Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Governo oferece atividades multidisciplinares na Casa de Apoio Ninar




Crianças com problemas de neurodesenvolvimento contam com novo equipamento de saúde, a Casa de Apoio Ninar. O equipamento foi entregue esta semana pelo governador Flávio Dino. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) investe em espaços e serviços capazes de promover o amplo atendimento na rede pública de saúde no Maranhão. Além de ser um local de acolhimento e assistência para as famílias e crianças, a Casa de Apoio Ninar vai oferecer atividades multidisciplinares. 

Para a neuropediatra e coordenadora da Casa de Apoio Ninar, Patrícia da Silva Sousa, a realização das atividades multidisciplinares fortalece a atenção integral às crianças com problemas de neurodesenvolvimento. Entre as atividades, oficinas, palestras, musicalização infantil e de adulto e arteterapia.

Seja qual for a deficiência cognitiva da criança, sendo microcefalia ou outra má-formação, a Casa de Apoio Ninar é o lugar certo para ela se desenvolver a cada dia, pois além da parte dos cuidados com a saúde física, promovemos por meio das atividades multidisciplinares o desenvolvimento mental delas e, assim, qualificamos de forma completa a assistência àquela criança e do familiar que também participa das atividades, aprendendo formas e exercícios de estimular o filho em casa”, detalhou a neuropediatra.

Principais atividades

Oficinas de material reciclado com brinquedos e instrumentos musicais, contação de histórias, culinária com confecção de biscoitos e cupcakes, momento musical e palestras são atividades da Casa de Apoio. No início da semana, as famílias serão recepcionadas com uma palestra sobre desenvolvimento infantil, e ao longo da semana elas participarão de outros bate-papos sobre primeiros socorros e planejamento familiar.

Tudo isto foi pensado para obtermos o bem-estar integral das crianças e familiares, fortalecendo o vínculo não só com a família, mas também com os profissionais que estarão aqui em tempo integral para prestar plenas assistências às nossas crianças”, afirmou a neuropediatra Patrícia Sousa.

Casa de Apoio

Semanalmente, a casa abrigará 15 famílias, sendo nove do interior e seis da capital, além de profissionais de saúde com especialidades em pediatria, terapia ocupacional, fonoaudiologia, fisioterapia, enfermagem e assistência social vindos dos municípios. O propósito é expandir a assistência oferecida aos pacientes também no município de residência, com os profissionais que realizarão o acompanhamento multidisciplinar das crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.