Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Envie informações,denúncias para: vauney-10@hotmail.com ,(99) 9 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976, sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Governo lança edital com 3.200 vagas de cursos para a formação profissional




Para quem deseja se qualificar e estar mais preparado para o mercado de trabalho, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) lançou, na tarde desta segunda-feira (9), o Edital UV – Iema Nº 001/2017. São 3.200 vagas para cursos de Formação Inicial e Continuada (FICs) e oficinas nas unidades vocacionais do Instituto de Educação, Ciência, Tecnologia do Maranhão (Iema).

No total, 22 municípios serão contemplados em 25 unidades do Iema distribuídos em várias regiões do estado. Os interessados podem se inscrever, no período de 10 a 13 de janeiro, de forma gratuita nas unidades vocacionais do Iema. Todas as informações estão disponíveis no edital, que pode ser acessado por meio do endereço eletrônico www.secti.ma.gov.br e www.iema.ma.gov.br.

Os cursos FICs têm carga horária que varia de 160 horas a 200 horas e das oficinas de 8 horas a 40 horas. Para a conclusão de curso e certificação, o estudante deverá cumprir o mínimo de 75% de frequência e alcançar média igual ou superior a sete, no processo da formação profissional. Os cursos abrangem diferentes áreas, desde o inglês básico a alguns mais específicos como o de açailcutor, sempre de acordo com a vocação econômica e social de cada município.

A cerimônia de lançamento do edital com as 3.200 vagas ocorreu na unidade vocacional do Iema Praia Grande, em São Luís, e contou com a presença do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, e do secretário Adjunto de Educação Profissional, Tecnológica e Inclusão Social, coordenador do Iema vocacional, André Bello.

Segundo o secretário Jhonatan Almada, o objetivo é promover a formação profissional. “Queremos atender às demandas existentes de formação profissional local, tendo em vista a inserção produtiva na perspectiva de melhorar os indicadores econômicos e sociais do Estado. Neste processo, contribuir para o acesso de jovens e adultos ao mercado de trabalho com a educação profissionalizante, proporcionando oportunidades à população”, afirmou o secretário Jhonatan Almada.

André Bello ressaltou que alguns cursos serão ofertados pela primeira vez, como o do beneficiamento do abacaxi, em Turiaçu. “Neste curso o aluno vai aprender a fazer geleia e outros produtos derivados da fruta. Sabemos que neste município há uma produção forte do abacaxi, então queremos disponibilizar uma formação que vai ajudar na renda dos estudantes, gerando verdadeiros empreendedores que poderão colocar em prática o que aprenderam em sala de aula, desenvolvendo a economia do estado”, declarou.

Há cursos também voltados para a área da tecnologia como desenvolvedor de aplicativos para dispositivo móvel; recursos naturais como o de agricultura orgânica. Na área de gestão e negócios como gestão cooperativa e empreendedorismo solidário. Na área de embarcações com a construção de embarcações artesanais maranhenses. E na produção alimentícia com o curso de panificação e confeitaria, dentre outros.

Um comentário:

  1. Bom…,

    Portanto, visto que agorinha chegou o amanhecer do 1º domingo de 2017, vamos vestir-nos, tomarmos o café da manhã — de preferência um capuccino –, e vamos trabalhar no PC para ter dias melhores, tendo sempre o capacete e a espada à mão.

    Os nossos inimigos já sabemos! São a picaretagem, a baranguice, a cafonice, o Kitsch, a breguice e a mentira publicitária de Mídias Sociais do Petismo.

    Embora, por outro lado, já tenham sido privados daquela imagem ilusória de invencibilidade que tinha sido criada por João Santana, e feito tanta gente tornar-se isentona e alienada, postando coisinhas infantis e oba-oba em sítios como o G+ e Facebook. E, daí, esquecendo totalmente de falar mal do PT.

    Todos esses bregas e essas bregas, que são categoricamente a favor das forças financeiras das trevas, vão continuar passivas e isentonas em 2017! Como se nem o ano 2016 tivesse acabado e passado. Afinal, sabemos, petistas têm Natal e reveillon ruins e antiquados. O ano 2016 foi o da vitória. Esses asseclas do Petismo [e seus satélites] estão longe de ser derrotados. A baranguice é tal qual ERVA DANINHA, cresce a minuto. Portanto fiquem de OlhOs bem abertos!

    MAS, MESMO ASSIM, SERÁ UMA NOITE NÃO SOTURNA E SIM SOLAR E ALEGRE!

    O que queremos dizer é que a luta continua. Mas será uma luta mais alegre e mais solar, porque vemos divisões e dúvida no coração do inimigo, e vemos as primeiras luzes do sol, depois de uma longa noite de 13 anos de toda espécie de baranguice.

    ¿Por quê? ¿Por que dizemos que será uma luta mais alegre?

    Porque afinal a analfabeta política, de 50 milhões de votos, foi dado-lhe um ponta-pé na traseira pensante que ela leva sobre o pescoço, naquele glorioso ano de 2016.

    Por mais que possa parecer estranho e paradoxal, se milhões de brasileiros encontrarem mais coragem para se opor à máquina infernal que os aprisiona, a encontrarão também os milhões de cidadãos estadunidenses, que têm demonstrado que não querem mais ser soldadinhos de chumbo dispensáveis ou vacas leiteiras. Claro que estou a falar de gente pensante, e não de bregas, nem de universitárias de unidades decadentes do interior brasileiro e muito menos estou a debater a respeito de i-sen-to-nas.

    E, por mais estranho que pareça, mudando um pouco de assunto, um engraçado irlandês meio alemão que construiu um império hoteleiro, poderá, agora, jogar suas cartas no grande jogo. Digo lá nos Estados Unidos da América (país esse que nos permite está escrevendo nesse Newsletter nesse exato momento, o inventor da Internet).

    Não sabendo para que lado ele vai jogar exatamente, mas tendo em vista aqueles que tudo fizeram para impedir sua eleição, desejamos, desportivamente, poder apreciar a sua devida revanche! Dia 20 é a posse. Corajoso, que fala o que pensa, sem picaretagem fingida. Sem o fingimento do politicamente-hipócrita-correto.

    ResponderExcluir

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.