quinta-feira, 1 de junho de 2017

Ministro da Educação promete resolver situação do Curso de Medicina no Campus da UFMA-Pinheiro




A situação do curso de Medicina no campus da UFMA, em Pinheiro, relata aqui no Blog (veja) e (veja), após denúncias dos acadêmicos, que estão prejudicados devido a uma série de problemas, chegou ao ministro da Educação, Mendonça Filho.

Ao deputado federal Waldir Maranhão (PP), que cobrou intervenção do Ministério da Educação, Mendonça Filho prometeu, nesta quarta-feira (31), resolver a grave situação do curso.

Além de Maranhão, também participaram do encontro o prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP) e o deputado André Fufuca (PP).

No mesmo dia, esteve no ministério a reitora Nair Portela. “Sou favorável ao projeto de interiorização da instituição federal de ensino, mas é necessário que haja uma parceria com as várias forças políticas das esferas federal, estadual e municipal para que isso aconteça”, observa Maranhão.

Mendonça Filho disse que nos próximos dias uma equipe do MEC irá para Pinheiro e São Luís para discutir uma solução diante da falta de estrutura e de professores. A equipe será integrada pelo secretário de Educação Superior, e por Sílvio José Cecchi, diretor de Desenvolvimento da Educação da Saúde.

Para Waldir Maranhão, a permanência do curso de Medicina em Pinheiro é necessária e fundamental para toda a região da Baixada Maranhense. O parlamentar observou que há uma rede hospitalar que pode ser beneficiada, assim como os profissionais já em atividade que se distanciaram da vida acadêmica. “Por fim – disse ele – é a própria população que é atendida com médicos formados no estado”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.