Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Envie informações,denúncias para: vauney-10@hotmail.com ,(99) 9 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976, sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Cresce rede de apoio ao governador Flávio Dino




Do Portal Página 2
Nesta última semana, após divulgada a lista de citados no inquérito aberto pelo ministro Edson Fachin, relator na Corte na Lava Jato, cresceu rapidamente a rede de apoio ao governador Flávio Dino por seu nome constar na lista. Uma denúncia cheia de contradições, como o Portal Página 2 já havia divulgado com exclusividade em um vídeo no qual a delação premiada do ex-executivo da Odebrecht, José de Carvalho Filho, o empreiteiro cai em contradição na acusação contra o governador.
Várias entidades e representantes de órgãos públicos, além da classe política então vem manifestando publicamente solidariedade a Dino. Hoje, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Humberto Coutinho, afirmou irrestrita confiança: “Acredito que as acusações contra ele são falsas e que no curso do devido processo legal será provada a absoluta inocência de Flávio, homem de vida limpa, digna e honrada”, afirmou.
Já durante o programa Comando da Manhã, da Rádio Timbira, os deputados estaduais Bira do Pindaré e Marco Aurélio e os prefeitos de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, e de São José de Ribamar, Luiz Fernando Silva, também destacaram sua confiança. Todos foram unânimes em dizer que desacreditam na acusação que incluiu o nome de Flávio Dino em lista de investigações da operação ‘Lava Jato’.
Não tenho nenhuma dúvida da retidão, da honestidade e da seriedade do governador Flávio Dino. Tenho absoluta tranquilidade em falar isso. A ilação do delator é tão absurda que não se sustenta. Acusar o governador, então deputado, de ter recebido qualquer benefício para encaminhar um projeto de lei que nunca teve nenhuma manifestação sua, é uma acusação sem nenhuma procedência e que serve apenas para tentar chamuscar a imagem de alguém que hoje representa a esperança, não só de maranhenses, mas de uma grande parcela do povo brasileiro. Estamos preparados para fazer a defesa e comprovar a honestidade e a lisura do governador Flávio Dino”, afirmou o deputado Bira do Pindaré.
O deputado estadual Marco Aurélio também falou sobre falsa acusação. “O governador Flávio Dino desenvolve um trabalho brilhante no Maranhão, um trabalho que chega às comunidades mais carentes e que nunca foram atendidas por um Governo antes. E agora, por uma denúncia de um delator, alguém envolvido com crimes, tem sua honestidade colocada em dúvida? Isso é lamentável, mas nós sabemos que a verdade vai prevalecer. A honestidade, o trabalho, a ética e a história do governador Flávio Dino falam por si e a palavra de um delator não será maior que a verdade”, comentou o deputado.
Conduta pessoal e funcional
Para o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, a citação do nome do governador é um equívoco “A inclusão do nome do governador Flávio Dino nas investigações da operação ‘Lava Jato’ é uma vergonha nacional. Enquanto cidadão, juiz federal que foi, o governador é um cidadão honrado, trabalhador e honesto.  Não há nada que desabone a sua luta, conduta pessoal e funcional. A citação do nome do governador só serve ao sensacionalismo da mídia da oligarquia, que se aproveita desses equívocos para desgastar o governo e a imagem do melhor governador das últimas décadas no Maranhão”, afirmou o prefeito.
Luiz Fernando, prefeito de São José de Ribamar, manifestou sua solidariedade e afirmou que nenhuma pessoa pública pode ser acusada sem direito pleno de defesa. “Jamais tive qualquer informação que maculasse a imagem do governador Flávio Dino ao longo de toda a sua vida pública. Eu defendo a investigação profunda e ampla de todo e qualquer fato delituoso praticado por quem quer que seja, sobretudo pelos homens públicos, mas não se pode condenar ninguém antes do devido processo legal e o exercício pleno do direito de defesa, portanto toda a minha solidariedade ao governador”, declarou Luiz Fernando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.