sexta-feira, 10 de junho de 2016

Vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa encerra esta semana


O período para compra e aplicação das vacinas da I Etapa da Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa no estado, encerra nessa sexta-feira (10), mas os produtores têm até o dia 20 para comprovar que seus animais estão protegidos. A comprovação é feita no escritório da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged) em que a propriedade do criador está cadastrada, com a apresentação da folha de comprovação da vacinação e a nota fiscal de compra da vacina.
De acordo com dados colhidos no Sistema de Integração Agropecuária (Siapec), onde são cadastradas as comprovações, cerca de 60% do rebanho maranhense havia sido vacinado até o dia 08. Segundo a Diretoria de Defesa e Inspeção Animal da Aged, como os dados se referem somente às vacinas já comprovadas, os dados estão dentro da normalidade, uma vez que muitos criadores deixam para comprovar na reta final e que alguns municípios maranhenses apresentam dificuldade de acesso à internet, inviabilizando a atualização do sistema em tempo real.
“Estamos confiantes de que vamos alcançar a meta estipulada pelo Ministério da Agricultura e, quem sabe, até ultrapassar o índice registrado na campanha passada. Mas, para tanto, precisamos que os criadores façam a sua parte e não deixem para comprovar nos últimos dias para evitar a formação de fila nos escritórios, bem como a sobrecarga do nosso sistema”, declarou a diretora de Defesa e Inspeção Animal, Viviane Correia.
Ainda de acordo com os dados da Aged, aproximadamente 70% do rebanho cadastrado na Unidade Regional Balsas já teve sua vacinação comprovada, representando mais de 420 mil bovinos e bubalinos. No ano anterior, a mesma regional alcançou os índices de 98,37% e 99,02% nas duas etapas da campanha.
Mesmo com os pastos secos, o fiscal agropecuário da Regional de Balsas, Karlos Yuri Pedrosa, revela que os produtores da região se anteciparam. “Acreditamos que é reflexo já da própria conscientização do criador. Sentimos isso desde o início da campanha. Estamos acostumados com um início parado, mas os produtores se preocuparam em comprar as vacinas e comprovar mais cedo. Além disso, também contamos com o apoio da mídia e intensificamos a divulgação para estreitar esse elo”, explica.
Criadores Inadimplentes
A vacinação de bovinos e bubalinos no Maranhão é obrigatória e necessária para que os animais possam ser transportados. No entanto, também é imprescindível que o produtor esteja atento às datas da campanha para não ficar em débito.
Para estar adimplente, o criador deve comprar a vacina e vacinar até 10 de junho. Além de comprovar até 20 de junho. Aqueles que só comprarem a vacina ou que não comprarem nem vacinarem até dia 10 ou, ainda, que não comprovarem até o dia 20, serão considerados inadimplentes e estarão sujeitos a sanções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!