Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

terça-feira, 11 de julho de 2017

PF aponta que ex-ministro manteve influência sobre Sarney Filho





O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, é citado em relatório da Polícia Federal como um dos auxiliares do presidente Michel Temer que mantinha contato estreito com o  ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), preso desde junho em um desdobramento da Lava Jato. As informações foram divulgadas pela Folha de SP.

No relatório, baseado em mensagens do celular de Alves, apreendido na operação Manus, a mesma que o levou à prisão, mostra que o político mantinha influência no Governo principalmente no Ministério do Turismo e no Meio Ambiente.

A PF destaca uma agenda de Alves com Sarney Filho, para tratar da transferência de uma funcionária do Ibama de SP ao Rio Grande do Norte. Os investigadores solicitarão ao Ibama “a atual lotação da servidora para verificar se a transferência efetivamente ocorreu uma vez que o assunto não foi mais mencionado pelo investigado”.

Para o procurador Rodrigo Telles, o “amplo poder de influência no governo federal” mantido por Alves, inclusive na liberação de verbas públicas, “demonstra a necessidade de ele continuar preso, para afastar o risco de que continue praticando crimes”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.