Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Envie informações,denúncias para: vauney-10@hotmail.com ,(99) 9 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976, sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Beneficiários do Bolsa Escola podem consultar crédito via internet desde quinta (12)




Desde ontem,quinta-feira (12), beneficiários já podem consultar o saldo dos cartões Bolsa Escola no site do programa (www.bolsaescola.sedes.ma.gov.br). Com a inovação, o Governo do Maranhão amplia os canais de comunicação com o público atendido pelo benefício. Por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), o Bolsa Escola transfere renda para 1 milhão e 110 mil alunos da rede pública na compra de material escolar.

Para consultar o crédito do Bolsa Escola no site, o usuário só precisa disponibilizar CPF e o número do cartão. O beneficiário também pode verificar o crédito através da Ouvidoria, no telefone 0800-098-16-56, ou consultar um caixa eletrônico do Banco do Brasil. A Ouvidoria funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h, e aos sábados e domingos, das 8h às 14h. 

O Governo do Estado liberou, na terça-feira (10), um total de R$ 59,2 milhões em recursos para viabilizar a segunda etapa do Bolsa Escola. Como há um prazo de até 48 horas para compensação nos cartões, o beneficiário pode verificar o crédito nos canais de comunicação do programa antes de ir às compras.

Rede municipal de atendimento

O Governo do Maranhão vai fechar parceria com prefeituras para inclusão dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) no atendimento aos beneficiários do Bolsa Escola. O acordo facilitará o acesso da população ao benefício, ao disponibilizar uma rede física para tira-dúvidas sobre o programa. 

A pactuação entre Estado e municípios está prevista para 24 de janeiro, quando serão formalizadas as competências da coordenação estadual e das gestões municipais para o bom funcionamento do Programa Bolsa Escola. Por meio da parceria, a entrega de cartões para novos beneficiários, e 2ª via em caso de perda ou roubo, passa a ser atribuição dos CRAS.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evagelista, a ampliação do atendimento é parte das melhorias realizadas no programa social. “O Governo do Maranhão busca aperfeiçoar ainda mais o Bolsa Escola, cercando-se de todo o aparato possível para que o benefício chegue de fato a todos as crianças e adolescentes contemplados pelo programa”, afirmou.

Bolsa Escola

O Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) transfere renda para alunos da rede pública, com idade de 4 a 17 anos, para compra de material escolar. Após reajuste de 12,5%, o valor do benefício subiu, este ano, para R$ 51,00 por criança. Não há limite para crianças beneficiárias em uma mesma família, desde que atendidas as exigências do programa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.