quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Pavimentação da Rodovia Josimo Tavares traz novas perspectivas para os moradores



Entregue pelo Governo do Estado em julho deste ano, a pavimentação da Rodovia Josimo Tavares, mais conhecida como ‘Estrada do Arroz’, mudou a vida das comunidades que moram ao longo da via. “Fazia tempo que isso era só uma promessa. Vivíamos na poeira e lama. No inverno, muitas vezes tínhamos que atravessar de canoa porque os riachos transbordavam e cortavam a estrada. Agora o sufoco ficou só na lembrança”, disse Celino Martins, que mora próximo à rodovia há mais de 40 anos.

A rodovia recebeu 47 quilômetros de pavimentação completa e 11 quilômetros de recuperação, mais a construção de nove pontes de concreto, interligando Imperatriz à Cidelândia. Com isso, além de melhorar o acesso às cidades próximas, há uma alternativa para quem vai ao Pará, o que contribui para desafogar o fluxo de veículos na BR-010.

Outro benefício é para quem mora em uma das 25 comunidades rurais ao longo da ‘Estrada do Arroz’ e vive da produção agrícola. “Os carros ficavam atolados na rua. Quem levava leite ou outro produto que estragava vivia na agonia”, lembra Celino Martins.

Para quem trabalha na maior cidade da região também ficou melhor. “Moro entre Imperatriz e o povoado Matança, porque trabalho na cidade e venho para cá aos finais de semana. O acesso ficou muito mais rápido e confortável”, conta a professora Cristina Viana.

Visando garantir a qualidade dos serviços, todo o projeto passou por uma readequação ainda no início do ano passado, quando Flávio Dino recebeu a gestão do Estado. Na versão anterior, não estava previsto o tráfego intenso de veículos e nem as áreas urbanas.

De acordo com o Secretário Clayton Noleto a conhecida estrada do arroz, de inúmeras promessas e ordens de serviços assinadas se tornou uma lenda regional. “Em todo o Estado do Maranhão as pessoas conheciam a estrada do arroz que nunca saiu do papel e agora na gestão Flávio Dino sob a execução da Sinfra, conhecem a rodovia Padre Josimo Tavares, entregue à comunidade e ajudando a melhorar a qualidade de vida da população”, frisou Noleto.

Além do pavimento, a estrada recebeu a sinalização horizontal e vertical.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.