Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Envie informações,denúncias para: vauney-10@hotmail.com ,(99) 9 8137 5569 / 91793374 ou 8416 7976, sua informação será analisada e depois poderá se tornar matéria.

domingo, 23 de abril de 2017

Lava Jato: o mesmo peso, duas medidas



A Lava Jato domina os noticiários. Atualmente, é o principal tema da mídia televisiva, bem como impressa, e digital.

Executivos e ex-executivos da Odebrecht jogaram, em partes, tudo no ventilador. Acredito que ainda escondem algo, como possíveis sujeiras no Judiciário e na grande mídia.

São vários os delatados, a lista é enorme. Entre eles figuras graúdas como Aécio Neves (PSDB), Eduardo Cunha (PMDB), Renan Calheiros (PMDB), Lobão (PMDB), Lula (PT), Dilma (PT), Collor (PTC), Fernando Henrique Cardoso (PMDB), Sarney (PMDB) e Temer (PMDB). Todos ingressados na lista do ministro Edson Fachin. 

Lula está sendo acusado. São várias acusações. Faltam provas. Se tiver devendo, vai pagar.

Inquestionavelmente, a grande mídia destaca as delações: com um peso, duas medidas.

 Olhando o levantamento do portal Poder 360 calculou que o Jornal Nacional, da TV Globo, exibiu quatro horas, 24 minutos e 51 segundos de reportagens sobre a Lista de Fachin (referência ao ministro Edson Fachin) desde que o Supremo Tribunal Federal tornou pública a delação da Odebrecht, no último dia 11. Lula é o político mais mencionado, com 33 minutos e 32 segundos. Em seguida está a ex-presidente Dilma, com 18 minutos e 7 segundos e em terceiro, o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, com 16 minutos e 27 segundos. 

O problema é que o nordestino Lula ajudou os pobres. O que eles, capitalistas, são contra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.