segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Suplente é preso suspeito de mandar matar vereador eleito de Godofredo Viana


Zé do Bode
A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, por meio da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), apresentou, na tarde desta segunda-feira (13), o vereador José Gomes, o Zé do Bode (PR), como suspeito de ter mandado matar o vereador eleito da cidade de Godofredo Viana, conhecido como Cesar da Farmácia (PR).

O crime ocorreu na última quarta-feita (7), quando Cesar estava em seu estabelecimento, poucas horas depois de ter sido diplomado pela Justiça Eleitoral. Segundo a polícia, câmeras de segurança registraram quando dois homens chegaram na farmácia e efetuaram três tiros contra Cesar, que morreu no local. O delegado responsável pela investigação, Samuel Farias, revelou que um dos homens que atiraram contra a vítima, tem ligação com Zé do Bode, o que facilitou chegar até o suspeito de encomendar a morte do vereador eleito.

Nas eleições de outubro, Zé do Bode não conseguiu a reeleição,ficou como suplente, perdendo a vaga para Cesar da Farmácia, com diferença de 21 votos. Com a morte de Cesar, Zé do Bode assumiria a vaga.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.