Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Flávio Dino: ´´ a verdade vai prevalecer``



Citado na deleção de um dos diretores da Odebrecht, o que fez ser incluído na lista do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, que foi encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), se manifestou nas redes sociais. O governador afirma que nunca atendeu interesse da Odebrecht.

Nas delações, 12 governadores foram citados.Tenho consciência absolutamente tranquila de jamais ter atendido qualquer interesse da Odebrecht nos cargos que exerci nos 3 Poderes. Se um dia houver de fato investigação sobre meu nome, vão encontrar o de sempre: uma vida limpa e honrada. Tenho certeza de que a verdade vai prevalecer, separando-se o joio do trigo”, afirmou Flávio Dino.

Na tarde desta terça-feira (11), o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, autorizou investigação contra 108 citados nas delações dos executivos da empresa. Entre os alvos estão o deputado federal José Reinaldo e o senador Edson Lobão. De acordo com um executivo, Lobão recebeu 5,5 milhões de reais para ajudar a anular a licitação da hidrelétrica de Jirau.

Lobão também é acusado de ter pedido 2 milhões de reais ao ex-presidente da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, o dinheiro seria para a campanha de Roseana Sarney, em 2010.

O ex-senador José Sarney também foi citado na delação da Odebrecht.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.