Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Governo do Maranhão

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Vídeo! João Alberto evidencia desespero do grupo Sarney





É evidente o desespero do grupo Sarney. Tão evidente a ponto do senador João Alberto (PMDB) perder a compostura. Foi o que aconteceu na inauguração de parte da duplicação da BR-135, na manhã desta quinta-feira (11), no Campo de Perizes, que contou com a presença dos ministro Moreira Franco, secretário da Presidência da República, Maurício Quintella, do Transportes e Sarney Filho, Meio Ambiente.

Durante discurso do governador Flávio Dino (PCdoB), o senador desceu das tamancas e, com dedo em riste, agrediu verbalmente Flávio Dino quando, em sua fala, enfatizou as conquistas de seu governo: “rompemos aqui o ciclo da falta de estradas, da falta de políticas sociais, da falta de escolas``, quando percebeu o chilique do senador, continuou: ´´e rompemos também com a falta de educação”.

Comparsa de Sarney, presente diante do público e dos ministros, envergonhado, o senador não aguentou ouvir umas verdades, principalmente vindo de seu desafeto político. Portanto, a defesa para um culpado (que colaborou para décadas de atraso do Maranhão), é chamar quem fala a verdade de mentiroso. Foi o que fez o coronel sarneysta, que manifestou incômodo ao ouvir que o Maranhão está em desenvolvimento.

João Alberto representa o atual momento dos Sarneys, que sonham em voltar a ocupar o Palácio dos Leões. Porém, para o próximo pleito, é missão quase impossível, levando em conta que Flávio Dino lidera intensões de voto, com números que apontam eleito no primeiro turno.

Já Sarney Filho, que estava sentado ao lado de João Alberto, na condição de ministro, manteve a postura.


Veja o vídeo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!