Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

sexta-feira, 5 de maio de 2017

“Programas da Educação estão mudando nossas vidas”, dizem participantes de bate-papo com governador Flávio Dino



O bate-papo sobre Educação foi realizado com o
governador e beneficiados por programas do Estado. (Foto: Gilson Teixeira)

Para compartilhar como vida de milhões de maranhenses tem sido transformada através de programas e ações do Governo do Estado na área da educação, o governador Flavio Dino realizou, na noite de quinta-feia (4), um bate-papo com três, das milhares de pessoas, beneficiadas pela política de educação implementada ao longo dos últimos anos no Maranhão.

Transmitida ao vivo pelas redes sociais e pela Rádio Timbira, com a participação do radialista Renato Sousa Júnior, internautas e ouvintes puderam, mais do que ouvir do próprio governador, conhecer as experiências relatadas pelo universitário Fábio Miranda, pelo professor Fábio Orlan e pelo estudante do ensino em tempo integral, Alefe Araújo. Uma demonstração clara do poder transformador que a educação pode ter, quando implementada com seriedade e firmeza.

A conversa foi mediada pelo próprio governador, que foi o entrevistado, direcionando perguntas aos três beneficiários e ainda contou com a participação dos internautas e ouvintes. Flávio Dino lembrou que diálogos, para ouvir e prestar contas à população, é uma política da atual gestão e a internet é um dos caminhos importantes para que chegue, não só aos maranhenses, mas a qualquer usuário da rede, as novidades sobre a mudança de perspectiva e desenvolvimento o Maranhão passa. Uma primeira edição deste modelo de bate-papo foi realizada em dezembro de 2016, com outros entrevistados, tratando de diversos temas. Desta vez, o enfoque foi dado para educação, considerando a prioridade da política dentro do Governo e os avanços já alcançados.

Governador Flávio Dino durante o bate-papo sobre os avanços
na Educação, com estudantes e professores. 

Nós já realizamos o trabalho de prestação de contas e de conversa sobre nosso estado, com diálogo, quase toda semana, por intermédio dos veículos de comunicação e também da internet, com as redes sociais. Temos, agora, uma conversa muito especial, porque vamos conversar sobre uma política pública de altíssima importância e há um consenso universal acerca da prioridade dela. Infelizmente, muitas vezes esse consenso é puramente retórico, ou seja, as pessoas dizem que educação é prioridade, mas na prática não há a integração efetiva e determinada dos Governos para transformar a realidade social por intermédio da educação. E nós escolhemos o caminho de efetivamente casar teoria e prática, discurso e ação e é exatamente isso que eu quero dividir com vocês nesta noite”, explicou o governador Flávio Dino, ao abrir o programa exibido, às 20h, por live no Facebook e pela ondas da Nova 1290 Timbira, no programa Papo Cabeça, de Renato Júnior.

O estudante de Direito da Universidade Federal do Maranhão, Fábio Miranda, 23 anos, natural do município de Nova Iorque do Maranhão, participou da primeira turma do programa de intercambio ‘Cidadão do Mundo’. Fábio, que estudou espanhol na cidade de Buenos Aires, na Argentina, mudou seu olhar sobre o mundo e agora transforma a realidade de outros estudantes, ao lecionar espanhol na cidade onde nasceu. “Queria parabenizar o Governo porque o ‘Cidadão do Mundo’ é um programa muito exitoso, a medida que representa a concretização de sonhos. Nós, os alunos, que fomos ao intercâmbio, realizamos um sonho da nossa família e de pessoas próximas, no meu caso, um sonho também de toda a minha cidade”, contou o universitário.

O professor de Matemática, Fábio Orlan, também dividiu um pouco da sua experiência com o governador e expectadores. Integrando a rede estadual desde 2004, hoje ela é gestor do Centro de Educação Integral Cidade (CAIC) de São José de Ribamar, que passou por ampla reforma na estrutura física e, agora, é um centro de educação em tempo integral, através do programa ‘Educa Mais’, do Governo do Maranhão. O professor conhece cada detalhe da escola, já que foi aluno do CAIC desde a sua fundação, em 1994, e fez um paralelo. “Hoje a diferença é sentida de forma muito impactante e positivamente, tanto por alunos quanto por professores, é uma nova metodologia, uma nova forma de ver a educação pública, é a valorização”, contou Fabio Orlan, enaltecendo a iniciativa pioneira no Maranhão de implementar a educação em tempo integral no estado e investimentos na estrutura física das escolas.


Já o estudante secundarista Alefe Araujo, 15 anos, é aluno do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), e compõe a equipe de robótica, pela qual se tornou vice-campeão nacional na área, na modalidade Resgate de Alto Risco e Dança. 

Alefe também esteve em Portugal, com os demais membros da equipe de robótica do Iema de Pindaré,  onde conquistaram o prêmio de Melhor Equipe Estrangeira, alcançando classificação para torneio de robótica em Nagoya, no Japão, para onde embarcam nos próximo meses.

Ele contou ao governador sobre, segundo ele, ter tido o privilégio, através da experiência da educação integral, de conhecer a robótica, área que pretende se profissionalizar no ensino superior, e de viajar para outros países, representando o Brasil. “Isso tem mudado a minha vida de uma maneira que nem eu sei explicar. É um sonho que eu tenho desde que sou criança de sair do Maranhão, de conhecer outros países e outras culturas e eu tenho realizado isso através da robótica. E o Iema é uma escola incrível e inovadora porque escuta o aluno, que tem voz, além de oferecer todo o suporte”, defendeu o estudante.

Com essa amostra, foi possível apresentar ao Maranhão de que maneira os programas do Governo do Estado têm mudado a perspectiva de vida da população, oferecendo novas alternativas e olhares. “Estamos esperando com esses programas, motivar, motivar ainda mais os maranhenses”, assegurou o governador Flavio Dino, que também ressaltou que o governo voltará, em breve, com nova transmissão ao vivo, sobre outros temas a serem escolhidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.