sábado, 12 de agosto de 2017

Flávio Dino e ginasta Daiane dos Santos formalizam parceria e projeto ‘Brasileirinhos’ começará no Maranhão




O Maranhão vai contar com mais um reforço para o desenvolvimento da ginástica artística no estado. Após reabrir o Ginásio Rubem Goulart para a prática esportiva após mais de 10 anos de inatividade, o governador Flávio Dino recebeu a visita da ex-ginasta Daiane dos Santos, na noite desta sexta-feira (11), no Palácio dos Leões, e confirmou a realização do Projeto Brasileirinhos/Núcleo Maranhão.

A iniciativa visa implantar uma escolinha de ginástica artística no Ginásio Rubem Goulart, no Bairro de Fátima, que será financiado por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, com aporte do Grupo Mateus. O projeto Brasileirinhos/Núcleo Maranhão beneficiará 250 crianças e jovens com idades entre 6 e 16 anos, tendo como principal objetivo a formação de cidadãos, trabalhando responsabilidade social, cidadania, autoestima, disciplina e inclusão social.

O governador Flávio Dino agradeceu a parceria com a ex-ginasta Daiane dos Santos e enfatizou que um profissional do esporte pode servir de exemplo para a mudança e reorganização de crianças e jovens com muita força e velocidade. “O esporte de alto rendimento tem essa característica, essa dimensão pedagógica”, destacou.

Flávio Dino louvou a atitude de Daiane dos Santos de “dedicar teu nome, a tua expertise, referência, qualidade técnica”, a essa missão, de como uma esportista de alto rendimento estimular meninos e meninas independentemente do fato deles serem ou não no futuro atletas de rendimento. “Só o fato deles serem exemplos para formação, a oportunidade, o projeto já se justifica. Temos também o objetivo de formar grande atletas de nível nacional e internacional”, completou o governador.

Daiane dos Santos e a presidente da Confederação Maranhense de Ginástica, Liane Bezerra, receberam das mãos do governador Flávio Dino o certificado de mérito esportivo no valor de R$ 399 mil para a implantação do Projeto Brasileirinhos/Núcleo Maranhão. “Acho que hoje marca uma grande realização, tanto para o projeto quanto para a Federação Maranhense. Hoje valeu a pena todos os esforços que a gente tem feito junto com o Governo. Quero agradecer muito o apoio do governador”, sublinhou Daiane, afirmando que o Governo do Estado tem tentado melhorar a situação do Maranhão, e o Brasileirinhos também quer melhorar de alguma forma a qualidade de vida dessas crianças e jovens que vão ser atendidos.

Ela explicou que o principal objetivo da iniciativa é poder, através do esporte, levar um benefício esportivo e social na vida deles. “Hoje temos 250 vagas, mas a gente espera que esse projeto consiga abraçar a todos. Não só no Maranhão, mas em todo o Brasil. Que a gente consiga quebrar esse paradigma de que a ginástica é um esporte para certo público, ou para certos estados. Eu acho que hoje o Maranhão vem mostrar que isso pode acontecer sim, desde que pessoas que pensam igual façam a coisa acontecer”, reiterou.

Educação e esporte

O secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jardim, afirmou que a prática de ginástica artística tem avançado com incentivos do Governo do Estado, a exemplo da reabertura do Ginásio Rubem Goulart e do Projeto Brasileirinhos. “Recuperamos o ginásio esse ano, que há mais de uma década estava inativo. E agora estamos apoiando um projeto que vai ser desenvolvido lá com crianças da rede pública de ensino, que alia a educação com o esporte. Então certamente atende aquilo que é a expectativa do Governo do Maranhão: mudar a vida das pessoas”, salientou.

Para Liane Bezerra, esse é mais um passo no processo de renascimento da ginástica do Maranhão. “É um momento de extrema emoção e alegria poder estar aqui. É mais um marco na história da ginástica no Maranhão”, realçou a presidente da Confederação Maranhense de Ginástica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.