Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Rede Estadual de Ensino consegue o seu melhor desempenho em toda a história da Olimpíada Brasileira de Matemática



Estudantes da Rede Estadual de Ensino conquistaram 33 medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP – 2016), sendo uma de ouro, quatro de prata e 28 de bronze.  É um desempenho histórico da rede, em 12 anos da competição.

A OBMEP é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), e parceria das Secretarias de Educação.  Ela tem como objetivo estimular e promover o estudo da Matemática entre estudantes das escolas públicas; contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica; identificar jovens talentos e incentivar seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas; incentivar o aperfeiçoamento dos professores e contribuir para a sua valorização profissional. Participaram da competição estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e dos três anos do Ensino Médio.

Entre os premiados estão: Eduardo Silva Feitosa, do C.E. Rosalina Sá (Feira Nova do Maranhão), medalhista de ouro; Safira Mendes Pessoa, aluna da U.I. Aluísio Azevedo (São Luís); Ruan Waler Reis Paiva, da U.I. Artur Azevedo (São Luís); Antônio José Andrade Silva, do C.E. Antônio Sirley Arruda Lima (Formosa da Serra Negra); e Breno Carlos Bezerra da Silva, do C.E. Josélia Almeida Ramos (São João dos Patos), medalhistas de prata.

A Rede Estadual obteve o seu melhor resultado e a maior participação na história em todas as edições da Obmep, com 844 escolas participando da competição, contra 763 inscritas, em 2015.

Além das medalhas, os alunos premiados na Obmep garantem a participação no Programa de Iniciação Científica Júnior, em 2016.  A olimpíada reconhece, ainda, o trabalho dos professores, das escolas e das secretarias de educação. Cinco professores de matemática foram premiados pelo desempenho de seus trabalhos. “Em 2015 já havíamos conseguido o nosso melhor resultado com 27 medalhas. E este ano conseguimos superar o resultado anterior trazendo, inclusive, uma medalha de ouro e seis de prata. É um resultado expressivo para a nossa rede, mas, nós queremos mais. E temos certeza que, com o apoio do nosso secretário Felipe Camarão e do nosso governador Flávio Dino, as nossas escolas terão muito mais condições de melhorar esse desempenho na OBEMEP e nas demais competições”, disse Akemi Wada, superintendente de Ciência e Tecnologia da Seduc.

Para melhorar o desempenho do Maranhão no ranking da Obmep, as escolas da Rede Estadual, em todas as Unidades Regionais de Educação (URE’s), realizaram atividades preparatórias com reforço do conteúdo da olimpíada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.