Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Governo do Maranhão

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Mais de 1,2 milhão de crianças e jovens maranhenses receberão Bolsa-Escola



Pela primeira vez, crianças e jovens dos 217 municípios maranhenses receberão benefício estadual para a aquisição de materiais escolares. Estudantes de 04 a 17 anos, beneficiários do Bolsa-Família, receberão, em janeiro de 2016, crédito no valor de R$ 46,00 por pessoa para a compra de materiais escolares.

Através do Fundo Maranhense de Combate à Pobreza (Fumacop), o Governo do Estado, investe R$ 57 milhões para que crianças e jovens possam escolher materiais escolares, como: lápis de cor, mochila, tênis, caderno, borracha, caneta.

Economia

Além do resgate da autoestima estudantil promovida pelo programa, o eixo econômico dos municípios terá um significante impacto positivo a partir do mês de janeiro.

O programa impactará o desenvolvimento econômico local dos municípios, com R$ 57 milhões transferidos pelo Governo diretamente às famílias maranhenses e que serão gastos nos comércios locais, inclusive dos pequenos municípios, já a partir do mês de janeiro de 2016.

Através de um cartão magnético tipo débito, as famílias beneficiárias do Bolsa Família do Governo Federal poderão realizar compras em lojas e comércios autorizados em seus próprios municípios para a venda de material escolar.

Imperatriz: Mais de 25 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação comércio de R$ 1,1 milhão.
Timon: Mais de 25 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 1,1 milhão.
São Luís: Mais de 94 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 4,3 milhões.
Raposa: Mais de 5.900 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 274 mil.
Pinheiro: Mais de 14 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 668 mil.
Tuntum: Mais de 7 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 327 mil.
Lago da Pedra: Mais de 9 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 450 mil.
Bacabal: Mais de 18 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 850 mil.
São Mateus: Mais de 8 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 371 mil.
Coelho Neto: Mais de 9 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 452 mil.
São Raimundo das Mangabeiras: Mais de 3 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 152 mil.
Açailândia: Mais de 16 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 742 mil.
Vargem Grande: Mais de 10 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 494 mil.
São Francisco do Brejão: Mais de 1.700 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 81 mil.
São João dos Patos: Mais de 4 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 190 mil.
Codó: Mais de 25 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 1,1 milhão.
Axixá: Mais de 2.800 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 130 mil.
Santa Rita: Mais de 6.900 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 320 mil.
Rosário: Mais de 8 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 377 mil.
Presidente Juscelino: Mais de 3.400 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 157 mil.
Cachoeira Grande: Mais de 2.500 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 120 mil.
Morros: Mais de 4.400 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 204 mil.
Icatu: Mais de 6.500 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 301 mil.
Tutoia: Mais de 13 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 617 mil.
Paulino Neves: Mais de 4.800 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 224 mil.
Barreirinhas: Mais de 14 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 689 mil.
Chapadinha: Mais de 16 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 759 mil.
Alto Parnaíba: Mais de 1.900 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 91 mil.
Santa Filomena: Mais de 1.400 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 66 mil.
Tasso Fragoso: Mais de 1.900 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 91 mil.
Gonçalves Dias: Mais de 3.600 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 166 mil.
Barra do Corda: Mais de 16 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 739 mil.
Tuntum: Mais de 7 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 327 mil.
Vargem Grande: Mais de 10.700 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 494 mil.
Pedreiras: Mais de 5.700 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 266 mil.
Capinzal do Norte: Mais de 2.200 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 104 mil.
Lima Campos: Mais de 2.300 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 109 mil.
Peritoró: Mais de 5 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 245 mil.
Santa Inês: Mais de 13 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 623 mil.
Grajaú: Mais de 13.900 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 639 mil.
Tutoia: Mais de 13 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 617 mil.
Água Doce: Mais de 2.900 crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 136 mil.
São Bernardo: Mais de 6 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 286 mil.
Magalhães de Almeida: Mais de 3 mil crianças e jovens entre 04 e 17 anos e circulação no comércio de R$ 139 mil.