Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Governo do Maranhão

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Agricultores Familiares do Maranhão serão contemplados com o Fertmóvel



Os agricultores familiares do Maranhão foram beneficiados com uma Unidade Móvel de Analise de Solos (Fertmóvel). Com o benefício, o Sistema de Agricultura Familiar do Maranhão terá mais condições de realizar seu trabalho, serão 400 análises por semana.
O Fertmóvel, desenvolvido pela Embrapa Solos (RJ), foi uma das atrações da 2ª Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) do território dos Cocais, que aconteceu em Caxias de 11 a 14 de novembro, no Parque da Cidade.
O Laboratório chegou num momento importante para a questão do solo mundialmente, em que a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou o ano de 2015 como o “Ano Internacional dos Solos”, com o objetivo de conscientizar e mobilizar para a preservação e conservação dos solos como parte fundamental do meio ambiente.
“O Fertmóvel, disponibilizado por meio de emenda parlamentar, pelo deputado federal Rubens Pereira Júnior, faz com que o agricultor conheça a fertilidade de seu solo. Nós entendemos que o Maranhão está interessado nessa ferramenta, ainda mais neste ano considerado o Ano Internacional dos Solos, e nos faz entender que estamos no caminho certo, no rumo do desenvolvimento do estado,” ressaltou o secretário de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Adelmo Soares.
De acordo com o secretário Adelmo, uma emenda parlamentar do deputado federal Rubens Pereira Jr (PCdoB-MA), vai disponibilizar aos agricultores familiares do Maranhão uma Unidade Móvel de Análise de Solos (Fertmóvel), por meio de convênio com a Embrapa Solos. “Fizemos a solicitação para o deputado que prontamente nos atendeu”, disse.
Para o pesquisador Cláudio Capeche, o “Ano Internacional dos Solos” serve como uma iniciativa de conscientização e de alerta sobre os perigos que envolvem a degradação do solo no mundo, principalmente no Brasil onde cada região tem suas peculiaridades, com períodos de estiagem e chuvas.
“A gente vê hoje em dia a questão da falta d’água, do clima e temos o problema do solo que não está absorvendo e armazenando água, então para enfrentar essa realidade é preciso que se pense em práticas de conservação do solo, principalmente para o desenvolvimento de uma agricultura sustentável”, falou Capeche.
Desmatamentos, queimadas, plantio de monocultura por longo período, uso de agrotóxicos, construção em áreas com risco de desmoronamento e despejo de lixos e rejeitos industriais são alguns dos fatores que colocam o meio ambiente e a saúde da população em risco, além de degradar e tornar infértil o solo para plantio.
Em relação à melhora da fertilidade do solo para que ele seja mais produtivo na agricultura, é necessária, segundo Capeche, a aplicação de corretivos de pH e níveis tóxicos de alumínio, e de fertilizantes minerais, orgânicos ou organominerais. Mas, para este tipo de aplicação é necessário fazer análise de fertilidade em laboratórios. Os produtores maranhenses terão a oportunidade de realizar esse procedimento por meio do Fertmóvel.
Durante a Agritec de Caxias estavam presentes as quatro Embrapas: Cocais, Meio Norte, Solos e Agroindústria de Alimentos, transmitindo por meio de cursos e palestras conhecimento tecnológico para agricultores e pessoas interessadas em discutir os temas relacionados a várias atividades da agricultura familiar.
A Embrapa Solos além de ter apresentado aos agricultores, visitantes e aos técnicos do “Mais IDH” o Fertmóvel, levou cursos com aulas teóricas e práticas sobre “Conservação” e “Fertilização de Solos”, ministrados pelos pesquisadores Cláudio Capeche e José Ronaldo Macedo.
Segundo o pesquisador José Ronaldo Macedo, especialista em Manejo de Solos da Embrapa Solos, o Fertmóvel foi criado para atender os produtores e técnicos da extensão rural que estavam sem condições de mandar amostra de solo para análise. O pesquisador ainda destacou que o Maranhão é um estado com grande atividade no campo e que carece de laboratórios para este tipo de análise e com a aquisição de um Fertmóvel é um avanço para o desenvolvimento da agricultura familiar e das pesquisas.
“O Laboratório Móvel funciona indo para os municípios regionais de um estado em que os técnicos recolhem as amostras de solo e levam para analisar a variação de fertilidade. Os itens avaliados na fertilidade são o pH, magnésio, sódio, potássio e fósforo, elementos básicos da rotina de fertilidade de solos”, destacou Macedo.
Fertmóvel
O Fertmóvel é um laboratório de solos instalado em uma caminhonete para auxiliar o produtor na escolha da melhor cultura a plantar, por meio da análise de solo. Ele também auxilia na divulgação e democratização do acesso à análise de solo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!