Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Delegado da PF que abriu as investigações sobre a morte do ministro Teori Zavascki é assassinado



foto ilustrativa

Foi morto na madrugada desta quarta-feira (31), em Florianópolis, Santa Catarina, o delegado da Polícia Federal que  abriu as investigações sobre a morte do ministro do STF, Teoriza Zavascki, Adriano Antonio.

O delegado Adriano Antonio estava com outro colega, Elias Escobar quando teriam sido assassinados após um desentendimento em um bar. As informações são do ´´ Zero Hora``.

Uma outra pessoa foi atingida no tiroteio e está internada.

O  inquérito, que corre em Brasília, não estava  mais sob responsabilidade do delegado.

Teori, de 68 anos, morreu após o avião  que estava cair no mar de Paraty, no litoral do Rio de Janeiro. Com ele estavam outras quatro pessoas. Todas morreram.

Por ser relator da Lava Jato, a  morte do ministro levantou suspeitas. Na época do acidente, um filho do juiz declarou ter dúvidas sobre se seu pai poderia ou ter sido morto por conta de seu trabalho com a Lava Jato.

ministro Teori Zavascki

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.