sábado, 24 de fevereiro de 2018

Lago da Pedra: Município recua e mantém atual carga horária dos professores





Na reunião entre o coordenador do Sinproesemma em Lago da Pedra, Valdielson, e o secretário de Educação, Rodrigo Neto, e que teve a participação de vereadores, o secretário garantiu que a Semed vai manter a atual jornada de trabalho dos professores, de 13 horas aulas semanais. 

Há várias semanas a categoria manifestava contra o aumento da carga horária, que passaria para 16 horas aulas semanais. A Semed já tinha feito os mapeamentos com a nova carga horária e encaminhados às escolas.

Na assembleia dos professores, que aconteceu na tarde desta sexta-feira (23), na Câmara Municipal, onde seria decidido se os professores iriam iniciar o ano letivo, que estava previsto para a próxima segunda-feira, 26, contrariando a Semed, cumprindo às 13 horas aulas, ou nem mesmo compareceriam nas escolas, o coordenador do sindicato anunciou o resultado do encontro que teve com o secretário, horas antes da assembleia. A categoria comemorou!

Como a questão foi judicializada, as partes aguardam a decisão do juiz Dr. Marcelo Santana.

´´ Prevaleceu o que manda a lei.Com fé em Deus vamos ganhar na Justiça``, contou Valdielson.

No entanto, os professores continuarão lutando por outras prioridades como, por exemplo, o reajuste do piso e pagamento do terço de férias.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.