Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Envie informações,denúncias para: vauney-10@hotmail.com ,(99) 9 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976, sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Leia ‘Lendas transformadas em realidade’, do jornalista Robson Paz



Por: Robson Paz

Obras e serviços que de tanto serem anunciados e prometidos por governantes viraram folclore no Estado. Parte delas transformada em realidade, nestes dois anos de governo Flávio Dino.

O Maranhão é um estado de muitas lendas. Do touro encantado na ilha dos Lençóis à serpente que adormece na ilha de São Luís. Na semana passada, com os pequenos abalos sísmicos registrados em São Luís e outros municípios a lenda da serpente foi de pronto evocada por muitos. Mas, este artigo versará sobre outras lendas. Obras e serviços que de tanto serem anunciados e prometidos por governantes viraram folclore no Estado. Parte delas transformada em realidade, nestes dois anos de governo Flávio Dino.

Comecemos pela estrada do Arroz. A rodovia que liga os municípios de Cidelândia a Imperatriz finalmente foi construída e entregue à população Tocantina. A estrada Matões a Baú (Caxias) também estava no rol das obras pouco críveis aos olhos dos maranhenses. Foi concluída. Outras estradas importantes foram entregues.

Como não lembrar os lendários hospitais regionais? Após a construção do primeiro, em Presidente Dutra pelo ex-governador Jackson Lago, ficaram no terreno da fantasia. Agora, os hospitais de média e alta complexidade em Pinheiro, Caxias, Imperatriz, Santa Inês e Bacabal são reais e funcionam de verdade. Atendem mais de 3,5 milhões de pessoas e reduziram a procissão de ambulância, de triste memória.

E o que dizer da propagada “revolução na educação”? Em 2002, apenas 57 dos 217 municípios maranhenses tinham ensino médio. Expansão feita para os demais pelo ex-governador Zé Reinaldo. Agora, a sonhada valorização dos professores, democracia nas escolas e educação profissionalizante em tempo integral são reais. O Maranhão paga o segundo maior salário a professores entre as 27 unidades da federação. Contratou 1.500 professores aprovados em concurso público. Realizou inédita eleição direta para gestores escolares. Reformou e reconstruiu mais de 360 escolas. Melhorou o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Criou os Iemas (Instituto de Ciência, Educação e Tecnologia). Três estão em pleno funcionamento. Um destes, o antigo Maristas, era outra lenda. O ex-governador Jackson anunciou que lá seria instalada a primeira escola em tempo integral do Maranhão. Foi retirado do poder via golpe judicial. O prédio foi abandonado. Hoje, a tradicional escola particular atende estudantes pobres.

Redução da criminalidade; valorização, fortalecimento das polícias e humanização do sistema prisional era algo apenas imaginário. Mais de 1.500 novos policiais civis e militares foram contratados. Outros 1.000 novos policiais militares serão incorporados ao contingente, nas próximas semanas. Mais de 400 novas viaturas entregues. Centenas de vidas foram salvas. Menos mortes e fugas nas prisões, mais de 1.500 presos em oficinas de trabalho e centenas em sala de aula.

A maioria das praias de São Luís voltou a ser balneável com a construção de Estação de Tratamento de Esgotos e despoluição de rios.

Hoje, 1 milhão de crianças e adolescentes estudantes da rede pública são beneficiados com o Bolsa Escola, programa criado pelo governador Flávio Dino, para compra de material escolar.

Ações concretas, que melhoram a vida de quem mais precisa e deixam as lendas restritas às narrativas fantasiosas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.