domingo, 3 de dezembro de 2017

PTC anuncia apoio à reeleição do governador Flávio Dino durante Encontro Estadual





O Partido Trabalhista Cristão (PTC) realizou seu 15º Encontro Estadual no Maranhão e definiu os rumos da legenda para as eleições de 2018. Em concorrido evento no Hotel Abbeville, em São Luís, na tarde desta sexta-feira (1º), o deputado estadual e presidente do partido, Edivaldo Holanda, confirmou apoio à reeleição do governador Flávio Dino no pleito do ano que vem. A legenda definiu ainda apoiar o deputado federal Weverton Rocha para a disputa do Senado.

Em seu discurso, o deputado Edivaldo Holanda enfatizou que o PTC fez questão de colocar na entrada do seu Encontro Estadual uma faixa anunciando que o partido marchará ao lado do governador Flávio Dino nas eleições de 2018. Para ele, o Brasil vive uma conjuntura complicada devido a crise, e que, por isso, é necessário reconduzir o atual governo do Maranhão para comandar os destinos do estado por mais quatro anos.

Ele realçou que é necessário dar continuidade ao “trabalho de mudança que vem sendo realizado nos quatro cantos desse estado em todas as áreas. Na educação, saúde, esfera social, Flávio Dino tem desempenhado um papel histórico na condução do governo e em defesa do povo maranhense”.

O presidente estadual do PTC lembrou que essa é a primeira vez que São Luís recebe apoio do Governo do Estado, e que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem trabalho diuturnamente pela cidade. “Mas se não fosse Flávio Dino, como Arão ajudou Moisés, o prefeito não teria tido o sucesso que está tendo até agora. Essa parceria toda a cidade quer. O povo quer a união, principalmente na capital. Essa parceria é importante e saudável para a população de São Luís”, reiterou Edivaldo Holanda.

O governador Flávio Dino disse que essa decisão do PTC em apoiá-lo para a reeleição é o primeiro passo para a caminhada que se aproxima em 2018. Para ele, o partido tem em seu nome, na sua certidão de nascimento, dois valores fundamentais. “O ‘T’ de trabalhista, compromisso com os mais pobres, com aqueles que tem apenas o seu trabalho para sobreviver e tem a marca daqueles que nesse momento não estão aceitando uma reforma trabalhista que reduz direitos e salários do povo. E a reforma da previdência que tira direito dos aposentados”, ressaltou.

Ele falou também que, além de trabalhista, “esse partido tem no seu nome a máxima bandeira do cristianismo. Significa esperança e justiça social. Que é o que nós precisamos. Representa uma das alianças fundamentais que o nosso governo tem, pois não governamos sozinhos”, disse Flávio Dino ao citar vários setores da sociedade que fazem parte da construção do projeto de mudanças do Maranhão.

O Encontro Estadual do PTC contou com a presença de vários membros de outros partidos, como os presidentes nacional e estadual do PDT, Carlos Lupi e Weverton Rocha, respectivamente; o presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry; o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior; os deputados estaduais Othelino Neto e Toca Serra, do Maranhão, e Evaldo Gomes, do Piauí; além de secretários estaduais e municipais de várias cidades maranhenses.

Represnetando a presidência nacional do PTC, o deputado Evaldo Gomes – que foi relator do projeto que tornou o governador Flávio Dino cidadão piauiense – disse que ouviu vários relatos de maranhenses elogioso ao atual Governo do Estado, sobretudo na área da educação, que está passando por uma verdadeira transformação. “Quem investe em educação merece o apoio do povo maranhense. Estamos felizes de estar nesse processo de mudanças. O passado não pode voltar, o retrocesso não pode voltar”, realçou o parlamentar.

Apoio à Weverton Rocha

Além de apoiar a reeleição do governador Flávio Dino, o PTC oficializou o apoio ao deputado federal Weverton Rocha para a disputa de uma cadeira no Senado Federal. O presidente do PDT, Carlos Lupi, disse que o parlamentar é um dos melhores nomes que a política maranhense possui hoje, e que elegê-lo para ajudar o governador Flávio Dino será fundamental para o desenvolvimento do Maranhão.

Lupi classificou a vitória de Edivaldo Holanda Júnior como “um sopro de esperança”, algo que representasse o resgate da própria história de São Luís, e hoje a cidade é outra, “mais bela, organizada e feliz”. Ele elogiou o campo de alianças que foi formado no Maranhão com o governador Flávio Dino para se livrar da oligarquia. “É um orgulho ter Flávio Dino como governador. E ele vai continuar governando porque o povo precisa”, destacou o presidente do PDT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.