Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Governo do Maranhão

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Preso ex-vaqueiro suspeito de participar da morte do ex-prefeito de Barra do Corda



Do G1 MA

A polícia civil prendeu, nesta terça-feira (30), Luzivan Rodrigues da Conceição Nunes, conhecido por "Luizão". Ele era vaqueiro do ex-prefeito de Barra do Corda Manoel, Mariano de Sousa, conhecido como “Nenzim”. O ex-prefeito da cidade foi morto no dia 06 de dezembro de 2017 após um atentado, segundo a polícia.

A polícia informou que a prisão do ex-vaqueiro foi requerida à Justiça em razão do surgimento de novas provas que surgiram durante as investigações do caso da morte do ex-prefeito. Segundo o delegado de Barra do Corda, Renilton Ferreira, as investigações apontam que o ex-vaqueiro mentiu para a polícia quando disse que não esteve em Barra do Corda na manhã do crime.

"Testemunhas informaram que ele (Luizão) estava conversando com ele (Mariano Filho) minutos antes do crime. Ele só não foi preso antes porque as testemunhas ainda não tinham dado essa informação", declarou o delegado.

Neste momento a Polícia aguarda a conclusão dos últimos laudos periciais e novas oitivas para fazer a reconstituição do crime e fechamento dos Autos Complementares do inquérito policial. Porém, de acordo com o delegado Renilton, a partir das novas revelações a principal hipótese é que "Luizão" tenha agido em coautoria com Mariano Filho no dia do assassinato de "Nenzim", mas ainda não se sabe quem atirou contra ele.

"Com esse fato novo que surgiu nós vamos pegar alguns depoimentos, faremos a reconstituição e aí dar como concluído o trabalho da Polícia nesse caso. A questão agora da investigação é apenas se ele agiu em coautoria no crime. A questão do disparo agora está sendo levantada diante da possibilidade da participação do vaqueiro no crime, mas ainda não sabemos precisar qual dois dois teria efetuado o disparo", informou o delegado.