Militar integram o “Comitê Emergencial” de combate às queimadas e se relacionam com Sistema de Comando de Incidentes, permitindo uma atuação mais rápida e eficaz no combate ao incêndio florestal e a amenização das perdas sofridas pelas famílias atingidas pelas queimadas.

As operações terrestres de combate ao fogo estão distribuídas em três bases operacionais. A base do Complexo Operacional do 5ºBBM/CBMMA, que fica concentrando o atendimento das demandas urbanas. E as Bases do povoado Bom Jardim e da Fazenda Esperança, que são pontos estratégicos da zona rural, combatendo e prevenindo os povoados dos focos de incêndio.

Ao todo 85 Bombeiros Militares então trabalhando na “Operação Fênix”. Mais de 155 mil litros já foram utilizados pelas aeronaves do CTA, que disponibilizou uma aeronave de Asa Rotativa, modelo Esquilo B2 para o combate efetivo com Bambi Bucket (dispositivo capaz de carregar 500 litros de água) e outra de asa fixa de monomotor para o reconhecimento das áreas atingidas.

De acordo com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto, a situação dos incêndios florestais em Caxias está sob controle.  “Desde domingo estamos debelando todos os focos. A resposta está sendo eficaz. A situação está controlada e agora estamos realizando o trabalho de monitoramento”, ressaltou.

Ele explicou, ainda, que o Corpo de Bombeiros está acompanhando a situação de outros municípios propensos a queimadas para evitar que ocorra cenários extremados. “As ações de assistência também vão sensibilizando os moradores do entorno. A gente tem observado muitas roças que estão com mato cortado, seco, e as pessoas não estão fazendo mais queimadas, isso já é sinal de conscientização”, pontuou Célio Roberto.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o município de Caxias, que já ocupou a primeira colocação, está atualmente em 24º lugar no ranking nacional de focos de queimadas, apresentando 81 focos do total de 3.806 focos de queimadas no bioma cerrado depois da força-tarefa realizada pelo Governo do Estado para controlar a situação dos incêndios florestais.

Assistência

A prefeitura municipal de Caxias, através da secretaria municipal de agricultura, disponibilizou para doação 500 Kg de peixes, frangos, frutas e leguminosas, e ainda por meio da secretaria municipal de assistência social, realiza a identificação e cadastros das famílias necessitadas.

Já a secretaria municipal de saúde, representada pela coordenação de atenção básica, faz os serviços de atendimentos à saúde, com equipes distribuídas nos povoados atingidos pelo fogo. O Exército Brasileiro e os Bombeiros Civis estão trabalhando na recepção, contagem e divisão das doações no 5ºBBM.

As ações de proteção e defesa civil, desenvolvidas pelo Corpo de Bombeiros se concentram no apoio logístico das distribuições de cestas básicas, água mineral, móveis, roupas e utensílios domésticos. Após levantamento das necessidades, o Governo do Estado iniciou também a entrega de cestas básicas e barracas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.