Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Retrospectiva: Mais IDH transforma vida de maranhenses das cidades mais pobres do estado




Em menos de dois anos, o Plano de Ações Mais IDH já mudou a vida de milhares de maranhenses que por várias décadas foram penalizados sem acesso a políticas públicas ou mesmo direitos básicos, como o acesso a certidão de nascimento ou carteira de identidade. Essa realidade está mudando, o primeiro passo foram os Mutirões do Mais IDH, quando mais de 110 mil documentos foram expedidos, garantindo o acesso de maranhenses a serviços básicos em áreas como saúde, educação, habitação, assistência social, dentre outras.

O Mais IDH tem como finalidade melhorar os indicadores sociais nas regiões atendidas com a realização de ações planejadas e que consideram as demandas mais urgentes da população. A intenção do nosso governo, que é um governo que se preocupa com as pessoas, com os mais pobres, é que essas ações possam alterar não apenas as estatísticas, mas, sobretudo, alterar a condição de vida do povo maranhense”, declarou o governador Flávio Dino.

O Plano de Ações Mais IDH tem como prioridade os 30 municípios mais pobres do estado levando ações nas áreas de Saúde, Educação, Infraestrutura, Assistência Social, Saneamento Básico, Cidadania, Esporte e Cultura, totalizando 23 iniciativas. O resultado deste trabalho é a melhoria da qualidade de vida das populações beneficiadas, um passo importante para tirar estas regiões da miséria e pobreza extrema.

Dentre os programas está o ‘Sim, Eu Posso’, implantado em oito cidades e que já tirou da sombra do analfabetismo mais de 9 mil maranhenses e outros 4,6 mil estão sendo alfabetizados. São pessoas como Maria Amância, que não teve oportunidade de estudar na juventude e agora, aos 59 anos, finalmente pode aprender a ler e escrever. O programa está garantindo dignidade aos maranhenses.

Além disso, com o programa ‘Escola Digna’, as atuais escolas de barro, palha e sem qualquer condição de ensino, darão lugar a unidades com toda a estrutura. Estão sendo construídas novas escolas de alvenaria. O ‘Bolsa Escola – Mais Bolsa Família’ é outra ação na área que já garantiu material escolar para mais de 92 mil estudantes das cidades incluídas no Plano Mais IDH.

De acordo com o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, a gestão estadual tem desenvolvido vários programas para minimizar problemas que há décadas afligem a população destas cidades. “O plano é o símbolo do compromisso do governador em transformar, para melhor, a realidade do Maranhão e a vida dos maranhenses. Todos estes projetos são fruto do Mais IDH e o governo pretende ampliar as ações”, pontuou.

Outro programa de grande impacto é o ‘Minha Casa, Meu Maranhão’, destinado a pessoas que viviam em condições de extrema precariedade e que serão beneficiadas com habitações em construção em 15 municípios. São 1.500 casas, garantindo moradia digna a 7.500 famílias. A meta é construir três mil moradias.

Assim como na moradia, a realidade da Saúde também muda nas cidades atendidas pelo Plano Mais IDH. Agora a saúde está ao alcance de todos com o atendimento das demandas prioritárias pelas equipes da Força Estadual de Saúde do Maranhão (Fesma), que alcançou mais de 200 mil pessoas de todas as idades. São disponibilizados atendimentos em saúde básica, realização de exames, consultas e procedimentos diversos, além de ações educativas.

Água de qualidade também é saúde e populações que não contavam com esse benefício há décadas, hoje vivem outra realidade vendo água em suas torneiras. Por meio dos ‘Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água’ serão instaladas 66 unidades que vão garantir o abastecimento em 22 municípios. Perfuração de poços e construção de reservatórios também integram as ações de saneamento básico.

BOX

Fala Povo
Quando eu era criança, meu pai não me deixou estudar. Quando casei, meu marido também não deixou. Depois que fiquei velha, tinha vergonha de ir para escola. Mas aí o povo da cidade começou a dizer que sim, nós podíamos estudar”.
Maria Amância, 59 anos, estudante de uma das turmas do ‘Sim, Eu Posso’

Eles ajudam a melhorar nossa saúde dando o medicamento, dando atenção. Minha filha Taila estava desnutrida. Por causa de vocês, ficamos todos com saúde”.

Maria de Jesus Aroucha, 59 anos, atendida pelas equipes da Força Estadual de Saúde

Eu nunca tinha comprado material escolar para eles porque não tinha condição. Agora eles vão poder ir para escola com o materialzinho deles e estou achando ótimo!”.

Erinalva Evangelista da Silva, 25 anos, tem os filhos beneficiados pelo Bolsa Escola - Mais Bolsa Família


Ações do Mais IDH
Força Estadual de Saúde
Saúde para Todos
Programa Escola Digna
Mobilização pela Alfabetização 1 – Programa Brasil Alfabetizado
Mobilização pela Alfabetização 2 – Projeto Sim, Eu posso
Cozinhas Comunitárias
Saneamento Básico Rural
Busca Ativa
Gestão da Política de Assistência
Bolsa Escola – Mais Bolsa Família
Minha Casa, Meu Maranhão
Capacitação em Gestão
Sistemas integrados de Tecnologias Sociais
Programa Mais Agricultura Familiar
Regularização Fundiária e Consolidação de Assentamentos
Feiras da Agricultura Familiar
Formação e Capacitação Mais Agricultura Familiar
Leitura no Campo
Projeto do Crédito Fundiário
Mutirão Mais IDH
Comitês Municipais Mais IDH
Abastecimento de água tratada com rede plena de distribuição
Plano Mais IDH em Números e Mapas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.