terça-feira, 12 de novembro de 2019

Copa Rural de Lago da Pedra tem abertura decepcionante



Imagem: Reprodução ( Pov. Três Lagos)

Depois de muitas cobranças, a  primeira Copa Rural realizada pelo atual governo de Lago da Pedra teve início no último domingo, dia 10, simultaneamente nos pólos dos povoados Lagoa Seca e Três Lagos. 

A abertura da edição de 2019 não foi das melhores. Melhor dizendo, foi decepcionante, sem empolgação alguma. 

Acompanhado de sua equipe, o prefeito Laércio Arruda compareceu ao povoado Três Lagos, onde participou da abertura do jogo, que quase não chamou atenção dos moradores da localidade. Poucas pessoas compareceram à ´´beira`` do campo.

Feiras da Agritec movimentaram cerca de R$ 2 milhões na comercialização da agricultura familiar




A maior feira do setor da agricultura familiar no Maranhão foi realizada, no último fim semana, reunindo milhares de pessoas no município de Barreirinhas. A 19ª Agritec concluiu mais um ano positivo na comercialização dos produtos oferecidos.

Somando todas as edições, cerca R$ 2 milhões movimentaram a economia local e regional onde a Agritec foi realizada. Barreirinhas foi a última realizada este ano. Em agosto, a Agritec aconteceu em Presidente Dutra.

A comercialização na Agritec envolve produtos vendidos nos estandes de municípios, movimentos sociais, feirinha da agricultura familiar, venda de animais e alimentação.

A Agritec dos territórios Munim, Lençóis e Delta teve a presença de agricultores familiares de 18 municípios destas regiões, entre os quais José Gomes da Silva Tavares, conhecido como Janjão, do quilombo Jacareí dos Pretos, de Icatu.

A Agritec é um grande impulso para os agricultores quilombolas do Maranhão, pois estamos iniciando um novo ciclo de produção nos quilombos; uma produção com maior qualidade e com novas oportunidades de expor e comercializar”, afirmou Janjão.

Exposição de mandioca, farinha, hortaliças, frutas, legumes e verduras tem em toda feira e, na Agritec, não poderia ser diferente. Mas um dos atrativos da feirinha foi a comercialização da juçara de Axixá, que foi vendida e servida para quem visitava a barraca de Ribamar Ferreira.

Estou tendo uma satisfação muito grande em participar da Agritec e trazer meu produto para comercializar. Nossa juçara é muito procurada porque é nutritiva e a região do Munim, mais especificamente o município de Axixá, produz juçara de boa qualidade, e o público que vem para a Agritec provou e aprovou essa delícia do Maranhão”, ressaltou o produtor de juçara.

A Agritec é uma realização do Governo do Estado, por meio do Sistema de Agricultura Familiar, Sistema SAF, formado pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp/MA) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma/MA).

Da comunidade Bosque, zona rural de Barreirinhas, a agricultora familiar Teresinha de Jesus levou frutas, legumes e verduras para a Agritec e, na avaliação dela, essa foi a melhor iniciativa do Governo do Estado para o agricultor familiar.

Esta feira foi a melhor coisa que o Governo fez para a gente, agricultor e agricultora familiar, divulgar nosso trabalho. Tenho uma plantação e eu trouxe produtos para expor e vender, como mamão, banana, manga e abóbora. Tudo da roça”, disse a agricultora.

Além da comercialização de produtos da agricultura familiar, a Agritec levou, também, artesãos das regiões para expor por meio do Ceprama Itinerante, organizado pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur).

A moradora do povoado Mandacaru, de Barreirinhas, Dulcimar Alves, disse que a Agritec foi um privilégio muito grande. “Pela primeira vez participo do projeto do Ceprama e tivemos a oportunidade de trazer para Agritec o artesanato que produzimos. É muito gratificante ter este espaço para mostrar o que produzimos, como tiara, cinto, colar de fibra de buriti, e outras peças de decoração feitas com conchas”, contou entusiasmada.

A Agritec Barreirinhas teve novidades. Artesãs de Barreirinhas apresentaram peças de artesanato, por meio de um desfile, o que chamou atenção e ganhou aplausos do público. Saias, vestidos, colares e brincos feitos de fibra de buriti foram destaque no desfile.

E não podia faltar a gastronomia regional. O Sistema SAF realizou um Salão de Gastronomia da Agricultura Familiar para mostrar variados pratos feitos com a produção da agricultura familiar, como buriti, peixe, camarão, vinagreira e outros ingredientes da culinária regional.

Esta edição em Barreirinhas tem uma simbologia peculiar pelo turismo e agricultura familiar muito forte desenvolvidos na região. É um dos municípios com o maior número de assentamentos, grande produção de castanha e mandioca, além do rico artesanato. Neste sentido, a Agritec vem somar todos os fatores em um grande evento, resgatando o valor cultural da zona produtora e criando uma energia positiva para os negócios na região”, disse o secretário de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Júlio Mendonça.

Agritec

Barreirinhas sediou a 19ª edição da Agritec, uma iniciativa do Governo do Maranhão em parceria com Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural-Senar (Senar), movimentos sociais e Prefeitura.

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Homem é preso suspeito de dopar passageiro de ônibus no interior do Maranhão




Um homem, nome não divulgado, foi preso suspeito de dopar um passageiro de ônibus para roubá-lo. O caso aconteceu durante viagem na BR-316, no trecho entre Santa Inês e Bacabal, no Maranhão. Bombons de chocolate com o medicamento ´´Rivotril`` ( medicamento usando no tratamento de insônia) misturado ao recheio eram oferecidos aos passageiros.

Após perceberem a ação do homem, passageiros comunicaram ao motorista do ônibus, que retornou à Santa Inês e entregou o suspeito à polícia. 

O homem confessou que o medicamento estava inserido nos bombons.

Além dos bombons, o homem, que se passava por gentil, também oferecia às pessoas água de coco e sucos.

Vídeo gravado por policiais

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Quatro municípios do Maranhão estão sob risco de extinção



Nova Iorque-MA ( Foto: Reprodução)


Na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do chamado Pacto Federativo, apresentada nesta terça-feira (5) ao Congresso Nacional, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, propõem a extinção de município brasileiros.

Pela proposta, municípios com menos de 5 mil habitantes serão incorporados a municípios vizinhos. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 1.254 municípios com menos de 5.000 habitantes, o que equivale a 22,5% do total de 5.570 municípios brasileiros.

Com a proposta, os municípios maranhenses de Junco do Maranhão ( população 4.020), São Pedro dos Crentes (população 4. 425) , São Feliz de Balsas (população 4.702) e Nova Iorque (população 4.592) estão sob risco de extinção. 

terça-feira, 5 de novembro de 2019

Lago da Pedra: MP instaura procedimento para apurar possíveis irregularidades praticadas na CPI do Carnaval





O Ministério Público instaurou procedimento para apurar possíveis irregularidades na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) aberta pela Câmara de Vereadores de Lago da Pedra para apurar suposto superfaturamento em contrato R$ 333,000,00 ( trezentos e trinta e três mil reais) elaborado pela Prefeitura Lago da Pedra para a realização do ´´Carnaval da Gente`` de 2019. 


Os vereadores Cival Rocha e Moisés do Lago Preto, ambos da base do governo e integrantes da CPI, denunciaram junto ao Ministério Público supostas irregularidades praticadas pelo presidente da CPI, o vereador Julyfran Catingueiro, que faz oposição ao governo Laércio Arruda.

De acordo com a denúncia, que o promotor Dr. Lúcio Leonardo Froz encaminhou ao Tribunal de Justiça, entre as irregularidades apontadas, o presidente da comissão conduziu as investigações de forma independente, ´´não submetendo suas decisões aos demais membros da CPI``.

O parecer aguarda manifestação do juiz da 1ª Vara da Comarca de Lago da Pedra, Dr. Marcelo Santana.

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Fantástico revela que a PF e o MPF investigam esquema de desvio de dinheiro da educação em prefeituras no Maranhão





Um povoado com mais estudantes que moradores. Uma professora matriculada para aprender a ler. Aluna ´´fantasma`` com mais de 105 anos de idade.

O programa Fantástico, da Rede Globo, em matéria exibida neste domingo (3), revelou que a Polícia Federal e o Ministério Público Federal investigam esquema de desvio de recursos do  Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) em 135 prefeituras no Maranhão.

Estudantes ´´fantasmas`` constam no Censo Escolar. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira ( INEP), que é o responsável pelo Fundeb, libera os recursos de acordo com o número de alunos matriculados. Isto é, quanto mais alunos, mais recursos.

Uma equipe de reportagem foi até o município de Monção, que em 2018 recebeu R$ 40 milhões para investir na educação, porém de acordo com a investigação, boa parte desse dinheiro pode ter sido desviada. Os registram apontam alunos matriculados na Educação de Jovens e Adultos ( EJA) em quatro povoados que nunca receberam o programa. Até uma creche, que nunca existiu, aparece com 16 alunos matriculados.

Uma mulher que morreu em 2014, Domingas de Jesus Freire, aparece no  Censo Escolar de 2017/2018. No povoado Onça, onde tem dez casas e poucos moradores, cerca de 30 adultos, aparece com 60 alunos alunos matriculados no EJA.

No município de Miranda do Norte, até uma professora que começou a dar aulas em 2017 é apontada como aluna no Censo Escolar.  

domingo, 3 de novembro de 2019

Tema da Redação do Enem 2019: ‘Democratização do acesso ao cinema no Brasil’



Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 terão de dissertar sobre a ‘Democratização do acesso ao cinema no Brasil’. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) A redação deve ser do tipo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, desenvolvida a partir da situação-problema proposta e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores. Redações com menos de sete linhas recebem nota zero, assim como as que reproduzem integralmente trechos dos textos motivadores e de itens do Caderno de Questões.
Um texto dissertativo-argumentativo deve ser opinativo e organizado para a defesa de um ponto de vista. A opinião do autor deve estar fundamentada com explicações e argumentos. Os critérios de correção da redação, com cinco competências, estão detalhados na Redação do Enem 2019/Cartilha do Participante.
Neste primeiro domingo, são aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias, com 90 questões, além da redação. O Enem 2019 tem 5,1 milhões de participantes inscritos. Os participantes têm cinco horas e 30 minutos para fazer as provas. Aqueles com direito a tempo adicional e que solicitaram o recurso durante a inscrição terão uma hora a mais. Deficientes auditivos e surdos que optaram – e tiveram o pedido homologado – por fazer a videoprova traduzida em Libras (Língua Brasileira de Sinais) terão duas horas a mais de prova.
No próximo domingo (10), serão aplicadas as provas de matemática e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias. Os participantes terão cinco horas para entregar o Cartão-Resposta. Mais informações podem ser obtidas no portal do Inep.

Jovem é assassinado com tiro nesta madrugada, em Lago da Pedra




Antônio Vitamar, conhecido como ´´Antônio da Miúda``, de 20 anos, morador do povoado Centro do Agostinho, foi assassinado na madrugada deste domingo (03), em Lago da Pedra. O crime aconteceu na Avenida Roseana Sarney,  em um bar, no complexo de bares ´´da  Piaba``.

Atualizado às 11h

De acordo com informações repassadas a este a Blog,  uma mulher, nome não revelado, teria atirado em Vitamar após uma discussão

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Homem que reagiu a tentativa de assalto em sua residência é absolvido em sessão do júri na cidade de Miranda do Norte(MA)




acusado A.R.L. foi pronunciado a sessão do Tribunal do Júri por ter ceifado a vida de F.S.Q. O fato teria ocorrido na madrugada do dia 13 de fevereiro de 2013, em que a vítima já estava adentrando na residência do acusado, quando este acabou reagindo.

Segundo as provas produzidas no processo, a vítima já era conhecida pela prática de crimes na cidade e no dia dos fatos foi também vista pelos vizinhos próximos, tentando adentrar em outros imóveis.

O acusado relatou que a vítima já tinha feito um buraco no telhado da sua residência e estava se preparando para invadir, utilizando-se a mesma inclusive de uma corda para descer, momento em que resolveu recorrer para o único meio necessário disponível naquele momento de desespero, que era sua espingarda de caça, tendo então desferido tiros para defender a sua vida, a de sua esposa e de seus quatro filhos, todos menores de idade.

A acusação e defesa sustentaram o reconhecimento da tese de legítima defesa em favor do acusado. O Promotor de Justiça Igor Adriano Trinta Marques suscitou ainda possível ocorrência de excesso praticado pelo acusado, ao contrário do Defensor Público Alex Pacheco Magalhães que entendeu não ter existido excesso na legítima defesa.

O Conselho de Sentença acabou reconhecendo por unanimidade a absolvição do acusado, tendo sido a sentença proferida pela Juíza de Direito Laysa de Jesus Paz Martins Mendes, titular da 1ª Vara da Comarca de Itapecuru-Mirim/MA.

Para o Defensor Público Alex Pacheco, “não há dúvidas com relação à existência de legítima defesa. Como questioná-la se o acusado apenas pretendeu defender sua vida e de sua família em momento de desespero pela injusta agressão sofrida? Além disso, não se poderia exigir outra conduta do acusado diante dessa delicada situação. Considerando as provas apresentadas, esse é um caso típico que não deveria chegar sequer a uma sessão no Tribunal do Júri, assim como ocorreu com o cunhado da apresentadora Ana Hickmann, absolvido sumariamente na primeira fase. De qualquer forma, os jurados reconheceram a absolvição do acusado. Justiça foi feita”, pontuou Magalhães.

Fonte: Núcleo Regional da Defensoria Pública de Itapecuru-Mirim/MA

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Com foco na produção de conhecimento, Expoema 2019 terá início domingo





A 61ª Exposição Agropecuária do Estado do Maranhão (Expoema) será aberta oficialmente neste domingo (20), às 17 horas, e prossegue até dia 27, com uma vasta programação de palestras e cursos, leilões de animais, rodeios e oferta de serviços aos visitantes, no Parque Independência. A intenção dos organizadores é realizar um evento inovador, com foco na produção de conhecimento, na promoção de oportunidades de negócios e na inclusão social.


A Expoema 2019 oferecerá muito conhecimento e inovação aos seus participantes. De 20 a 27 de outubro, produtores, agropecuaristas, empresários, técnicos e estudantes poderão participar de palestras, cursos e dia de campo, com o apoio de instituições como Senar/Faema, Sebrae, Aged, Sagrima, Sema, Fundepec, Uema. Nosso objetivo é que os participantes saiam maiores dessa exposição, com informações importantes para o desenvolvimento do agronegócio em nosso estado”, informou o presidente da Associação de Criadores do Estado do Maranhão (ASCEM), Ivaldeci Mendonça.


Entre os temas dos cursos e palestras, estão “Bem estar animal”, “Operação e manutenção em sistema de irrigação por aspersão”, “Derivados do leite”, “Silagem”, “Doma racional em equinos e muares”, “Registro agroindústria de laticínios”, “Mercado mundial de carne bovina: participação brasileira e barreiras à exportação”, “Bovino cultura de corte”, “Segurança no trabalho, defensivo agrícola, adjuvantes afins”, “suinocultura e avicultura”, “Legislação aplicada para autorização de queimadas controladas”, “Fruticultura maranhense”, “Produção e conservação de forragem”, e “Processo de produção do boi tropical”.



Um dos destaques da programação é a palestra sobre Zoneamento Econômico e Ecológico do Maranhão, que acontecerá quinta-feira (24), às 18 horas. Também no Parque Independência será realizado um dia de campo sobre brucelose e raiva de herbívoros, para agropecuaristas, técnicos e estudantes; o III Fórum Estadual do Plano Estratégico do Programa Nacional de Prevenção e Erradicação da Febre Aftosa; e o I Encontro do Agronegócio voltado para empresários.



Paralelamente, os visitantes poderão ver a exposição de animais diversos – bovinos, equinos, caprinos, suínos, ovinos -, além de se deliciarem com um cardápio variado na área de restaurantes, lanchonetes e similares.


Leilões e rodeios


Durante toda a Expoema, serão realizados os leilões “Balde Branco”, com animais Gir leiteiro e Girolando; “Zebu Expoema”, com as raças Guzerá, Tabapuã, Sindi e Nelore; “19º Leilão da Independência”, com animais de genética de alta qualidade Santa Inês, Dorper, Boer e Anglo; e o Shopping Expoema 2019, com lotes de animais Nelore, Gir, Tabapuã, Quarto de Milha, Mangalarga marchador, Brahman, Muares e Jumentos Pêga.


Este ano, uma das atrações da Expoema serão os rodeios realizados pela Companhia Ítalo Toddy, que ocorrerão no período de 23 a 27 de outubro. “Se você não teve a oportunidade de ir a Barretos assistir aos rodeios, nós traremos Barretos para o Parque Independência”, enfatizou o presidente da ASCEM.

Servidores da Prefeitura de Lago da Pedra apelam para que prefeito solucione problema de salários atrasados





Servidores da Prefeitura de Lago da Pedra amargam quatro meses de salários atrasados. Um servidor, que pediu anonimato, e ocupa cargo comissionado, representando outros colegas, recorreu ao Blog para cobrar do prefeito Laércio Arruda o pagamento de salários atrasados, que chaga a quatro meses.

No início desta semana, aborrecido por não receber seus proventos, um servidor chegou a deixar o cargo (VEJA). A indignação foi externada em grupos de uma rede social

Governo do Maranhão vai abrir mais 10 escolas de tempo integral em 2020




Em 2020, serão implantados mais 10 centros de educação de tempo integral no Maranhão, pelo Governo do Estado, chegando a 46 Centros Educa Mais. As audiências públicas realizadas com o objetivo de expandir o número de escolas foram encerradas nesta terça-feira (16), no Centro de Ensino Desembargador José Sarney, no bairro São Francisco, de São Luís.

Na segunda-feira (15), a equipe do Educa Mais já havia se reunido com a comunidade escolar do Centro de Ensino Força Aérea Brasileira (bairro Tirirical). Também foram realizadas audiências nos Centros de Ensino: Professor Ignácio Rangel, Paulo VI, Desembargador Sarney, Força aérea Brasileira e Sousândrade (São Luís); Raimundo João Saldanha (município de  Rosário); Ana Isabel Tavares (Dom Pedro); Raimundo Nonato Ferro do Lago (Bacabal), Anna Bernardes (Timon) e o CE Newton Bello, em Santa Helena, cuja audiência com a comunidade escolar será realizada posteriormente.

Audiência Pública no C.E Raimundo Nonato Ferro do Lago,
em Bacabal
O supervisor dos Centros Educa Mais, Moisés Dias Sá, considerou as audiências públicas positivas e comemorou a ampla participação da comunidade escolar. “Nessas audiências que fizemos, tivemos êxito em todas elas, com uma excelente participação dos pais e a mobilização da comunidade escolar, fazendo perguntas, tirando suas dúvidas. Depois da apresentação do modelo de gestão à escola, tivemos a devolutiva da comunidade dizendo que deseja o Centro Educa Mais na comunidade”, festejou.

Eu estou muito feliz, porque aqui no nosso bairro terá uma escola de tempo integral e o meu filho vai estudar nela. Eu já estava na esperança de conseguir uma escola assim. Agora não precisarei sair do bairro. O governo está se preocupando com a educação, que é a base para formar os cidadãos e Flávio Dino tem priorizado a educação. Nós temos que aproveitar e agradecer por essa iniciativa”, elogiou a moradora do bairro São Francisco, Ludmila Pizon.

A gestora geral do Centro de Ensino Desembargador Sarney, Rosana Mendes, expressou a satisfação em saber que a escola será um Centro Educa Mais em 2020. “Nenhum governo no Maranhão teve preocupação com essa política educacional e, agora, as famílias devem aproveitar. O governador Flávio Dino foi o primeiro a implantar esse modelo de tempo integral. Então, as famílias e os alunos vão ganhar”, agradeceu.

Avanços do Governo do Maranhão no fomento ao empreendedorismo são destaque nos Emirados Árabes Unidos




Os avanços das ações do governador Flávio Dino, o ambiente favorável aos negócios e as ações de apoio e fomento à atividade empreendedora foram destacados pelo secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo, durante agenda da missão empresarial maranhense à China, iniciada no domingo (13), nos Emirados Árabes Unidos, em Dubai.

Durante a apresentação, Simplício Araújo falou sobre o movimento de atração de investimentos do Maranhão, a política econômica e fiscal responsável do governador Flávio Dino e as iniciativas para que empresas possam expandir seus mercados rumo a exportação e consolidar as relações internacionais, como a missão empresarial maranhense.

Simplício Araújo ressaltou, ainda, os avanços do Porto do Itaqui para empresários dos Emirados Árabes, explicando sobre o aumento da movimentação de cargas e de uma possível troca de tecnologia entre o Porto de Itaqui e o de Jedel Ali, maior porto artificial do mundo e o grande porto do Oriente Médio, abrigando mais de 5.500 companhias cujos serviços atendem 120 países.

A convite do Governo Flávio Dino, a Jebel Ali e DP World farão em breve uma visita ao complexo portuário e industrial do Itaqui, no Maranhão. Há ainda, a possibilidade de troca de tecnologias entre a Jedel Ali e o Porto de Itaqui”, pontuou Simplício Araújo.

Além de Dubai, em continuidade ao roteiro, a missão empresarial maranhense está na China para a realização de visitas em feiras, eventos e empresas. Nas últimas duas edições da missão, além de negócios prospectados, houve a importação de materiais, como eletrônicos, placas solares e equipamentos industriais.

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Cartões com os locais de prova do Enem já estão disponíveis




Os cartões de confirmação de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 já estão disponíveis. Entre outras informações, os estudantes têm acesso ao local onde farão o exame neste ano. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.
A recomendação primeira é que o participante imprima o cartão de confirmação e, aqueles que precisam, imprimam a declaração de comparecimento e levem os dois para a aplicação do exame”, disse o diretor de Gestão e Planejamento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Murillo Gameiro.
Uma vez sabendo o local de aplicação, o diretor recomenda que os participantes façam o trajeto de casa até o lugar, para avaliar a duração do trajeto no dia da prova: “o participante deve conhecer o trajeto até o local de prova, considerando que no dia da prova vai ter um trânsito mais complicado, e haverá várias pessoas participando do Enem. É bom que o participante conheça o trajeto e saiba o tempo que vai gastar de casa até o local da prova.
No dia do Enem, a dica é chegar no local com antecedência. Os portões abrirão às 12h, pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h.
O cartão pode ser consultado na Página do Participante, na internet, ou pelo aplicativo do Enem, disponível para download nas plataformas Apple Store e Google Play. Para acessar o Cartão, o participante precisa informar a senha cadastrada na hora da inscrição no Enem 2019. O Inep divulgou um vídeo orientando aqueles que perderam a senha sobre como recuperá-la.
Os estudantes podem conferir, no cartão, o número da sala onde farão o exame; a opção de língua estrangeira feita durante a inscrição; e o tipo de atendimento específico e especializado com recursos de acessibilidade, caso tenham sido solicitados e aprovados; entre outras informações.
Declaração de comparecimento
Segundo Gameiro, além do cartão, o Inep disponibiliza hoje a declaração de comparecimento do primeiro dia do exame, que deverá ser levada no dia 3 de novembro. A declaração do segundo dia estará disponível a partir do dia 4 de novembro e deverá ser usada no dia 10 de novembro. Essa declaração precisa ser impressa e levada para a prova, quando será assinada pelo coordenador de local de prova.
Dependendo do regime de trabalho, algumas pessoas têm plantão no final de semana e precisam de declaração para ter a falta abonada. São casos específicos”, diz. Essas pessoas, de acordo com o diretor, devem ficar atentas pois o Inep não irá fornecer o comprovante de presença após o dia da prova.
O Enem 2019 será realizado em 1.727 municípios brasileiros. Cerca de 5,1 milhões de estudantes estão inscritos no exame.
Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior. Os estudantes podem ainda concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a financiamentos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). 
(Fonte: Agência Brasil)