Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Maranhão é destaque no 8º Congresso das APACs em Minas Gerais




O Maranhão foi destaque, na manhã de sábado (15), no 8º Congresso das APACs (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), evento que ocorre de quinta-feira (13) a domingo (16), em São João Del-Rei, Minas Gerais (MG). O tema deste ano é “Somos todos Recuperandos”.

Na oportunidade, o secretário de Estado de Administração Penitenciária, Murilo Andrade de Oliveira, recebeu o certificado de “Ordem do Mérito Penitenciário” pelos serviços. “Esse certificado é um reconhecimento pelos trabalhos realizados ao longo de alguns anos em prol do sistema prisional de Minas e também do Maranhão e pela contribuição do fortalecimento das APAC´s no Maranhão”, disse.

Depois de Minas Gerais, que hoje tem 38 APAC´s, vem o Maranhão com 6. Depois do maranhão vem o estado do Paraná que possui duas unidades e o do Rio Grande do Norte, que tem 1 unidade. O Governo do Estado tem acreditado e investido nessa metodologia e os números mostram isso”, continuou o secretário.    

A programação teve início com a exibição de um vídeo que mostra os trabalhos feitos nas seis APAC´s em pleno funcionamento no estado e, também, relata depoimentos de recuperandos. Essas unidades estão implantadas nas cidades de Timon, Itapecuru-mirim, Imperatriz, São Luís, Viana e Pedreiras.

Em seguida houve uma mesa redonda sobre os “Desafios da implantação do método APAC nos estados da federação”, mediada pela Liliane Lana Liberato. Na ocasião, o secretário discorreu sobre o processo de implantação e fortalecimento da metodologia no Maranhão. “Quando iniciamos a gestão encontramos algumas APAC´s funcionando de maneira errada, totalmente fora dos padrões de gestão. Mas com a criação da Supervisão e a aproximação da FBAC e das APAC´s, podemos desenvolver um trabalho melhor e ainda mais forte”, destacou Murilo Andrade.

A supervisora da Metodologia da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados e Cogestão (Sumac), Rayanna Araújo, falou sobre a importância do evento.  “O 8° Congresso das APAC´s nos faz refletir sobre o processo doloroso pelo qual passa o apenado e nos inspira a oferecer o que há de melhor no nosso trabalho para garantir a transformação na vida dessas pessoas”, pontuou ela. Estavam presentes ainda no evento os representantes das seis APAC´s do Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.