Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Sistema SAF apresenta projeto sobre ampliação do Plano Mais IDH para Banco Mundial



O Sistema SAF apresentou e defendeu na tarde desta terça feira (24), a carta consulta do Programa "Maranhão Mais Justo e Competitivo" para o Banco Mundial (BIRD). Com isso a SAF pleiteia recurso no valor de U$ 10 milhões de dólares para inclusão socioprodutiva para segunda etapa do Plano Mais IDH. O objetivo é angariar o apoio do Banco Mundial para viabilizar a expansão dos programas sociais desenvolvidos pelo Maranhão, como a segunda etapa do Plano Mais IDH que visa abranger mais 30 municípios de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).
O Banco Mundial esteve no Maranhão realizando uma missão para discutir e avaliar propostas do Governo do Estado para financiamento, no âmbito do Programa e recebeu gestores de várias pastas, cada uma delas mostrando aos representantes do Banco Mundial os programas sociais realizados por cada secretaria, dando destaque aos que estão inseridos no Plano Mais IDH. Como articuladora da reunião junto ao Banco estava a Secretaria de Estado Extraordinária de Programas Especiais (SEPE).

O secretário Adelmo Soares, da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar, explicou que a possibilidade de ampliar o Plano Mais IDH com o apoio do Banco Mundial é muito oportuna. “É um projeto muito bonito e que já fez a diferença na vida de muita gente, foi muito bem elaborado e é constantemente monitorado e cobrado pelo próprio governador. O Plano Mais IDH faz com que todos os secretários envolvidos possam ter um olhar diferenciado sobre esse Programa, desenvolvendo cada área envolvida trazendo melhoria da qualidade de vida das pessoas atendidas”. E concluiu “O principal pilar no que diz respeito à inclusão produtiva é a assistência técnica. Para desenvolver a agricultura familiar a nossa principal ferramenta é a assistência técnica contínua e de qualidade em contato direto com o agricultor familiar desenvolvendo uma relação de família e de confiança para que ele possa saber que é possível sair do estado de extrema pobreza”.

O especialista em Água e Saneamento do Banco Mundial, direcionado para dialogar com o Estado, Thadeu Abicalil, disse que o encontro tem sido importante para conhecer de perto a realidade do Maranhão. As apresentações foram animadoras. “Primeiro nós estamos numa fase de discussão com o Governo do Estado e de definição do escopo do projeto, qual o objetivo o projeto entre o Estado e o Banco Mundial, dentro do conceito ‘Mais IDH’, vai alcançar, qual o seu conteúdo, qual o seu valor”, relatou Tadeu, que ainda explicou: “A gente ainda está aguardando uma discussão paralela entre o Estado e o Governo Federal sobre montante de valor, porque o Banco requer garantias do Governo Federal. Mas enquanto essa discussão econômica e fiscal ainda se define, a gente está trabalhando com na perspectiva técnica e definindo qual é o conteúdo desse projeto que visa melhorar as condições de vida das populações mais vulneráveis do Maranhão. Temos muita confiança de que essa parceria tem grandes chances de levar resultados importantes, com uma visão integrada sobre como reduzir a vulnerabilidade, melhorar o acesso a serviços e infraestrutura”.
Depois das apresentações das Secretarias, os técnicos do BIRD vão analisar todos os projetos e propor sugestões, enquanto a parte dos Governos Estadual e Federal é resolver as questões burocráticas. Caso seja aprovado o aporte do Banco Mundial, será possível ampliar o Plano ‘Mais IDH’, chegando à segunda fase, passando de 30 para 60 municípios atendidos. A ideia é sensibilizar o Banco Mundial para que possa apoiar o Governo do Estado, sobretudo na expansão do plano.
A terça-feira (24) foi reservada para a abertura dos encontros, que seguiu com discussões e avaliações sobre diferentes áreas, projetos e ações, a exemplo da Jornada da Alfabetização 2ª Etapa (Seduc), Ampliação de Sistemas de Abastecimento de Água (Caema), Força Estadual de Saúde (Seep/SES/Sedihpop), Inclusão Sócio Produtiva (SAF/Sedihpop), Cozinhas Comunitárias (Sedes/Sedihpop), Escolas Dignas (Seduc/Sedihpop). Na quarta-feira (25), será realizada visita técnica ao município de Governador Newton Bello, cidade que participa do Plano ‘Mais IDH’, para cerificação do andamento dos programas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.