terça-feira, 25 de outubro de 2016

Ministros devem ser vegetarianos! Empresários da vaquejada estão em Brasília para protestar contra decisão do STF



Decisão do STF derruba tradição popular nordestina. A vaquejada, apesar de ser uma demonstração cultural da Região, foi considerada um tipo de recreação ilegal. O ´´valeu boi`` foi considerado esporte brutal por maltratar o animal e causar crime ambiental.

Embora seja uma atividade recreativo-competitiva, baseada na perseguição de dois vaqueiros emparelhados, montados a cavalo, com a finalidade de derrubar o boi na faixa de areia fofa, a festa também produz benefícios econômicos. Movimenta milhões de reais, gera emprego, atrai bom público, reúne famílias que adoram curtir a diversão ao ar livre.

os defensores dos animais alegam que o esporte provoca consequências físicas. Fratura membros, pode arrancar o rabo com o forte puxão dado pelo destemido vaqueiro. Na ânsia de conquistar pontos ao derrubar o boi justamente em cima da faixa.

Nesta terça-feira (25), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, acontece grande manifestação a favor das vaquejadas. A organização do evento é da ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha) com o apoio da ABVAQ (Associação Brasileira de Vaquejada).

Segundo reportagem do Bom Dia Brasil, da Rede Globo, cerca de 400 caminhões procedentes  do Norte e Nordeste, estão em Brasília. Centenas de cavalos serão usados durante a manifestação.

O STF criou uma polêmica boba em torno da vaquejada.É de se imaginar que o mesmo Supremo Tribunal Federal há de proibir, na sequência, a Festa do Peão de Boiadeiro (rodeio) em Barretos, cuja crueldade com os animais já é conhecida.

Será que no dia que os contrários ao esporte comem aquela carne de porco, frango ou boi, pensam nos bichinhos sendo abatidos? Será que quando usam uma bolsa de couro ou um sapato de couro pensam nos bichinhos. Acho que não. São vegetarianos? Caso não sejam fiquem calados, porque não têm moral pra falar de vaquejada. Uma tradição nordestina. Tipicamente do interior.

Concordo que como todos os esportes tem que se regulamentar e profissionalizar. Isso sim. Pra moralizar.

Então, senhores ministros, deixem o churrasco de lado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.