Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Governo do Maranhão

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Onda de violência em Lago da Pedra deixa população assustada.Moradores pressionam autoridades


Foto ilustrativa
Os moradores de Lago da Pedra,cidade com pouco mais de 50 mil habitantes,que fica a 308 km da capital São Luís,localizada na Região do Médio Mearim,estão assustados com a onda de violência na cidade.As várias ações criminosas registradas todos os dias vêm deixando toda a população insegura.Independente do horário, os assaltantes não se sentem intimidados.

Na grande maioria cometidos por menores de idade,roubos a comércios e assaltos à mão armada nas ruas são frequentes e ocorrem a qualquer hora do dia.Os principais alvos são motos e celulares.Nem mesmo os ônibus escolares escapam dos ataques.Na noite desta terça-feira (10),de moto e armados,dois assaltantes interceptaram um ônibus escolar na MA-245,próximo ao Povoado Santa Teresa,os bandidos renderam o motorista e,além de dinheiro,conseguiram levar pertences dos estudantes,entre eles vários celulares.

Os casos de violência se multiplicarem a cada dia.Em menos de três dias,dois assassinatos foram registrados na cidade.O último aconteceu na manhã de hoje,quarta-feira (11).

As pessoas se sentem reféns.O aumento da violência mudou a rotina dos moradores, que, além de mais atentos, passaram a assumir diferentes atitudes para evitar assaltos,como evitar sair à noite e sentar na calçada de casa.Estudantes e professores se sentem inseguros no treajeto da casa para a escola.

Estou com muito medo,infelizmente, ficamos reféns dos bandidos”, lamenta, ressaltando que está com medo disse uma estudante ao blog.“Tomei várias medidas, mas, em casos de assaltos, somos inúteis, não há muito o que fazer”,ressalta.

Sob anonimato, um vigilante noturno que trabalha em uma rua contou que percebeu que muitas pessoas mudaram seus hábitos nos últimos meses. Elas evitam sair à noite, chegam mais cedo em casa e passaram a investir em segurança eletrônica. Ele atua há mais de três anos de madrugada em uma rua.“Do jeito que tá,a policia não pode fazer quase nada”, disse.

A violência na cidade  repercute também nas redes sociais,sendo o principal tema.Uma moradora que faz parte de um grupo de WhatsApp, que não vamos identificar, pediu que moradores se unissem para enfrentar a criminalidade. “Precisamos nos mobilizar para dar um basta nessa onda de roubos e assaltos”, disse . Ela já foi assaltada enquanto andava em uma rua do bairro onde mora.

Os moradores pressionam as lideranças políticas local,principalmente a prefeita Maura Jorge, para que,em acordo com o Estado, tomem providências para restabelecer a tranquilidade em Lago da Pedra.

É preciso o engajamento sincero e comprometido com medidas realmente eficazes e possíveis de serem executadas, despidas de toda e qualquer intenção eleitoreira.Que pensem em medidas urgentes para que se possam amenizar os índices de violência e assim reduza a criminalidade.

3 comentários:

  1. É preciso uma união de forças dos poderes,Judiciário,Legislativo e Executivo.Se não,não vai funcionar e mais pessoas,ou melhor,centenas de pessoas serão as próximas vítimas desta violência que assola uma cidade ainda considerada relativamente pequena.

    ResponderExcluir
  2. Todos os anos passo uma temporada em Lago da Pedra com minha família entre julho e agosto, porém, lamentavelmente para meus filhos que adoram a cidade, vou cancelar, pois não terei mais tranquilidade em soltá-los sozinhos nas ruas estaria sossegadamente apreciando esta linda cidade, como fazia antes. Adeus bela Lago da Pedra, lamento mais uma vez, até a calmaria…
    Antonio Carlos-.

    ResponderExcluir
  3. Esse blog esqueceu de comentar que a segurança pública não é competência do poder municipal e sim do poder estadual. Ocorre que o governador Flávio Dino com fins claros de perseguir a prefeita Maura que desafiou sua ditadura. Sacrifica os cidadãos desta cidade. Ainda demonstra não reunir condições para o cargo que ocupa, pois não entende que é governador de Estado, não dos que votaram nele apenas

    ResponderExcluir

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!